3/24/2011

SISBEL ganhou nova sede


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belém (SISBEL) desde o final do ano passado está de casa nova. A Diretoria do SISBEL entregou aos associados no dia 06 de novembro a nova sede administrativa da entidade - um velho desejo dos associados - instalada num belo sobrado com modernas e confortáveis instalações, e localização privilegiada na Travessa do Chaco, 1949, entre as avenidas Duque de Caxias e Rômulo Maiorana – antiga 25 de setembro - no Marco.
A nova sede dispõe de recepção, sala de espera, sala de multiuso, salas da diretoria, sala de multiuso, gabinete da presidência, sala de processamento de dados, e um mini auditório, todas com moveis novos, climatizadas, e informatizadas. Todos esses espaços estão equipados com moveis novos, alem de contar com uma equipe de funcionários qualificados para atender com dignidade e respeito todos os servidores, especialmente os sócios, visitantes e o público em geral.
Na ocasião um coquetel foi oferecido aos associados, autoridades e convidados.
Sede Campestre - O presidente do SISBEL Emilio Conceição, falou da importância da nova instalação da entidade que era um desejo antigo dos associados e que virou realidade. “Agora o associado dispõe de um local aconchegante para contar as suas dificuldades, os seus problemas e ser ouvido sem problemas. Tudo o que foi feito, tudo o que fazemos é pensando no nosso associado, que confiou na gente e nos deu uma nova oportunidade. O problema da sede administrativa já está resolvido: agora vamos cuidar da sede campestre. Daqui a alguns dias teremos de volta as piscinas (adulto e infantil) que passaram por reformas e se tornaram bonitas e seguras. Aliás, o nosso associado é convidado permanentemente a conhecer (ou reconhecer) e visitar a sede campestre no Uriboca/Marituba nos finais de semana, almoçar e tomar umas cervejas geladas. Com tudo que o que ele tem direito”, observou.

Ascom - Dentro das medidas adotadas pela diretoria destaca-se a criação da Assessoria de Comunicação Social/Ascom, responsável pelo boletim informativo - Informe Sisbel- e pelo jornal Voz do Servidor e pelo marketing do SISBEL.

3/17/2011



DETRAN

Dra. Roberta Rebelo Mirabet é a nova Gerente da Regional de Trânsito de Santarém. A portaria foi publicada no Diário Oficial do dia 09 de Março de 2011.
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DO PARÁ
DIÁRIO OFICIAL Nº. 31869 de 09/03/2011 - Número de Publicação: 210052
Ato: PORTARIA 577/2011-DG/CDRH - Data de Admissão: 09/03/2011
Ordenador: SÉRGIO DUBOC MOREIRA. Desejo sucesso a Dra. Roberta.
ADEUS CARNAVAL

Há uma doença congênita que assola nosso país. Uma doença que ceifa empregos, impede o crescimento da renda e reduz o dinamismo da economia, prejudicando toda a sociedade, mas que se reveste como algo bom, travestido com a toga da alegria. Esta doença atende pelo nome de carnaval. Anualmente contamos 104 dias correspondentes a sábados e domingos e outros 15 dias, em média, representados por feriados prolongados. Ou seja, quase um terço do ano onde parte da população não trabalha, não produz. É evidente que há uma grande quantidade de pessoas (miríade) que exercem suas atividades profissionais aos sábados e, até mesmo, aos domingos. Mas estamos fazendo uma abstração para sinalizar que não há mais tempo a perder para quem se propõe a construir uma nação mais próspera e justa. Como diria Machado de Assis, “Nós matamos o tempo, mas ele nos enterra”. É fato notório que, exceção feita à indústria do turismo, muitos setores são prejudicados pela ocorrência do carnaval. Pense nisso!

RECURSOS

A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica receberá, em 2011, R$ 150 milhões para investimento em assistência estudantil. O recurso será repassado pelo Ministério da Educação (MEC). É a primeira vez que os institutos federais e os centros federais de educação tecnológica terão repasses específicos para aplicar em programas dessa natureza. Antes, a reserva de verbas era decidida internamente pelos membros da rede. Município de Santarém será beneficiado.

FLEXA RIBEIRO

Durante audiência do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) com o diretor-presidente em exercício da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Cláudio Passos, ficou claro que o esvaziamento da agência acabou por gerar a centralização do atendimento e o conseqüente fechamento de 22 postos de serviço espalhados em todo o país, inclusive Belém. "Depois da conversa, percebemos que na verdade essa era uma bomba-relógio programada desde 2005", afirma Flexa. Segundo Cláudio Passos, o fechamento dos escritórios regionais é parte da política de 'otimização' da agência, que irá concentrar o atendimento em unidades no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. De acordo com Passos, essa medida é necessária por conta da falta de pessoal, uma vez que a Anac terá cerca de dois mil funcionários a partir de 19 de março para atender todo o Brasil.

OAB

O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou recomendação ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em que solicita a concessão de cinco pontos para todos os candidatos que prestaram a primeira fase do exame da OAB realizado em fevereiro. A proposta é compensar a falta de questões relativas a direitos humanos, previstas em resolução do conselho, mas não incluídas na prova. O MPF decidiu enviar a recomendação depois de receber denúncias em todo o país de candidatos que se disseram prejudicados pela ausência das perguntas sobre direitos humanos. O documento encaminhado à OAB foi assinado pelos procuradores da República Osmar Veronese, que atua no Rio Grande do Sul, Jefferson Aparecido Dias, de São Paulo, e Bruno Araújo Soares Valente, da Procuradoria da República no Pará.

PERIGO

É comum, quando se está na praia, se deparar com a quantidade e variedade de óculos escuros vendidos por ambulantes nas areias brasileiras. Muita gente compra esses produtos se esquecendo da saúde dos olhos. A maioria desses óculos escuros não oferece segurança, como afirma o oftalmologista Jonathan Lake. "A grande questão dos óculos é realmente desconhecer a procedência, então, embora possa parecer divertido, estiloso, então evitar comprar óculos sem conhecê-los, de onde vieram. Então isso é especialmente importante naqueles camelôs que vendem óculos na praia. Então tomar cuidado com esse tipo de óculos" Segundo Lake, o uso desses produtos sem certificação vendidos nas praias pode causar dores de cabeça e irritações oculares. Caso isso aconteça, é importante passar gaze com água limpa nos olhos, fazer compressa com gelo, não utilizar colírios por conta própria e procurar um oftalmologista de plantão.

DENGUE
Tradicionalmente os meses de março e abril são marcados por um aumento no número de casos de dengue em todo o País. O alerta foi feito recentemente pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Segundo ele, nesse período, as ações de combate à doença devem ser reforçadas. O Ministério da Saúde, em parceria com as secretarias de saúde estaduais e municipais desenvolvem estratégias mais firmes de controle à dengue, como afirma o ministro Alexandre Padilha. "Tem duas grandes estratégias a serem feitas. Uma é a mobilização da comunidade, dos bairros. E o outro é organizar rapidamente, ampliar uma rede de atenção para receber adequadamente quem tem suspeita de dengue, notificar, tratar adequadamente, no sentido de reduzir o número de casos graves e de óbitos". De acordo com o ministro, mesmo depois de março e abril, as ações de combate à dengue devem ser intensificadas nos estados que tiveram surgimento de novos casos e naqueles em que têm risco de epidemia da doença. A Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, tendo a frente, José Antonio Rocha, através dos agentes de saúde e ajuda da população continua trabalhando para eliminar o maior número de focos do mosquito da dengue.


MOTINHAS
____________________________________________________________

Uma nova campanha de combate à violência domestica e sexual foi lançada nessa terça-feira no Centur, e marcou o início da programação do Dia Internacional da Mulher. A campanha tem como meta obrigar profissionais de saúde e de escolas publicas a notificar as Secretarias municipais ou estaduais sobre qualquer caso de violência sexual ou domestica que atenderem ou identificarem. Segundo o Secretário Helio Franco, não se trata de denuncia policial ●●● Na tentativa0 de acabar a crise com o PDT, o governo já convidou o líder do partido na Câmara dos Deputados, Giovanni Queiroz (PA), para participar da próxima reunião com a base aliada. O convite foi prontamente aceito. O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), negou que a ausência da legenda no último encontro tenha sido um castigo pelo fato de o PDT não ter apoiado integralmente o valor de R$ 545 para o salário mínimo. "Não teve geladeira, apenas não queríamos criar constrangimentos. Na reunião do conselho, quando discutiremos política, o PDT estará lá", afirmou Vaccarezza. ●●● "Já tive muitas emoções, mas essa foi coisa séria, realmente muito séria". Foi assim que o cantor Roberto Carlos resumiu o sentimento de desfilar e ser campeão do carnaval carioca pela Beija-Flor, já na quadra da escola na noite de quarta-feira (9). "É uma emoção que eu jamais vou esquecer na minha vida. É algo que vai ficar para sempre na minha vida e no meu coração", disse o rei, homenageado no enredo da azul e branco de Nilópolis. ●●● Haja Cu No Pau dos amigos Kleper e Floriano foi um dos blocos mais animado em Alter do Chão. Deputado Lira Maia era um dos foliões mais entusiasmados. ●●● Movimento sindical dos jornalistas teve avanços significativos em 2010. Esta é a avaliação do presidente da FENAJ, Celso Schröder, que destacou as lutas em defesa do diploma, pela democratização da comunicação, qualificação da formação profissional em Jornalismo e a ampliação da inserção da FENAJ no movimento sindical internacional da categoria. ●●● A maioria dos foliões em Alter do Chão foi favorável a mudança do carnaval para o Çairódromo. Espaço mais amplo deixou os brincantes mais à vontade. Excelente idéia dos que comandam a cidade da gente. Parabéns. ●●● As nomeações de órgãos estaduais em Santarém estão acontecendo de forma gradual. Sem muita pressa, que é inimiga da perfeição. ●●● Amigo Giocondo, um dos mais competentes e antigos despachantes de veículos em Santarém, curtiu o carnaval na tranqüila praia de Aramanaí, ao lado da esposa Vana. ●●●Rádio Ponta Negra AM foi a emissora que transmitiu na quarta e quinta feira respectivamente, as partidas Independente X Paissandu, além de Abaeté X Remo. Narração de Antonio Junior, reportagens de LC Moraes e comentários de Darinta Picanço. Um banho de audiência. ●●● A Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Câmara dos Deputados elegeu a nova mesa diretora que irá dirigir os trabalhos da Comissão no ano de 2011. Por indicação do Democratas, o deputado federal Lira maia foi eleito 1º. Vice Presidente da Comissão. Lira Maia promete se empenhar na busca de soluções para o setor produtivo na região norte do País, em especial, no Estado do Pará. ●●● Neste sábado vamos de Garapeira Ypiranga (Cacheado) acompanhado da Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente. Fui.

3/08/2011

MULHER, um ser que Deus inventou. E não se arrependeu



Neste dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher. O motivo pelo qual foi instituída essa data, deve-se a um fato ocorrido em 1857, quando 129 operárias de uma indústria têxtil, em Detroit, nos Estados Unidos, foram assassinadas. Elas haviam ocupado o interior da fábrica para reivindicar equiparação salarial a seus companheiros homens, redução de jornada de trabalho e melhores condições de trabalho. O proprietário da fábrica, em represália, mandou trancar todas as saídas do prédio, espalhou gasolina e tocou fogo provocando um incêndio sem precedentes.
Nenhuma das operárias salvou-se.
O fato trágico chocou o mundo e mereceu repúdio de todos os países. Em vista disso, a Organização das Nações Unidas (ONU) resolveu instituir o dia 8 de março, dia do infausto acontecimento, como o Dia Internacional da Mulher.
Mulher, a amante, a companheira, a confidente, a amiga, cantada em prosa e verso pelos aedos, pelos poetas, pelos romancistas. Mulher, motivo-maior das cantatas e da lira de Vinícius de Moraes – que mais do que ninguém soube dar-lhe o devido valor. Mulher, Maria, Mãe de Deus; Maria, doce Maria “...um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta, uma mulher que merece, viver e amar como qualquer outra no planeta; é o som, é a cor, é o suor, é a dose mas forte e lenta de uma gente que ri quando deve chorar e não vive, apenas agüenta...mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre, quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania de ter fé na vida”, como diz Milton Nascimento e Fernando Brandt, na sua canção.
A essência - Mesmo considerando-se a violência um fenômeno existente em todos os tempos e lagares, seria utópico imaginar um mundo em que a mulher se extinguisse de vez, observa a advogada e escritora e poetisa Lucy Gorayeb Mourão, líder feminista, dirigente de várias entidades ex- presidente da Associação Cristã Feminina – Capítulo de Belém. Não há como negar que estamos vivendo uma época de exaltação à violência, inclusive contra a mulher.
Há milênios o sexo feminino tem sido vítima de violência em todos os níveis. Imposta por uma sociedade dominada excessivamente pelo homem que sempre determinou como deveria ser o comportamento da mulher.
Discriminação existe, - prossegue Lucy Mourão, - desde que o mundo é mundo; haja vista que todas as leis eram feitas e administradas por homens. Como usar a lei como recurso, se esse instrumento útil só beneficiava os legisladores? Indaga.
Não podemos afirmar que a violência só ocorre na cidade. Também ocorrem no meio rural, nas mais variadas situações: física, psicológica, sexual e jurídica. A violência atinge não apenas o nosso país, como todos os demais, em todo mundo, mostrando que a opressão da mulher da sociedade é o resultado de situação de inferiorização.
Esse aspecto data do início do mundo, afirma Lucy, quando as mulheres ficavam quase inteiramente reclusas ao “gineceu”. Em Atenas, as mulheres dirigiam as tarefas domésticas e cuidavam da educação dos filhos menores. Havia confinação dentro do lar e elas só saiam por ocasião das festas religiosas pagãs, assim mesmo acompanhadas dos pagens e sob os olhares policialescos dos maridos.
Na idade média, a Igreja deve muita influência. Na França, Napoleão estabeleceu o seu famoso “Código” cujo texto continha severos castigos às esposas que por algum motivo faltassem com seu dever ou prevaricassem.
Ao longo dos séculos, chegamos também ao Brasil, onde o costume de castigar as mulheres vem desde os primórdios da sua colonização, continuando a de0nominação do sexo oposto. Só aproximadamente em 1827 foi dado o direito à mulher de freqüentar escola, persistindo o preconceito e a discriminação, pois no entendimento da época, mulher era mais para aprender o manejo da agulha, para a procriação, do que para a instrução.
Participação – Conforme Lucy Gorayeb Mourão, a participação da mulher na vida econômica, política e social do país foi importante para a sua valorização, quer como profissional ou mesmo como cidadã, na defesa de seus direitos, e na conquista do seu espaço. “Enquanto enfrentarmos a discriminação de uma sociedade de machista, - que não quer dividir privilégios, - teremos que lutar incansavelmente em defesa de nossa causa, tanto no âmbito das leis, quando no aspecto social” (...) “Assim, dizemos que direitos são conquistados e não dados gratuitamente; porisso é necessário que as mulheres se mobilizem para alcançar os seus objetivos”, destaca.
Apesar das constantes transformações porque passa a nossa sociedade, a mulher tem consciência de que muito tem a oferecer em benefício do ser humano; ainda mais pelo fato de que, a justiça social, antes de tudo é um direito das pessoas, e como tal deve ser por elas desfrutados, defende a líder feminista.
Conquistas – A ex-dirigemte da Associação Cristã Feminina lembra que a “nossa Lei maior” diz que poder emana do povo e em seu nome deverá ser exercido. Em uma análise rápida, verifica-se que a Constituição de 88 possui alguns avanços, não encontrados em legislações de outros países E, destaca duas conquistas obtidas pelo sexo feminino na Carta Magna, como a licença-maternidade de 120 dias para as gestantes e o direito da mulher de aceitar um emprego sem autorização prévia e formal do marido, exigência legal, fatos inconcebíveis que as outras constituições continham, e derrubada pela Constituição de 88, em vigor
Profissionalização - Atualmente, o país está dotado de uma legislação preocupada em oferecer melhores condições à mulher, como uma forma de valorização feminina, corrigindo uma deficiência que se arrastava ao longo do tempo. Dessa forma, acentua Lucy Goraeyb Mourão, a preocupação das mulheres não está mais numa ausência de instrumentos legais, e sim no real cumprimento “in legis” dessa legislação; ou mesmo na conscientização da mulher desenformada, sobre como deve ser a forma legal de fazer valer os direitos, porquanto, vivemos numa sociedade moderna onde a divisão de atribuições é fundamental para o desenvolvimento da comunidade.
“Todos nós, especialmente as mulheres – aspiramos por uma sociedade mais justa onde não se verifiquem conflitos, discriminações ou quaisquer outros tipos de inferiorização do ser humano. E para conseguir o avanço de desses direitos é necessário somar esforços; ou seja, tanto o homem como a mulher são considerados iguais perante à lei, com os mesmos direitos e obrigações. Sem citar o fato de que a legislação punirá como crime, qualquer discriminação atentatória aos direitos humanos.
As mulheres sofrem atualmente uma barreira comum: o preconceito e a discriminação. Contudo, a experiência tem demonstrado que a sua participação no mercado de trabalho tem sido notável, não apenas nos setor público, como na iniciativa privada e até mesmo na política, a nível local, nacional e internacional. A mulher, atualmente, em muitos aspectos, tem ultrapassado o homem e mostrando a sua importância, o seu valor”, diz orgulhosa Lucy Mourão.
Entidades – Lucy Gorayeb Mourão explica, finalmente, que em Belém existem entidades que procuram orientar as mulheres em todos os aspectos de suas vidas, como a Liga das Mulheres Eleitoras do Brasil (Libra); a Associação Cristã Feminina (ACF); a Comissão Permanente da Mulher Advogada (CPMA); a Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ACMCJ); o Movimento de Promoção da Mulher (MOPROM); o Movimento das Mulheres do Campo e da Cidade; o Grupo das Mulheres Prostitutas da Área Central (GEMPAC), dentre outras, no campo privado. Na área oficial, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM). Todas com o mesmo objetivo: a conceituação e valorização do sexo feminino.
O Dia Internacional da Mulher é uma forma de homenagear a mulher. Em Belém durante a semana as entidades festejam essa data, para mostrar ao mundo de hoje que esse ser tão frágil e ao mesmo tempo tão importante e maravilhoso, é útil, necessário e indispensável na vida do homem, no prosseguimento do existir. É como diz Erasmo Carlos: “...da escola em que você foi ensinada, jamais tirei um dez, sou forte mas não chego a teus pés”.

Lembrança de Dulce Accioly

Quando se fala no Dia Internacional da Mulher lembramos de uma figura muito importante: Dulce Maria Faria Accioly, falecida há dezessete anmos, quatro diaa após ter completado 82 anos, no dia 14 de maio de 1994. Foi líder feminista de escol e defendeu intransigentemente a causa da mulher.
Dulce Accioly nasceu em Belém do Pará. Fez os estudos, primário, ginasial e colegial no Colégio Santo Antônio, diplomando-se como professora primária. Deixou de cursar faculdade, pois casou-se logo em seguida.
Mesmo casada lutou, mesmo de forma inglória pelos interesses da mulher. Viúva, com dois filhos. Dedicou-se totalmente aos problemas e interesses da mulher paraense. Ajudou a trazer para Belém a Associação Cristã Feminina. Fez vários cursos de dinâmica de grupo e outros de defesa da mulher em vários estados da Federação.
De 1973/1978 foi secretária da Pastoral Regional da Mulher da CNBB.
Deixando a função dedicou-se ao trabalho de assistência à mulher marginalizada (prostitutas), sendo por isso muito criticada. Alheia aos comentários, juntamente com outras companheiras fundou a Movimento de Promoção da Mulher (Moprom), de cujo trabalho surgiu duas creches, a “Casa da Gente”, no bairro do Telegrafo, em 1986; e uma outra na Marambaia.
Conhecida internacionalmente – pois era membro da associação “Companheiros da América” – através dessa relação conseguiu ajuda do exterior para as suas atividades em prol da mulher, realizando um trabalho dos mais apreciáveis.
Através do Moprom, desde 1988 promovia anualmente o Intertecmulher – Intercâmbio Técnico Cultural para a atuação da mulher – que tinha como objetivo a discussão específica das questões da mulher em busca de uma cidadania plena, interrompido desde a sua morte, que trouxe para Belém nomes consagrados na defesa da mulher no Brasil, como a escritora e feminista Rose-Marie Muraro.
Ao falecer de parada cardíaca, era presidente do Conselho Municipal da Condição Feminina (antigo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher), que ajudou a criar, juntamente com outras líder feministas na administração Coutinho Jorge.
O prefeito, à época, Hélio Gueiros reconhecendo o valor e a importância de Dulce Accioly deu o seu nome uma creche da Funpapa, no Telegrafo, onde a grande desaparecida teve maior atuação (AF).

************

Nota - Dedico este trabalho a Telma Menezes. Minha irmã. Minha amiga. Minha cúmplice. Minha mulher. Minha amada última. Meu tudo - uma heroína que me atura há 23 anos. Dedico, da mesma forma, às amigas Conceição Avelar. Terezinha Sales de Menezes, Erlen Cristina Alves – minha musa- e Ana Lúcia Sales Amorim, minha maninha.