9/27/2010



Ao meu filho
Luís Eduardo



Apenas nesta manhã, eu vou sorrir quando vir – pelo computador –
o seu rosto, e rir mesmo sentindo vontade de chorar.
Apenas nesta manhã, eu vou deixar você escolher o que vai vestir, e sorrir e dizer o quanto você está ótimo.
Apenas nesta manhã - eu vou lembrar os seus primeiros anos no Rio de Janeiro - eu vou deixar a roupa para lavar de lado, pegar você e levá-lo ao parque para brincar.
Apenas nesta manhã, eu vou deixar a louça na pia e deixar você me ensinar a montar seu quebra-cabeças.
Apenas nesta tarde, eu vou desligar-me da vida, manter o computador fora do ar e imaginar sentado com você no quintal cabeludo - precise ser capinado - e soltar bolhas de sabão.
Apenas nesta tarde, eu não vou gritar nenhuma vez, nem mesmo resmungar, quando você gritar – como no passado em nossa casa na Pavuna: "papai vem bintar comigo!" - e acenar para o carrinho de sorvetes; e vou comprar um se ele passar.
Apenas nesta tarde, eu não vou me preocupar com o que você vai ser quando crescer.
Ainda mais, lógico.
Apenas nesta tarde, eu vou deixar você ajudar-me a assar biscoitos
e não vou ficar atrás de você tentando consertá-los.
Apenas nesta tarde, vamos à esquina de casa e comprar um sanduda

de cinco andares para nós dois, para que você possa ganhar dois brinquedos.
Apenas nesta noite, vou segurá-lo, imaginariamente, em meus braços
e contar-lhe uma história sobre como você nasceu – alvo, bonito,
de belos olhos azuis, grandão, careca com quatro quilos e 600 gramas e
- embora não pareça - como eu amo você..
Apenas nesta noite, eu vou deixar você espirrar a água da banho e não ficar nervoso.
Apenas nesta noite, vou deixar você ficar acordado
até tarde, enquanto ficamos sentados no pátio de casa, contando todas as estrelas

deste ceu lindo de Icoaraci.
Apenas nesta noite eu vou me aconchegar ao seu
lado por horas e perder meus shows favoritos na TV.
Apenas nesta noite, enquanto eu passar meus dedos
entre os seus cabelos enquanto você ora, eu vou simplesmente
ser grato a Deus por ter me dado – neste dia 27 de setembro - o maior e melhor presente do mundo.
Eu vou pensar nas mães e pais que procuram por seus filhos perdidos,
nas mães e pais que visitam a sepultura
de seus filhos ao invés de suas camas;
nas mães e pais que estão em hospitais vendo seus filhos sofrerem sem que isto tenha sentido e gritando por dentro que não podem mais suportar isto.

E, quando eu dar um beijo – virtual, claro! - de Boa Noite,
eu vou lhe segurar um pouquinho mais forte por um pouquinho mais de tempo.
E é então que eu vou agradecer a Deus por você
e não pedir nada a Ele, exceto mais um dia.
E que você seja o melhor e o maior biólogo deste planeta;
com beleza, inteligência e ética.

Parabéns Meu Filho.
Parabéns DUDU
.


Com amor.


Agradeço a ajuda de George Arlington

9/22/2010


Convite

Feliz ao estar em Belém novamente durante essas semanas!
É com muita satisfação que convido a todos os amigos ao concerto que irei participar da Ópera "DIDO AND AENEAS" do compositor britânico Henry Purcell sob a regência do Maestro Francês Phillippe Forget, participação da Orquestra de Música Antiga da Escola de Música (Camerata de Música Antiga da EMUFPA), Madrigal da UEPA, e solistas convidados.

DIAS: 23 e 24 de setembro
HORA: 18hs
LOCAL: Museu Histórico do Pará(Antigo Lauro Sodré), Sala de concertos Transversal. End: Praça Dom Pedro II, s/n.

Beijos,

Victoria Pitts

Arnaldo Jabor


Reflexão sobre o país

- Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.
Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;
Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;
Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade.
Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.
É coisa de gente otária.
- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.
Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.
Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.
Brasileiro tem um sério problema.
Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.
- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.
Brasileiro é vagabundo por excelência.
O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.
Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários da bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.
- Brasileiro é um povo honesto. Mentira.
Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.
Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso. Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.
- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira.
Já foi.
Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da
Guerra do Paraguai ali se instalaram.
Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha alternativa e não concordava com o crime.
Hoje a realidade é diferente.
Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.
Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.
Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.
- O Brasil é um pais democrático. Mentira.
Num país democrático a vontade da maioria é Lei.
A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.
Num país onde todos têm direitos, mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.
Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.
Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).
Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.
Democracia isso? Pense!
O famoso jeitinho brasileiro.
Em minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.
Brasileiro se acha malandro, muito esperto.
Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.
No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?
Afinal somos penta campeões do mundo né?
Grande coisa...
O Brasil é o país do futuro. Caramba, meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.
Dessa vergonha eles se safaram...
Brasil, o país do futuro!?
Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.
Deus é brasileiro.
Puxa, essa eu não vou nem comentar...
O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.
Para finalizar tiro minha conclusão:
O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente.
Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta.
Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.
Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: Água doce!
Só falta boa vontade, será que é tão difícil assim?

________________________________

Material enviado por Lurdinha Bezerra

9/21/2010

Ray Cunha



Negócios no reservado do restaurante


A barriga do deputado era de égua prenha. Ele devorava uma terrina de calderada de frutos do mar com pirão e arroz. Era uma terrina enorme e havia comida para quatro pessoas. O empresário que conversava com o deputado não estava interessado em comer. Era baixinho e um sorriso quase imperceptível não lhe saía da boca. Trajava calças justas de brim, o que realçava suas pernas tortas para dentro.
- O caso é o seguinte: você vai receber R$ 5 milhões; 40% é dele; 30% é para dividir com o pessoal; e 30% é seu – disse o deputado, entre uma bocada e outra, castigando o idioma.
O sorriso do empresário ficou mais ameaçador.
- Só R$ 1,5 milhão? – assustou-se. – É muito pouco!

- Não preocupa; em maio, daqui a um mês e meio, vamos firmar outro contrato de mais R$ 5 milhões, e aí você perfaz R$ 3 milhões, e daqui pro final do ano vamos circular mais de R$ 100 milhões – disse o deputado, num tom apaziguador, naquele linguajar em que pronome pessoal do caso oblíquo não entra.
O reservado era fresco, arejado por um corredor de vento entre as frondes das árvores, principalmente na parte de trás do restaurante, numa das ruas comerciais da Asa Sul. O dono era um sargento, torturador na ditadura militar e que trabalhara durante anos nos arquivos do antigo SNI (Serviço Nacional de Informações).
- Você trouxe os R$ 30 mil? – disse o empresário.
- Está aqui – disse o deputado, aspirando a segunda sobremesa Romeu e Julieta e apontando com os olhos para sua maleta preta, ignorando a flexão do verbo com o sujeito oculto. – Ué! você não trouxe maleta, onde vai carregar esse dinheiro? Na cueca?
“Tarado” – pensou o empresário. Ele sabia que o deputado costumava colocar duas assessoras no seu carro e saía em comboio, com seguranças à frente e atrás em outros veículos. Uma das assessoras dirigia o automóvel do deputado enquanto ele papava a outra no banco traseiro. Depois, a que fora papada dirigia enquanto a outra era trabalhada. Ele fazia isso à noite, mas ainda cedo. Ficava excitadíssimo.
- Há notas de R$ 100, mas também há notas de R$ 50 – disse o deputado, engolindo o quarto Romeu e Julieta. – Está bem, vou te dar essa maleta – disse, ignorante do paralelismo do pronome pessoal do caso reto.
- Depois te devolvo – disse o empresário, que também só pensava em dinheiro.
- Não, não quero. Pode ficar com ela. Tudo bem! – retrucou o deputado, arrotando e acomodando a barriga de égua prenha.
Na parede oposta havia um óleo sobre tela de três metros de largura por dois de altura. Ele retratava um câmera filmando. Era um desses trabalhos que os críticos chamam de hiper-realismo. O olho da câmera se moveu.
O deputado detestava aquele quadro.

