6/02/2017

CRÔNICA DE SAMPA


PRA SER FELIZ




M
esmo que você goste muito do seu trabalho, eu acredito que podemos fazer algo em paralelo que nos dê prazer. Hoje sou um engenheiro aposentado, mas ainda trabalho para complementar a minha renda, mas paralelamente jogo um futebolzinho de fim de semana, toco um violão e canto em algumas oportunidades, mas nada profissional, inclusive  agora entrei numa de escrever um pouco, mesmo não sendo jornalista, sem fins lucrativos, é claro.
             
Meus três filhos também, além de exercerem as suas respectivas profissões também tem outras atividades, e modéstia parte o fazem muito bem.
             
Meu filho mais velho, hoje mora em Londrina, é Designer multimídia, mas toca baixo em uma banda de rock, que foi formada entre os funcionários da própria empresa, começaram ensaiar para uma apresentação no fim do ano e voltaram a se apresentar recentemente eu outro evento da firma. Além do baixo, ainda toca violão, bateria e está tendo atualmente aulas de teclados.

O filho do meio é bancário, mas também é apaixonado por futebol, tem formação em Educação Física e joga na seleção do banco, representando o Estado de  São Paulo, em campeonato entre vários estados do Brasil, inclusive já fiz uma crônica anteriormente relatando essas paradas.

O meu caçula, é engenheiro ambiental, trabalha na região de Presidente Prudente, e em alguns fins de semana tem atuado como DJ, conhecido na região como DJ Vetera. Sendo muito requisitado, estando hoje com a agenda cheia. 
O importante é ser feliz, fazendo aquilo que gosta, para não termos frustrações no futuro.              

Praticar esportes, tocar um instrumento, cantar, dançar, cultivar orquídeas e muitas outras atividades, desde que você tenha prazer em fazê-las. 

Estamos juntos!

Segue o jogo. 

Ah, sim, um abraço desde a Paulicéia, para os remistas aí de Belém.


Fabio e banda


  Santo Amaro, Vice Campeão



Dj Vetera.


♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


Ricardo Uchôa Rodrigues

Nenhum comentário: