12/31/2011


Os dirigentes e a equipe da RÁDIO SORRISO FM, desejam aos ouvintes, anunciantes e amigos, Boas Festas e um Feliz 2012; e que possamos estar sempre juntos, todos os dias e todas as horas na freqüencia da amizade: 104.9 MHz, curtindo o amor e a alegria.

12/30/2011



SAÚDE

Devido ao ponto facultativo já decretado pela Prefeita de Santarém, Maria do Carmo, para as repartições públicas municipais no dia 02 de janeiro de 2012 (segunda-feira), o Secretário de Saúde, Emmanuel Silva, já reuniu com seus servidores visando assegurar e reforçar os atendimentos nos Centros e Unidades de Saúde por ocasião da festa de final de ano. O expediente em dos setores da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) não ocorrerá nesse dia em que o ponto será facultativo, porém, os serviços de atendimento de Urgência e Emergência serão garantidos à população santarena nas Unidades de Saúde e no Pronto Socorro.

SAÚDE II

Os Centros de Atendimento de Saúde 24 Horas, dos bairros Santarenzinho, Nova República, Livramento, Mojuí dos Campos e Alter do Chão, irão funcionar no atendimento às demandas com reforço de enfermeiros e técnicos de enfermagem. No Pronto Socorro Municipal, o funcionamento ocorrerá normalmente através das equipes de enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos em regime de plantão e sobreaviso. Todos os eventos que reúnem um grande público terão a cobertura de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), que se fará presente com carros de apoio e equipes de enfermeiros e técnicos em enfermagem. Mais informações: Dr. Fábio Tozzi - Diretor do Hospital Municipal de Santarém (9143-4651) e/ou Enfermeira Alba Leal - Chefe de Divisão de Unidade e Atendimento (9156-3745).

PROIBIDO FUMAR

Lei acaba com “Fumódromos”, privados e públicos, em todo o País. A partir de agora o fumo em ambientes fechados está proibido em todo o Brasil. Com a nova lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff, nenhum tipo de “fumódromo”, seja ele privado ou público, é mais permitido. Além disso, a chamada Lei do Fumo estabelece um preço mínimo de venda de cigarro no varejo e também aumenta a carga tributária sobre o produto. As novas medidas ainda precisam ser regulamentadas pelo governo para entrar em vigor. A ideia, segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, é diminuir o consumo de cigarros e outros produtos derivados do tabaco entre os jovens. A Organização Mundial da Saúde elogiou a decisão do Brasil de criar uma lei nacional de combate ao fumo. Eu também.

SOLIDARIEDADE

Um em cada quatro brasileiros faz trabalho voluntário. Para esse exército do bem é muito gratificante ajudar os outros. Ser solidário, ajudar os outros, fazer mais e melhorar o mundo. Para quase 48 milhões de brasileiros esses são os principais motivos para doar horas de sua convivência familiar, lazer ou descanso para prestar um trabalho voluntário. O número é correspondente a 25% da população do País, quantidade revelada pela pesquisa realizada pela Rede Brasil Voluntário e Ibope, em comemoração ao 10º aniversário do Ano Internacional do Voluntariado, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2001. Você já pensou em ser voluntário? Tente.

CUIDADO

Viagem, festas, presentes, material escolar, IPVA e IPTU são apenas alguns dos gastos previstos para o final de dezembro e janeiro, meses que historicamente são marcados pelo aumento de dívidas e casos de inadimplência no País. Com muitos produtos em oferta e dinheiro sobrando, a época é propícia a gastos não planejados e pode causar grandes prejuízos ao bolso do consumidor. Por conta disso, antes de se esbaldar nas lojas e festas, deve-se ter um cuidado redobrado para não se endividar.

CUIDADO II


Uma dica é não pensar no 13º salário como um dinheiro extra para fazer extravagâncias. Usá-lo de forma consciente é o primeiro passo para fugir do aperto no início do ano. Se tiver dívidas, use o dinheiro para quitá-las, ou então, aplique o valor e usufrua apenas do rendimento. Ao fazer as compras, planeje bem e procure pagar à vista porque a possibilidade de conquistar um desconto é ainda maior. Ao discriminar todos os gastos, a pessoa que já está com a corda no pescoço se sentirá pressionada a não cometer novos exageros.

ANO NOVO

Deixe para trás as frustrações, não fique remoendo como num filme repetitivo, aprenda com os erros e trace planos possíveis por uma vida mais feliz em 2012. Um dos sentimentos mais angustiantes e destruidores do ser humano, a culpa assombra a vida de muitas pessoas, principalmente nessa época, quando paramos para fazer um balanço do ano que está terminando. O pouco tempo dedicado à família, a irresponsabilidade com a saúde, a falta de iniciativa no trabalho são coisas que começam a pesar. Agora, com mais um Ano Novo chegando, aquele pequeno incômodo evolui para a culpa, que tira o sono, autodeprecia e corrói por dentro. O importante é aprender a minimizar os danos dela e, a partir daí, enfrentar a vida sob nova perspectiva.

FLEXA RIBEIRO

Assessoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) deu o maior vacilo em veicular alguns Outdoors em Santarém. Os mesmos amanheceram totalmente pichados com palavras obscenas contra o parlamentar que se intitula o Rei do Açaí. Vejamos alguns sinônimos: Desonesto, Imoral, Impudico, Impuro, Indecente, Indecoroso, Sórdido, além de Ladrão, Corrupto, dentre outros. Confesso que não tenho ideia do autor da façanha, honestamente, gostaria de saber. Será que o senador afetou a moral comum da sociedade santarena? Uma boa pergunta. Vou dar uma dica ao Governador Jatene, Vice Helenilson e ao deputado federal Zenaldo Coutinho, não mandem colocar Outdoors em Santarém e Região tão cedo, pode acontecer o mesmo. Todos acima mencionados receberam Moção de Repúdio na Câmara Municipal de Santarém.

MOTINHAS
__________________________________________

Terminou o sonho da paraense de Alenquer Marinor Brito (PSOL), após alguns meses no cargo de Senadora, para qual nunca foi eleita, a Rainha da Garganta volta para sua humilde vidinha na capital do Estado. Com uma boa puxada de saco e por ter votado pelo NÃO no plebiscito, quem sabe, pode conseguir alguma assessoriazinha junto ao governador Jatene, vice incompetente Helenilson, senador Flexa Ribeiro ou deputado Zenaldo Coutinho. ♦♦♦ Recurso de Marinor Brito foi simplesmente arquivado pelo Supremo Tribunal Federal, enquanto isso, o Babalorixá do PMDB Jader Barbalho assumiu a cadeira no Senado na última quarta-feira/28). Justiça seja feita, Jader foi de fato eleito pelo povo paraense. ♦♦♦ Aniversariou na segunda-feira/19, o filho do delegado Herbert Farias com a bacharela em direito Márcia. Herbert Lucas completou o seu 1° aninho. Hoje/30. é a sua filha e amanhã é o seu aniversário. Parabéns. Égua haja festa! ♦♦♦ A sexta versão do relatório sobre o projeto de Lei Geral da Copa, mantém a liberação de bebidas alcoólicas durante os jogos do Mundial de 2014, desde que sejam usados copos de papel. Hoje, o Estatuto do Torcedor proíbe a venda de álcool nas competições esportivas. Acho isso uma frescura sem precedentes. ♦♦♦ Os jovens estão chegando mais cedo ao mercado de trabalho no País. Um deles é Gustavo Tavares Monteiro, 19 anos, que recentemente tomou posse como Procurador de Estado do Pará. Gustavo Monteiro é um dos Procuradores mais jovens do País e inicia a carreira com salário de mais de R$ 15 mil. Um exemplo para os jovens. ♦♦♦ As inscrições para o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão abertas. Os interessados podem se inscrever pelo site da Fundação Carlos Chagas (www.fcc.org.br), organizadora do certame, ou procurar os locais de inscrição indicados no edital. O prazo vai até o dia 11 de janeiro de 2012. ♦♦♦ Deputado estadual Antônio Rocha (PMDB) fez doação de cinco mil brinquedos para crianças pobres em Santarém. Gesto louvável também de seu assessor Ezequiel Marinho, que no Natal, distribuiu frangos assados para 50 famílias que atuam no Lixão. ♦♦♦ Jornalista e amigo José Colares com sua generosidade trocou brinquedos por sorrisos de crianças no Natal de duas creches em Santarém. Parabéns Colares, pelo lindo gesto de amor e solidariedade. ♦♦♦ Onze meses e meio depois de entregar o governo do Pará a ex-governadora Ana Júlia Carepa (PT) foi indicada para a diretoria financeira da Brasilcap, empresa que tem como sócio majoritário o Banco do Brasil Seguros e Participações. Ana Júlia terá salário de R$ 30 mil mensais. Só falta arrumar uma boquinha ao amigo Paulo Rocha. ♦♦♦ Hotel Belo Alter, do casal de amigos José Carlos (Irene) Zampietro, lotado para as festas de final de ano. Ligue agora, quem sabe você não consegue um apartamento para sua família. Quem não arrisca não petisca, diz o velho ditado popular. ♦♦♦ Desejo a todos os colegas de trabalho do Jornal O Impacto (Admilton Almeida) e Grupo Ponta Negra de Comunicação (Nivaldo Pereira) um Feliz e Próspero Ano Novo. ♦♦♦ A contadora Telma Menezes, esposa do companheiro Aldemyr Feio, vai passar esses últimos dias de 2011 em Mosqueiro. Ela chegou na semana passada de Rondônia... e vai matar as saudades da “bucólica” ♦♦♦
Aos meus amigos, Graças a Deus não são poucos, desejo um Ano Novo magnífico com saúde, sucesso, amor e muita paz. Aos meus filhos desejo o mesmo. ♦♦♦ Neste sábado/31, véspera do Ano Novo, encontro marcado na Garapeira Ypiranga do amigo Cacheado, acompanhado da Loira Gelada, Ruiva Destilada, Morena Quente e Negra Gostosa. Fui.

♦♦♦♦♦♦

NOTA - Voltarei no próximo ano, com muitas novidades, me aguardem!

Sejamos éticos!



Amigos,


Não é do meu feitio responder postagem anônimas.


Acho que o leitor (ou acessador) tem todo o direito de esboçar a sua opinião sobre as notas, matérias e reportagens publicadas neste espaço.


Agora o que eu não admito são críticas sistemáticas - sobre o mesmo assunto - e algumas delas sem bases, pobres.


Se algumas pessoas não gostam de um diretor ou alguns diretores do SISBEL (Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Belém, há 23 anos e agora de Direito, de acordo com decisão da Justiça Federal) que critiquem; mas de uma forma educada, civilizada, sem sofismas.


Além disso, quem critica deve ser responsável e deve se identificar.


A boa norma de Direito explica que o anonimato não deve ser levado a sério.


Quanto a mim, nunca me julguei o bambam. Sofri como a maioria dos jornalistas a pressão nos tempos de chumbo... e sobrevivi.


O jornalista aprende o seu ofício a cada dia.


Eu não sou exceção.


Podem mandar as críticas e comentários – inclusive contra os diretores do SISBEL, quem presto serviço como profissional - autorizado pela Prefeitura de Belém, de onde sou funcionário há quase 30 anos a um ano e cinco meses – mas, por favor, assinem.


Eu não apago críticas ou comentários de quem quer que seja; mas... é bom que os que se julgam prejudicados saibam: este blog, há oito anos no ar e a disposição de todos, é uma concessão do Google.


E o provedor tem Código de Ética.

RA\Y CINHA






A Carta




Não me lembrava mais do conto A carta, que devo ter escrito nos anos 1970, em Belém do Pará, e nem tinha cópia dele. Lendo-o, agora, no blog do Fernando Canto, recordo-o inteiramente. Fiquei feliz com a garimpagem e lembrança do caro querido Fernando Canto. Assim, publico A carta com alguns arremates, que qualquer autor faria num original que passou décadas esquecido, como uma pedra preciosa à espera de ser engastada em um anel, ou num colar. Trata-se de uma história ambientada em Manaus, e talvez a personagem feminina central tenha sido criada a partir de uma das mulheres esplêndidas com quem tive a oportunidade de conviver naquela cidade maravilhosa. Acho que quando escrevi esta pequena história, pensei na ambientação psicológica típica de Katherine Mansfield, que dá a seus contos tanta intensidade e, ao mesmo tempo, leveza, só comparável ao anoitecer em Macapá, em agosto, um azul prenhe do que sentimos quando estamos amando uma mulher fugaz como as rosas.




Chegara sua vez. O absurdo estalava-lhe nas têmporas. Estava cabisbaixo. O outro permaneceu calado, até que Alexandre o olhou.
- Tu deverias primeiramente conversar com ela. O que não deves é tomar uma atitude precipitada.
Alexandre estava preso ao torpor da frustração. Sobre a mesa, a carta. Dizia num trecho: "Tu és sobretudo másculo. Tens os músculos nos lugares certos, para me mobilizar com força. Adoro aconchegar-me no teu regaço viril e uterino; sinto-me mais mulher no teu regaço voluptuoso. Quando o vi pela primeira vez meu coração pulsou descontroladamente. Isto é amor. Amor à primeira vista. Mais do que amor: é paixão".
Era a letra miúda e minuciosa de Carla. Sua letra, num crescendo, desnudava-a, entregava-a a seu amante, àquele homem ali descrito, detalhadamente, até os nervos. Era um homem invejável. Um cavalheiro; um homem de ação; jovem e velho ao mesmo tempo.
A princípio, Alexandre supôs tratar-se de um original de Carla. Mas, não. Sua mulher criava sempre em papel-xerox. Saíra, naquela manhã, às pressas. "Um encontro com o amante."
- Alexandre Acapu, trinta anos, nadador profissional e depois oceanógrafo, muito tempo passado no mar e pouco em casa, marido da escritora Carla Menescal de Adrianópolis, grande sucesso de vendas com o romance As Amarras, agora desatadas, é... – interrompeu-se ao ler a recriminação nos olhos do seu amigo, a quem chamava de Velho. - É passado para trás - disse, num desabafo.
- Não será um conto, uma crônica, um capítulo de romance? - Velho perguntou.
- Ou memórias?
- Perguntas-lhe o que é. Não ficas te lastimando e nem te deixas enganar pela paranoia. Vais para tua casa e falas com ela sem fazer escândalo. Se for mesmo um amante, urge saber se ela gosta do outro. Então só restará a separação. Este manuscrito sem destinatário não quer dizer nada. Por que ela o deixaria tão visível?
- Nunca entro na biblioteca, que é onde Carla escreve. Tenho meus livros e apetrechos num quarto no quintal.
- Uma mulher, quando trai um homem, age com muita cautela – disse Velho, triste com a desolação do amigo. - Já passei por isso. Sou marinheiro e também casado com uma escritora... - disse, confuso com a prostração de Alexandre.
- É, meu velho. Só que no teu caso ela te procurou e disse tudo. Tu aceitaste o jogo.
- Aceitei. A vida é um jogo, meu caro. A derrota é sabida, mas a vitória acontece durante o jogo...
O Sapo continuava bom como sempre. Louis Armstrong inundava o quarto, por onde flutuavam também cheiros de Carla. Carla, 1,67 metro, 48 quilos, um milhão de livro vendidos em três idiomas, 36 anos. Terás encontrado um homem de 21 anos de idade, que é quando eu tinha quando te conheci? Eu conquistara então o primeiro lugar na travessia do rio Negro, e tu, minha pequena Carla, publicaras teu primeiro livro de contos, É Meia-Noite e Eu em Torno de Ti na Cama. Causou sensação no Rio e em São Paulo. Agora, estou chamuscado pelas águas dos mares. Sim, água do mar pode chamuscar nossa alma. Acho que já não te levo como antigamente à loucura. Será por isso, minha Carla, que terás encontrado outro homem? Voltarei ao mar e lá ficarei.
Ouviu Carla chegando, e depois a viu entrando no quarto. Era linda. Tinha boca de cupido, carnuda, e olhos grandes e verdes, e cabelos negros e esvoaçantes, e sorria facilmente. Sorria com os lábios e com os olhos.
Fazia calor. Carla chegou ao meio do quarto e se desnudou de um só golpe. O vestido de seda branca, que tombou a seus pés, contrastava com a cor de canela da sua pele. Riu. Seu riso era mais um trinado. Avançou para ele, que estava sobre a cama empunhando o manuscrito.
-Ah! - exclamou, afastando a mão que empunhava o manuscrito. - É um conto que estou escrevendo. – E o beijou. - Está faltando papel-xerox. Vim da gravação da entrevista para a televisão. Estava atrasada. - Ia dizendo as coisas de uma vez e o beijava, imergindo naquele delírio de tarde calorenta.
O ar que o comprimia por dentro saiu de um jato, como o demônio que deixa a pessoa possuída, produzindo o alívio que advém ao perigo finalmente esmagado.

___________________♦♦♦ Ray Cunha, escritor e jornalista baseado em Brasília-DF,Brasil.

12/24/2011

Crônica de Natal




Desde a ascensão de Herodes, o Grande, que se fizera rei com o apoio dos romanos, não se falava na Palestina senão no Salvador que viria, enfim...


Mais forte que Moisés, mais sábio que Salomão, mais suave que David, chegaria em suntuoso carro de triunfo para estender sobre a Terra as leis do Povo Escolhido.


Por isso, judeus prestigiosos, descendentes das doze tribos, preparavam-lhe oferendas em várias nações do mundo.


Velhas profecias eram lidas e comentadas, na Fenícia e na Síria, na Etiópia e no Egito.


Dos Confins do Mar Morto às terras de Abilena, tumultuavam notícias da suspirada reforma...


E mãos hábeis preparavam com devotamento e carinho o advento do Redentor.


Castiçais de ouro e prata eram burilados em Cesaréia, tapetes primorosos eram tecidos em Damasco, vasos finos eram importados de Roma, perfumes raros eram trazidos de remotos rincões da Pérsia... Negociantes habituados à cobiça cediam verdadeiras fortunas ao Templo de Jerusalém, após ouvirem as predições dos sacerdotes, e filhos tostados do deserto vinham de longe trazer ao santuário da raça a contribuição espontânea com que desejavam formar nas homenagens ao Celeste Renovador.


Tudo era febre de expectação e ansiedade.


Palácios eram reconstruídos, pomares e vinhas surgiam cuidadosamente podados, touros e carneiros, cabras e pombos eram tratados com esmero para o regozijo esperado.


Entretanto, o Emissário Divino desce ao mundo na sombra espessa da noite.


Das torres e dos montes, hebreus inteligentes recolhem a grata notícia... Uma estrela rutila no firmamento.


O enviado, porém, elege pequena manjedoura para seu berço de luz.


E porque as vozes do Céu se fazem ouvir, cristalinas e jubilosas, cantam eles também...


- "Glória a Deus nas alturas, paz na Terra, boa vontade para com os homens!..."


Ali, na estrebaria singela, estão Ele e o povo...


E o povo com Ele inicia uma nova era...


É por isso que o Natal é a festa da bondade vitoriosa.


Lembrando o rei Divino que desceu da Glória à Manjedoura, reparte com teu irmão tua alegria e tua esperança, teu pão e tua veste.


Recorda que Ele, em sua divina magnificência, elegeu por primeiros amigos e benfeitores aqueles que do mundo nada possuíam para dar, além da pobreza ignorada e singela.


Não importa sejas, por enquanto, terno e generoso para com o próximo somente um dia. Pouco a pouco, aprenderás que o espírito do Natal deve reinar conosco em todas as horas de nossa vida.


Então, serás o irmão abnegado e fiel de todos, porque, em cada manhã, ouvirás uma voz do Céu a sussurrar-te, sutil:


- Jesus nasceu! Jesus nasceu!...


E o Mestre do Amor terá realmente nascido em teu coração para viver contigo eternamente.






Irmão X




•••••••••••••




Aos amigos, colunistas, colaboradores e a todos os que me honram com a sua leitura, desejo um

Feliz Natal e um 2012 repleto de alegrias e realizações.(A.F)

LUIZ SOLANO. O Repórter do Planalto


A ESQUERDA É ASSIM


Nunca pensei que eu fosse testemunhar comportamento tão servil e inútil como o da choradeira do povo da Coréia do Norte pela morte do seu "grande líder".A população inteira se transformou em uma massa de carpideiras.Isso mostra que um povo luta por aquilo que não tem e chora pelo que tem.A choradeira é reflexo da ignorância e do grau de opressão a que o povo norte-coreano vem sendo submetido há décadas.Pior: é reflexo de um paganismo elevado à enésima potência e de um mais que primitivo culto a personalidade.
No Brasil não é diferente,pois temos uma presidente que não tem Deus no coração, é estúpida e grosseira, atira objetos no rosto de assessores em plena reunião no Palácio do Planalto,chorou durante a tragédia em Realendo,no Rio de Janeiro,quando 12 crianças foram mortas brutalmente por um maníaco e agora se derrete com as mortes do ator Sérgio Brito e do carnavalesco Joãozinho Trinta.
A esquerda é assim mesmo,para enganar as massas,faz de tudo para aparecer,como por exemplo o caso do Lula,que mostrou para o Brasil que está doente para que todos tenham pena dele.
Na Coréia o povo é obrigado a chorar com o morte do ditador se não o pau come,e aqui no Brasil a esquerda faz que chora para mostrar que é sensível,humana e solidária.
Engana que eu gosto.


E GUERRA ACABOU


Diferentemente do que foi publicado em todos os jornais do mundo como o o fim de uma guerra, e sim uma invasão,foi anunciado pelo governo americano sem alarde e sem vitória, a retirada de 40 mil soldados dos 180 mil que atuavam no Iraque desde 2003 do início da invasão e não da guerra que foi feita pelo ex-presidente Bush,alegando que Saddam Hussein tinha armas químicas de destruição em massa, o que nunca foi confirmado.
O mundo inteiro acompanhou nesses oitos anos da sangrenta e pior carnificina promovida pelo homem em pleno século XXI,confirmando o pensamento de Luther King,de que "aprendemos a voar como os pássaros e a nadar como peixes,porém o que nunca aprendemos foi o convívio como irmãos".
Estatísticas mostram que 4.483 soldados americanos foram mortos e 115 mil iraquianos perderam a vida,porém o que quase ninguém falou foi de que para cada americano morto em combate,entre cinco e oito voltaram para o seu país com os membros dilacerados pelos estilhaços da guerra, como pernas e mãos,estão hoje vivendo a tragédia dos efeitos colaterais do sangrento combate.
Valor aproximado da invasão é de 1 trilhão e 200 bilhões de dólares, que dariam para pagar por dez anos,as despesas


NOME DA BOLA


É tanto desperdício e desvio de dinheiro que acontece no Brasil,principalmente agora,por conta das obras para a Copa do Mundo,que a nossa gorduchinha deveria ser chamadade "maracutaia", como já propôs um leitor deste espaço e com muita propriedade.
Afinal, como se processa a escolha do nome da bola ? Se fosse dado ao povo o direito de participar desta escolga...granto que a sugestão deste nome ganharia disparado.


CRIMES ASSUSTAM


A mídia tráz uma notícia sobre o índice de assassinatos no Brasil,muito superior ao de regiões em conflito no mundo.Segundo o diretor de Pesquisas do Instituto Sangari,isso faz com que os homicídios sejam cada vez mais banalizados.
Os númerops entretanto, são assustadores.
Faltou,entretanto,fornecer um dado que ajudaria a entender o caso: qual a percentagem de mortes violentas cujos inquéritos são concluídos com a inducação dos culpados.
Se houver apuração dos crimes e processo judicial adequado, a impunidade desaparecerá e, com ela, os índices de assassinatos cairão.


DINHEIRO PARA A SAÚDE


Passados noves anos,finalmente o Congresso Nacional cumpriu seu papel e resolveu o imbroglio que se transformou a Regulamentação da Emenda Constitucional 29,que fixa percentuais mínimos de investimentos da União,estados e municípios com a saúde.
Mas isso precisa ser entendido.
Se por um lado o texto impede desvios de recursos da saúde, prática ainda comum em alguns estados, do outro não enfrenta o maior problema do SUS,que é o desfinanciamento.


INCOMPETÊNCIA FEDERAL


Sabe-se hoje que nas origens do primeiro caos aéreo estava um fator estrutural, a incompetência absoluta das autoridades do setor àquela época, e outro conjuntural, o protesto dos controladores aéreos diante da puniç~çao a um colega relapso.
Neste final de ano, guardadas as devidas proporções,está tudo igual.Autoridades incompetentes e trabalhadores chantagistas.


É UM IMBECÍL


Fenomenal essa do Aluizo Mercadantes,ministro da Ciência e Tecnologia.Advinhar que pessoas vão morrer por causa de deslizamento e que não há capaz de impedir.
Só mesmo um profeta de seu calibre teria a capacidade de prever tão inusitados acontecimentos.

QUE VERGONHA

No Poder Judiciário:um ministro da mais alta corte do País,deixou bem claro que os bandidos do mensalão terão seus crimes prescritos antes do juklgamento.
No Poder Legislativo:O presidente da Câmara, ao comentar a safadeza tramada nos porões da Casa e que envolve R$ 368 milhões dos cofres públicos sinicamente declarou - "É Natal".
No poder Executivo: A presidente da República indagada sobre o ministro do Desenvolvimento, assegurou que isso é assunto pessoal e que ele não tem que dar satisfação a ninguém...só se quiser.
Isto é o Brasil,minha gente.


É IMPOSTO MESMO


O DPVAT não é seguro.É um imposto.É obrigatório e metade da arrecadação vai para o Governo Federal.É um imposto ilegal e imoral.É injusto pois mesmo quem tem seguro total doi veículo é obrigado apaga-lo.Não existe fiscalização sobre esses bilhões de reais.
O Ministério Público já deveria ter tomado providências para suspender a cobrança até que a Justiça analise o mérito da cobrança dessa imoralidade e vergonha nacional.
Já não aguentamos mais pagar impostos.
Até quando?
Quando o governo vai começar a economizar com viagens e diàrias internacionais, carões corporativos,cargos de confiança e tanta imoralidade ?
Acorda Brasil.

ALERTA



Ao comprar produtos típicos das ceias de Natal e de Ano Novo, o consumidor deve ficar atento para os itens que podem levar o produto a ser considerado fora do padrão de qualidade exigido pelo Ministério da Agricultura. As frutas frescas requerem cuidados e são controlados na importação pelo governo. Maçã, pêra, uva rústica e uva fina de mesa são frutas inspecionadas na entrada do país para avaliar a sua qualidade. As frutas secas também não podem ficar de fora das festas de fim de ano. Desta forma, frutas desidratadas como figo seco, damasco, uvas passas importados, quando ingressam no Brasil, são inspecionados pelo ministério. Durante a vistoria, os técnicos verificam se há contaminação por micotoxinas acima dos limites permitidos pela legislação brasileira.


ALERTA II


No caso das nozes, amêndoas, amendoins e pistaches o consumidor deve ficar atento, pois elas podem abrigar substâncias nocivas à saúde. A aflatoxina é produzida por um fungo que aparece quando o produto, depois de colhido, não é bem seco ou quando é armazenado em lugar úmido. O mais seguro é comprar as oleaginosas empacotadas, com informações de procedência na embalagem. A dica vale também para as frutas cristalizadas e secas. O Mapa orienta as cadeias produtivas do amendoim e da castanha do Brasil (castanha-do-pará) a seguir as boas práticas de processamento do produto para evitar contaminação e risco de má qualidade do produto.


___________________________________


Nessa segunda 19/12/2011, aniversario do meu filho Herbert Lucas, 1º. aninho, muito obrigado meus Deus - 22 horas atrás

SISBEL.23 anos a serviço do funcionalismo municipal



Na última terça-feira/20 de dezembro, o SINDICATO DOS FUNCIONARIOS PUBLICOS DO MUNCIPIO DE BELEM – SISBEL completou 23 anos de existência.
O auspicioso evento foi comemorado com um almoço na sede campestre do SISBEL - Estrada do Uriboca – Marituba.
Mas, que é o SISBEL? O que faz? Como surgiu?
Para a sua melhor compreensão, eis um pouco da historia do SISBEL -
O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Belém/SISBEL surgiu em 1988, exatamente no dia 20 de dezembro, com a extinção da Associação dos Servidores do Município de Belém,/ASBEL fundada em 17 de dezembro de 1986, por iniciativa de um grupo de funcionários das diversas unidades da PMB, destacadamente, Melquiades dos Santos Corrêa – primeiro presidente - João Lameira, Benedito de Deus Salomão, Emilio Conceição, Cícero das Neves e outros no início da administração do prefeito Fernando Coutinho Jorge.
A Associação funcionou normalmente por alguns anos, até que a equipe resolveu transformá-la em Sindicato, aproveitando as benesses do Governo Federal que abriu espaço para o surgimento de novas unidades sindicais nas unidades da Federação e a as garantias da nova Constituição Federal que abriu leque para que os servidores públicos municipais, estaduais e federais pudessem se organizar em Sindicatos.
Foi dado inicio a peregrinação por todos os órgãos envolvidos na questão. No dia 26 de outubro de 1994 foi concedida pelo Ministério do Trabalho e Emprego a Carta Sindical tornando oficial o SISBEL.
Desde então o SISBEL passou por vários endereços, Rua Manoel Barata, Passagem Tocantins – uma das transversais da Avenida Governador Jose Malcher, entre as travessas 14 de abril e 3 de maio -, Travessa Piedade, Rua Nova – Pedreira -, Avenida Duque de Caxias, 750 - Sala 102, e agora na Travessa do Chaco, 1949, entre as avenidas Romulo Maiorana, antiga 25 de setembro e Duque de Caxias, em amplas e confortáveis instalações.
O atual presidente da entidade é o neo-administgador Emilio Conceição, que se encontra no segundo mandato. O primeiro, substituindo João Lameira, responsável-maior pela reorganização e conceituação da Entidade que se encontrava aos cacos, acéfala devendo a Deus e o mundo, devido à má administração das diretorias anteriores.
Essas atitudes, em franco desrespeito aos servidores municipais que, em última análise, mantém o Sindicato, provocaram uma debandada geral dos associados. O SISBEL chegou a possuir quase 19 mil, em todos os setores da Prefeitura de Belém, principalmente na Secretaria Municipal de Saneamento/ SESAN, de onde se originaram quase todos os componentes do corpo diretivo atual.
Com um pouco de arrojo, destemor, boa vontade e, acima de tudo, dedicação, honestidade e trabalho, Emílio Conceição e os seus companheiros de diretoria tanto no primeiro como neste segundo mandato, baseado num trabalho sério e nos princípios éticos, conseguiram colocar o SISBEL no caminho certo, implementando uma série de realizações e cumprindo fielmente as promessas de campanha.
O SISBEL restaurou completamente a sede campestre tornando-a agradável e atraente; inaugurou no início de dezembro a subsede no Mosqueiro; até março vai abrir outra em Icoaraci; implantou um atendimento jurídico com dois advogados que atendem os associados às quintas-feiras na sede administrativa, além de dispor de um veículo utilizado nas diversas atividades do Sindicato.
O alvo-maior da atual diretoria é devolver o SISBEL ao brilho de antanho, quando realmente servia ao funcionário público municipal desta Cidade das Mangueiras.
Uma das principais lutas do SISBEL é fazer com que o mesmo tenha acesso às perdas salarias, cujo processo já dura 19 anos. O gestor municipal perdeu todas as ações que impetrou contra o pagamento dessas perdas. A Justiça autorizou o pagamento já bastante tempo, mas... até agora, nada.
Mas isso não arrefece o trabalho da diretoria que continua na luta.
Uma das mais recentes vitórias do SISBEL foi a decisão da Justiça que estabelece o SISBEL como a única entidade representativa dos funcionários públicos municipais para todos os fins de Direito, encerrando uma disputa que se arrastava há vários anos.
Mas isso não enche de orgulho e euforia a diretoria do SISBEL. Muito pelo contrário: é um a forma de incentivo para continuar o trabalho com dedicação e responsabilidade. 
O importante, em última análise, é mostrar ao grande público - e principalmente aos servidores municipais de Belém -o trabalho incansável e as ações do SISBEL nesses 23 anos de vida.
Todos os fazem o SISBEL atuam em caráter de colaboração, já que nenhum dos diretores é remunerado, à exceção dos funcionários.
Esse é o SISBEL, o grande aniversariante da semana. Quatro lustros em defesa dos servidores municipais.

12/16/2011

LUIZ SOLANO. O Repórter do Planalto





 DOENÇA DO LULA É UMA FARSA ?


Já se comenta por todo o Brasil, na maioria dos blogs, que essa doença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é uma farsa e que tudo não passa de um marketing político visando as eleições de 2014. Todo mundo sabe que quem tem câncer, vai fazer um tratamento de quimio, deixa o local deprimido, abatido com dores pelo corpo e sem disposição para nada, enquanto que o ex-presidente Lula, deixa o local sorridente, dando entrevistas, como se fosse tirar uma unha do pé ou fazer um exame de rotina.
Um outro fato que está chamando atenção, é quando você faz a segunda aplicação da quimio, os pêlos do corpo começam a cair em sua totalidade, e no caso do Lula, somente o bigode continue firme como nunca e já era para ter caído. Como Lula é capaz de tudo, é possível que tenha sido orientado para inventar essa doença e sensibilizar a sociedade brasileira, principalmente os menos esclarecidos do Bolsa Miséria, para ganhar espaço e se eleger novamente presidente da República, como fez nas duas vezes em que concorreu.


TRÂNSITO INFERNAL


Sem dúvida alguma, o trânsito em Brasília é pior do Brasil, sem que o governador Agnelo Queiroz, e os diretores do DETRAN, tomem providências, para que a Capital da República, tenha um serviço à altura de uma cidade que é sede dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de hospedar as embaixadas de países aqui acreditados.
Lemos diariamente na mídia que o pessoal do DETRAN-DF está mais preocupado em usar armas e pedindo constantemente aumento salarial, apesar de ser um dos órgãos mais bem pagos de Brasília, e porque não dizer do Brasil.
Nas horas de pico, a situação fica pior e não se vê um agente nas ruas para disciplinar o trânsito e nessa ai ,salve-se quem puder, muitos deles com blocos de multas nas mãos atrás das mangueiras ou nas colunas de prédio,para aplicar multas e nada mais.
É uma vergonha.


AGNELO ENROLADO COM A FAMÍLIA


O Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, vai pedir informações à Polícia Federal sobre suposta investigação da evolução patrimonial de familiares do governador Agnelo Queiroz. A PGR estuda abrir investigação para apurar denúncia de suposto enriquecimento ilegal de parentes de Agnelo Queiroz na época em que ele era diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Entre as suspeitas estão as relações do casal de empresários Glauco Alves Santos e Juliana Suainde, com o governador Agnelo Queiroz e seus parentes.
O Deputado federal Fernando Francischini, denunciou que,em fevereiro de 2008, Agnelo Queiroz, então diretor da Anvisa, assinou autorização para o funcionamento de uma empresa pertencente a Glauco e Juliana, a Saúde Import.
Na mesma época, no entanto, Glauco tornou-se sócio de uma irmã de Agnelo Queiroz. Glauco e Anaildes Queiroz compraram uma franquia de um restaurante que funciona em um shopping de Brasília. Depois fizeram outra em mais uma franquia da mesma natureza. Anaildes Queiroz, junto a um outro irmão de Agnelo Queiroz, Ailton de Queiroz, ainda comprou de Glauco e Juliana uma confeitaria. A sociedade entre Glauco e Juliana com familiares de Agnelo Queiroz deu-se no mesmo período em que o casal conseguiu autorização do próprio governador Agnelo Queiroz, então diretor da Anvisa, para a Saúde Import, empresa de Glauco criada em 2005, ter o direito de distribuir e importar produtos médicos para o Governo Federal.


PALMADAS AGORA É CRIME


A "Lei da Palmada" foi aprovada por unanimidade na Comissão Especial da Câmara dos Deputados. O objetivo do texto é reforçar o controle da Justiça sobre casos de violência contra crianças e adolescente. Ou seja, torna crime surras dos pais nos filhos. O projeto prevê que pais que maltratarem os filhos sejam encaminhados a programa oficial de proteção à família e a cursos de orientação, tratamento psicológico ou psiquiátrico, além de receberem advertência.
A criança que sofrer agressão deverá ser encaminhada a tratamento especializado. A legislação que vigora atualmente, o Estatuto da Criança e do Adolescente, menciona "maus-tratos", mas não especifica quais castigos não podem ser aplicados pelos pais ou responsáveis.
Era só que faltava.


DESEMPREGADOS EM CARAJÁS E TAPAJÓS


Com a vitória do "NÃO" no plebiscito, o Pará ratificou o desemprego de vários candidatos a deputado federal, deputado estadual, governadores, desembargadores e de milhares de possíveis concursados.
Deu errado; pois já tinha gente se preparando para se mudar para aquela Região, e com certeza dariam uma rasteira e bem feita, nos nativos que votaram pelo "SIM".
Isto também aconteceu no Amapá e em Roraima. Basta ver a lista das autoridades de hoje que ocupam funções no Tribunal de Justiça, Assembleias Legislativas e em postos importantes desses dois Estados. Em Carajás e no Tapajós não seria diferente.


CAMPANHA ELEITORAL

Seria muita maldade minha concluir que o anúncio de doação de bolsas para estudantes fazerem cursos no exterior realizado por Dilma Rousseff, com pompa e circunstância, e com a presença, lógico, do ainda ministro da Educação Fernando Haddad é mais uma isca pré-eleitoral para melhorar a aceitação do candidato petista a prefeitura de São Paulo?
Para que ele comece a se tornar" palatável" aos paulistanos, creio que muitas outras seduções terão que fazer parte do programa de Haddad em São Paulo. Neste festival de bolsas...essa é de encher os olhos, principalmente daqueles eternos estudantes profissionais das universidades públicas.
BLINDANDO O MINISTRO
O ministro Fernando Pimentel, foi blindado pela presidente Dilma Rousseff, e não vai precisar comparecer ao bate-papo investigatório no Congresso Nacional.
Os ministros que já foram demitidos estão morrendo de inveja.
Imagino a cara do Carlos Lupi, que fez uma declaração pública de amor. É bom ele ficar bem longe de qualquer arma, pois a dor-de-cotovelo às vezes joga o ser humano contra si mesmo.
Mas voltando a novela do momento, me vem a memória o termo "borogodó”, usado antigamente para dizer que fulano ou fulana eram figuras que exerciam uma atração fulminante sobre as outras pessoas, mesmo não tendo nada de excepcional na sua aparência. Sendo assim, acho que esse Fernando Pimentel deve ter "borogodó".O Antônio Palocci por causa de uma consultoria, foi jogado às feras sem nenhuma blindagem especial, devorado e foi obrigado a sair.
Diante do caso Pimentel nos dias de hoje, descobrimos que o Palocci caiu porque não tinha "borogodó".Mas o que passou, passou. Atualmente o povo está mesmo é curioso em saber qual é o "borogodó" do Fernando Pimentel.


TOMA QUE O DINHEIRO É TEU

O frenesi, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, e no Congresso Nacional é latente. A hora é de barganhar. Não há um deputado ou senador que neste momento evite o toma lá, dá cá. Uma emendazinha daqui, outra dali. Um cargo para um amigo. Um auxílio paletó ou moradia. Uma verbinha indenizatória. Um contrato super-faturado.Tudo é possível neste momento de encerramento de mais um ano, que dessa feita pode ser chamado de o ano dos ministros corruptos do governo Dilma, do PT.
Parlamentares de lá e de cá, nesta altura do campeonato, correm contra o tempo para tirar umas férias, que ninguém é de ferro. Só espero que todos, sem exceção, não façam uso de passagens aéreas fora do horário de trabalho como é costumeiro.
A hora é de negociar e negociar para que o Orçamento seja aprovado. É hora também, de votarem no apagar das luzes em aumentinho básico para o Legislativo e o Judiciário. Enquanto isto, o Executivo, nada.
Fica aqui, minha torcida para que os nobres pares do Parlamento Nacional e da Câmara Legislativa do Distrito Federal criem juízo e trabalhem em prol do povo em 2012, e jamais em benefício próprio.


Ministério garante sinal verde para digitalização da TV CULTURA

A Presidente da Funtelpa (Fundação de Telecomunicação do Estado do Pará) Adelaide Oliveira (foto) e o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) receberam a notícia de que a consignação do canal digital da TV Cultura na Região Metropolitana de Belém deverá ocorrer em até 15 dias. A informação foi repassada durante reunião na manhã dessa quinta-feira/17 no Ministério das Comunicações, com o secretário de comunicação eletrônica do MiniCom, Genildo Lins. Também participou da reunião uma equipe técnica da Funtelpa, formada pelo diretor técnico Abílio Martins; o procurador fundacional, Fabricio Oliveira e o engenheiro em telecomunicações, Ubirajara Santana.
Com a consignação, a TV Cultura poderá iniciar o processo de digitalização do sinal da emissora para toda a Região Metropolitana de Belém. O mesmo deverá ocorrer para a transmissora de Altamira. Em breve, outras regiões do Estado também deverão ter o sinal da Cultura já digitalizado.
Durante a reunião, Adelaide Oliveira também comentou o esforço da Funtelpa em viabilizar geradoras da TV Cultura nos municípios de Santarém, Marabá, Xinguara e Altamira. Tal medida permitirá a formação de equipes locais e a produção de conteúdo próprio nessas regiões. Segundo Genildo Lins, secretário-executivo do Ministério, serão tomadas todas as medidas possíveis para agilizar as etapas até a efetiva concessão de canais e liberação de licenças. "É prioridade a concessão para canal público e vamos acompanhar de perto", disse Genildo.
Para Adelaide Oliveira, presidente da Funtelpa, a reunião foi bastante positiva. “A digitalização do sinal da cultura é importante para todo o Estado do Pará. Estamos hoje em 105 municípios levando programação focada na cidadania e nos direitos humanos. O canal digital em Belém inicia um processo de melhoria na imagem para telespectadores da capital e de todo o Estado. O Ministério das Comunicações está sensível a essas demandas e deu respostas importantes ao povo paraense na reunião”, disse.
Segundo Flexa Ribeiro, a digitalização da TV Cultura vai proporcionar o acesso à informação de cidadania e o conteúdo variado, oferecido pela TV Cultura, dando maior visibilidade e qualidade de imagem com a digitalização. "As equipes da Funtelpa e do Ministério estão empenhadas e é um serviço público que atende diretamente os paraenses”, afirma Flexa Ribeiro.

________________
Ronaldo Quadros

* Com informações da assessoria do senador Flexa Ribeiro




PERGUNTA


Ilustre jornalista e Assessor Legislativo José Colares, funcionário há mais de vinte anos na Câmara Municipal de Santarém. Qual dos nossos vereadores tem coragem para apresentar Requerimento considerando o Vice-incompetênte Helenilson Pontes, Persona Non Grata ao nosso Município? Colares, se possível, gostaria de divulgar o nome do nosso corajoso Edil na próxima semana.


IRMÃO CORAGEM


Parabéns ao ilustre amigo Jornalista e ex-deputado estadual por três legislaturas Edson Matoso, apresentador do SBT Esporte há mais de dez anos no SBT-Belém, pela postura de manter e divulgar seu voto a favor da criação do Estado do Tapajós, mesmo sendo funcionário contratado pelo Governo do Estado. Uma das inúmeras virtudes do Matoso assume publicamente suas convicções. Tenho orgulho de ser amigo há mais de 30 anos do “cabo” Matoso.


GUERREIRO


Contra tudo e todos do poder central, o povo da região Oeste do Pará foi guerreiro. Mostrou sua dignidade votando maciçamente a favor da criação no nosso estado, atingindo a marca histórica de quase 100% de votos. Foi um alerta aos políticos paraquedistas que se apresentam apenas nos períodos eleitorais para enganar a nossa população. Doravante vamos votar apenas em políticos de nossa região, temos condições de eleger quatro deputados federais e oito estaduais. Assim teremos voz no Brasil e Estado. Pensem nisso!


CORRUPÇÃO


O combate à corrupção no País é tarefa de todos. A avaliação é do presidente do Confea – Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, Marcos Túlio de Melo. Ele lembra que órgãos como a Controladoria-Geral da União, a CGU, e os tribunais de Contas fazem esse controle. Mas, segundo ele, para evitar desvios de dinheiro público e acompanhar o que é feito em cada canto do País, a participação da sociedade é fundamental. Entre as iniciativas do Confea para esclarecer como ocorrem as práticas de corrupção e como lutar contra elas está à cartilha Jogo Limpo x Jogo Sujo. O texto foi desenvolvido em conjunto com a CGU e o Instituto Ethos. Para acessar visite a página do Confea, na Internet, www.confea.org.br


LEILÃO


A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça teve arrecadação recorde de R$ 1,675 milhão com leilão de joias, imóveis, veículos e aviões realizados em Colombo (PR). Todos os bens pertenciam a pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Os recursos foram para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad), que promove ações e programas de repressão, prevenção, tratamento, recuperação e reinserção social de dependentes de drogas. Com tanta corrupção no País, fica a pergunta, será que a grana chegou ao destino?


HANSENÍASE


A Assembleia Legislativa do Pará reúne no dia 16 de dezembro, no auditório João Batista, os representantes do governo, conselheiros de saúde e membros do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), para discutir a indenização das famílias separadas pelo isolamento compulsório dos pacientes com hanseníase. A Audiência Pública foi solicitada pelo deputado João Salame (PPS), 1º vice-presidente da ALEPA. Durante o evento, será feita a coleta de material genético para comprovação genética de parentesco dos filhos de pessoas atingidas pela hanseníase. A coordenação do Morhan no Pará estima que há cerca de quatro mil filhos de hansenianos que poderiam ser beneficiados com o pagamento de indenização pelo afastamento compulsório de suas famílias.


INFARTO


Pacientes que sofrem de infarto agudo do miocárdio terão novas opções de tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) com a incorporação de mais quatro medicamentos para diagnóstico, cuidado e prevenção. A medida terá investimento anual do Ministério da Saúde de R$ 34,9 milhões. Entre as novidades está a inclusão dos medicamentos tenecteplase e alteplase. Usados na terapia trombolítica, que consiste no uso de remédios para dissolução do coágulo que surge na artéria e provoca o infarto, os dois ajudarão a reduzir as complicações e a mortalidade prematura na rede pública. Estes dois medicamentos poderão ser usados pelas equipes médicas do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e nos hospitais do SUS.


COMPORTAMENTO


Paternidade deixa homens mais sensíveis e responsáveis, afirma pesquisa. Um filho pode mudar a vida do homem. É o que revela um estudo sobre o impacto da paternidade em pais de primeira viagem. Homens que antes estavam envolvidos com crimes e abusavam do cigarro e do álcool apresentaram outra postura depois do nascimento do primeiro filho. Os pesquisadores acompanharam durante 19 anos mais de 200 homens com idades entre 12 e 31 anos e que tinham comportamento de risco. O laço de afeto faz com que o homem tenha menos tempo para ficar no espaço público e se volte para a família. Segundo o coordenador da área técnica Saúde do Homem do Ministério da Saúde, Eduardo Chakora, a chegada de uma criança traz um propósito diferente de vida.


INCRA


Nesta sexta-feira/16, às 17 horas, o Incra inaugura 24 casas na comunidade Cucurunã, localizada no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, Município de Santarém. O investimento equivale a R$ 360 mil. As casas foram construídas com recursos do Crédito Instalação, modalidade Aquisição de Material de Construção, que equivalem a R$ 15 mil por família. O prazo para quitar o financiamento é de 20 anos. A adesão ao crédito é voluntária. As novas casas na comunidade Cucurunã fazem parte de um total de 146 construídas com recursos do INCRA no PAE Eixo Forte, nos últimos doze meses. Parabéns ao Superintendente Regional do Incra Rodrigo Grazziotin. Informação repassada pelo ilustre jornalista Luís Gustavo.


MOTINHAS
____________________________________________




Que o sentido do natal esteja sempre presente em nosso dia-a-dia. E que no próximo ano, seus sonhos lhe sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente! Amigo leitor, eu te desejo Um Feliz Natal e um próspero Ano Novo. ♦♦♦ Com as festas de fim de ano, as vagas temporárias se proliferam. Para alguns estudantes, elas são vistas apenas como uma forma de obter renda durante as férias. Para outros, representam o começo do futuro profissional. ♦♦♦ Acredite se quiser. Os homens pensam em sexo 19 vezes ao dia, revelou uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos. De acordo com o estudo, as mulheres estão um pouco atrás e pensam, diariamente, dez vezes no assunto. ♦♦♦ No Amazonas, um projeto do Senado e um da Câmara propõem a criação de três territórios federais: Rio Negro, Juruá e Alto Solimões. Outro projeto prevê ainda a criação do Estado do Solimões. ♦♦♦ Uma sugestão. Podemos transformar Tapajós e Carajás em territórios federais, com a palavra os nossos representantes na Câmara Federal. ♦♦♦ Deputado Estadual Sinésio Campos (AM) e Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Pará Odair Corrêa, fizeram campanha em Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos pela emancipação do Tapajós e Carajás. Valeu, a luta continua. ♦♦♦ A Câmara Municipal de Santarém aprovou requerimento de repúdio ao governador do Pará Simão Jatene e ao vice-incompetente Helenilson Pontes. Os 13 vereadores enfatizaram que a luta para a criação do Estado do Tapajós continua. ♦♦♦ Os requerimentos de repúdio foram apresentados pelo vereador Reginaldo Campos (PSB) e aprovados pela maioria dos vereadores. Os documentos aprovados descrevem o posicionamento do governador e o vice-governador na campanha plebiscitária. ♦♦♦ Os jovens brasileiros consomem muito mais salgadinhos e biscoitos do que o público adulto. Para proteger a saúde dos adolescentes e evitar que eles desenvolvam doenças crônicas como a hipertensão, o Ministério da Saúde firmou mais um acordo com a indústria para redução de sal, desta vez, com foco nesses alimentos mais consumidos pelo público infanto-juvenil. ♦♦♦ MPE possui cerca de 129 ações contra corrupção no Pará. 'No âmbito das promotorias de defesa do patrimônio público, o MPE tem hoje 129 ações aforadas no Tribunal de Justiça, mas não temos nenhuma condenação na capital até hoje”. Enfatizou o promotor de Justiça Nelson Medrado, que comanda as investigações de fraudes na Assembléia Legislativa. ♦♦♦ Santos de Neymar X Barcelona de Messi será o clássico do ano para os brasileiros. Cobertura total da Rádio Ponta Negra AM (890 Khz) para toda região Amazônica. ♦♦♦ Meu prezado e particular amigo e agora colega no Jornal do Feio, Luiz Solano, a voz mais importante do Pará em Brasília, irá nesta segunda-feira/19, submeter-se à uma pequena intervenção cirúrgica. Uma correção nos olhos. Ele que vê tudo, vai ver ainda melhor! ♦♦♦ Neste sábado na Garapeira Ypiranga do amigo Cacheado comentários sobre o resultado do Plebiscito do último domingo, imperdível. Vamos estar lá com a Loira Gelada, Ruiva Destilada, Morena Quente e Negra Gostosa. Aguardo você. Fui.

12/12/2011

Homenagem a um amigo dileto


WILSON GOMES DE PAULA CARVALHO. Um grande homem que se foi




Abro espaço no Jornal do Feio para uma homenagem a grande amigo.
Wilson Gomes de Paula Carvalho, muanaense de quatro costados, meu vizinho – ele morava em frente de casa, aqui na Travessa Itaboraí, 88 - Bairro: Cruzeiro, na minha Vila Sorriso de Icoaraci, onde dirigia uma pequena mercearia, onde, também, eu pendurava as minhas compras para pagar no final do mês.
Mas Papai do Céu resolveu levar o meu bom amigo.
“Que coisa chata” disse ao perceber estava dando adeus a este mundo.
Wilson deixou saudade.
E muita.
A família forneceu a este blog a história deste homem extraordinário, que um dia veio enfeitar ainda mais o Sorriso da minha Vila.

Vale a pena conhecê-la:




Uma trajetória de vida com inicio em 27 de setembro de 1925. Nessa data nascia Wilson Gomes de Paula Carvalho, no município de Muaná, Ilha do Marajó, Estado do Pará. Filho de Idelfonso Luís de Carvalho e Francisca de Paula Carvalho (Dona Chiquinha). Teve três irmãos: Maiolino, Elen, Ilo e duas irmãs: Ilma e Meire.
Aos 26 anos levava uma vida simples como qualquer um da sua idade, até o dia em que se apaixonou por uma viúva, segundo ele, muito “bonitinha” de nome Izabel a quem chamava carinhosamente de “Bebé”. Arrebatou aquela mulher juntamente com seus quatro filhos do primeiro casamento (Lucy, Darcy, Bernardete e Chamundo) e se deu à luta.
Enfrentou a desaprovação de seus familiares, venceu o preconceito e decidiu viver e assumir um grande amor. Com muita disposição e vontade, assumiu a responsabilidade, travando aquele homem, de aparente estrutura frágil, uma batalha, tanto para sustentar a família, quanto a dar uma resposta à sua mãe e irmãs que eram francamente contrárias à união dele com uma viúva “cheia de filhos”. O que hoje ainda é um tabu, imagine naquele tempo! Era preciso muita personalidade.
A família cresceu, chegaram os três filhos do casal: Gilberto, Gilda e Mariínha - a menina apegada ao pai. Wilson nunca fez distinção entre os filhos, sempre quis lhe dar o melhor.
Neste período ganhou mais uma filha de coração, Dalva; tinha um ano de vida, pessoa importantíssima, acompanhou permanentemente o casal. Dalva conta com a gratidão de toda família, tendo papel fundamental nos últimos 12 anos da vida de Wilson Carvalho.
Para cumprir essa missão, tinha que trabalhar no mato tirando madeira, cortando seringueira, ajuntando azeite, ucuúba, fazendo roçado, plantando maniva, arroz, milho, tapando igarapé, sentando cacurí, tarefas estas que contava apenas com a cooperação e ajuda da mulher que sempre o apoiou.
Influenciado pela esposa "Bebé", colocou os filhos para estudar, pois acreditava – ele a esposa - ser a educação o melhor legado. Durou essa fase até os filhos concluírem o antigo curso primário.
Para garantir a continuidade dos estudos dos filhos, em 1973 mudou-se para a cidade, atitude que o sacrificou muito, porque tinha que ir todos os dias ao sítio “Coqueiro” tomar alimentos para prover sua família.
Fez isso diariamente por vários anos.
Resistiu à ideia da esposa de abrir uma mercearia, porque temia prejudicar o vizinho e amigo Antônio Nunes já estabelecido.
Convencido pela esposa "Bebé" da não procedência dessa preocupação, foi ter com seu filho primogênito Gilberto, já erradicado em Belém para continuidade dos estudos e trabalho.
Gilberto retirou da agencia bancaria toda poupança que mantinha e ofereceu a seu pai; importância essa que somados aos recursos que apurou com a venda de alguns animais de criação pode começar sua pequena mercearia.
O carisma, a simpatia, a disciplina, a honestidade, a perseverança, o respeito e principalmente pela vontade de agradar, contribuíram para um aumento considerável de fregueses, tornando-se em pouco tempo um dos comerciantes mais prósperos da cidade: financiava os aposentados e fornecia trigo a todas as padarias da cidade.
O sucesso foi tão grande, que bancou todas as despesas para formação dos seus filhos, desde o cursinho de preparação para o vestibular, até a Universidade. Presenteou seu filho primogênito com um automóvel, por reconhecida gratidão. Essa fase durou mais ou menos 16 anos.
Em 1990, os filhos já formados e trabalhando, prepararam a mudança deles para Icoaraci, pois a saúde, principalmente de sua esposa estava debilitada.
Compraram e reformaram uma casa construindo o pavimento superior com aposentos dignos, e providenciaram um ponto comercial na mesma, onde pôde continuar suas atividades, pois a ociosidade não fazia parte de sua vida.
O período complicado foi quando sofreu o acidente, quebrou a perna... difícil, pois homem acostumado a acordar cedo, sempre ativo, foi preciso ficar uns meses parado.
No ano de 1995 perde Bernardete; em 1996, Darci e em 2000 a maior de todas:perde sua grande companheira "Bebé".
A vida fica sem sentido, não foi fácil, mas conseguiu recuperar a alegria, sempre estimando e considerando seus filhos, genros, seus netos e bisnetos. Este apoio dos filhos, parentes e amigos foi muito importante para ajudá-lo a superar a tristeza e a dor das perdas.
Aliviado do trauma e a melhora da saúde, os incentivaram a participar ativamente das comemorações em família, onde dançava, se divertia, era uma alegria só.
Foram muitos os momentos felizes, de valorização da vida que se pode contar com a presença sempre marcante do nosso querido Wilson.
Teve grandes realizações; mas ver seus filhos encaminhados, construindo suas vidas com dignidade, honestidade sempre foi o grande orgulho, a certeza de missão cumprida.
Quando se recuperava de uma cirurgia de catarata, cujo resultado não houve tempo de avaliar, um AVC o surpreendeu ao redor de completar 86 anos.
Apesar da resistência que demonstrou durante 55 dias que ficou internado em UTI, não resistiu e foi arrebatado de nosso convívio para viver seu amor eterno com sua amada "Bebé"; pois, vale aqui lembrar, que o dia do seu sepultamento era o dia do aniversário dela.
Ele nos deixou órfãos; dele ficando as lembranças da alegria traduzida no sorriso aberto, nas danças, a troca de damas, as piadas que contava, o zelo que tinha com os filhos, netos e bisnetos e a felicidade que sentia a cada vitória do REMO - seu time do coração.
“QUE CHATO” ser vencido. Logo ele que sempre venceu todas as batalhas, todos os desafios.
“QUE COISA CHATA” ... uma alusão ao fato de ter que depender dos outros.
“QUE COISA CHATA”... uma das últimas frases que falou.
Ficou em coma, emudeceu... Era 04 de novembro de 2011.
Essa é a sinopse da vida de um GIGANTE, que nos deixou a melhor educação para nossas vidas.
Fica teu EXEMPLO; a história de um grande homem, que sempre nos deu e dará muito orgulho.
Siga teu caminho; tua luz continuará brilhando.

♦♦♦♦♦♦


Que a paz eterna te acompanhe


Mensagem lida na Missa de um mês de morte de Wilson Carvalho, celebrada na capela de São Geraldo Majela (Travessa Soledade - Icoaraci), por sua neta, a advogada e administradora Brenda Casara:


"Não podemos negar que sentimos muitas saudades, que gostaríamos que estivesse aqui, com tua alegria, teu entusiasmo, o teu sorriso. Sempre estarás presente entre nós, em nossos momentos, em nossas decisões. Teu exemplo será lembrado sempre. Uma pessoa correta nunca fracassará e será lembrado para sempre. Um homem que colocou a família em primeiro plano. Sempre atencioso perguntava por todos com enorme carinho e afeto, como estavam, a saúde, um grande protetor. Não apenas com a família, mas com todos sempre demonstrou, o grande respeito pelos semelhantes.
Perdoe-nos se te magoamos, te decepcionamos em algum momento, nos perdoe pelas preocupações que causamos. Sabemos que era uma pessoa sem magoa ou rancor, de coração e alma acolhedores, sempre em paz buscando a harmonia.
Não teremos mais tua presença ilustre em nossas reuniões festivas; tua animação nos fará muita falta; como não podemos alterar o curso da natureza só nos resta respeitá-la aceitando as suas decisões.
Parabéns por ter sido este ser humano extraordinário, incomparável:
Homem de nobres valores: respeito, honra, dignidade, paciência, fidelidade, sabedoria....
Cabe a nós o desafio de seguir teus exemplos continuar tua historia.
Queremos agradecer a Deus por todos os momentos que nos foi proporcionado a teu lado; por nos ter permitido a acompanhar tua luta pela vida; fostes muito forte até o ultimo momento, apesar de teu corpo frágil e a idade... surpreendeste os próprios médicos.
Foste muito amado por todos. Orgulhamos-nos muito do pai, do avô, do bisavô, do vizinho, do comerciante. Do esposo que fostes.
Nosso conforto é a certeza que cumpristes tua missão com muita competência. A saudade da amizade ficará na lembrança e em algumas fotos.
Muito obrigado por tua existência. 0brigado mesmo.
Prossigas teu caminho eterno...

E que a paz eterna te acompanhe."