***********************************
Ray Cunha é jornalista, editor do portal www.conexaocplp.com.br, e escritor, autor de O Casulo Exposto (LGE Editora, Brasília, 153 páginas, R$ 28), à venda nos sites da Saraiva, Leitura e Cultura

ACREDITEI E ESPEREI...




Fizeste com que eu, novamente,
me sentisse viva, e também amada;
e prometi, suave e sinceramente,
que iria contigo, na mesma estrada.

Hoje, sei que tudo foi um sonhar
que me deu felicidade e alento,
mas a tristeza do seco despertar,
apagou tudo do amor, do sentimento...

Um sonho em pesadelo transformado,
trouxe tristezas agudas e obscuras,
e deixou um gosto amargo na boca...

Espero que encontres o que procuras,
sem pensar na minha afirmação louca,
de que, somente eu, hei de te ter amado...

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦


Jurema Harder - Suiça

9/17/2010


ELEIÇÕES 2010

Ao votar nas próximas eleições você vai escolher as pessoas que vão influenciar o seu futuro e o de sua família. Por isso vote e não deixe escapar essa oportunidade. Dourados, segunda cidade mais importante do Mato Grosso do Sul depois de Campo Grande, viveu na semana retrasada uma situação extrema. Uma operação da Polícia Federal prendeu o prefeito, o vice, a primeira-dama, quatro secretários municipais, o presidente da Câmara e mais oito vereadores suspeitos de participar de um esquema de corrupção, fraudes em licitações e desvio de verbas públicas. A cidade, de uma hora para outra, se viu desprovida de todo poder constituído pelo voto. O Tribunal de Justiça designou o juiz Eduardo Rocha Machado, diretor do fórum da cidade, para assumir o comando do município.

ELEIÇÕES 2010 II

Ao tomar posse, fez uma advertência sobre o risco de se votar errado. O episódio, há menos de 1 mês das eleições para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual, que levarão exatos 135.804.433 eleitores brasileiros às urnas no dia 3 de outubro (7,8% a mais que em 2006), pode ser um alerta de como é necessário escolher bem quem irá governar o País e atuar no Parlamento considerando a capacidade administrativa e a honestidade. Fábio Angélico, coordenador de projetos da ONG Transparência Brasil aconselha: “Escolha um candidato que você se identifique. Se você acredita que o principal problema na sua cidade é a saúde, procure candidatos que defendam a causa ou atuem em benefício da área. Veja se ele tem um passado limpo, não tem processos”.

ELEIÇÕES 2010 III

Quem deve votar? Brasileiros entre 18 e 70 anos. Para quem tem entre 16 e 18 e mais de 70 o voto é optativo. Como saber se o título está regularizado?
Entre no site do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.gov.br) para conferir. Só tem o título cancelado quem faltar a três eleições consecutivas (cada turno conta como uma falta) sem justificar. Como tirar a 2ª via? O eleitor tem até o dia 23 de setembro para pedir uma segunda via do documento em qualquer cartório eleitoral do País. O título fica pronto na hora. Preciso levar título e documento com foto? A partir deste ano, além de ser obrigatória a apresentação do título de eleitor, será necessário levar um documento com foto, como RG, Carteira de Habilitação, carteira de trabalho ou certificado de reservista. Quem comparecer à urna sem um destes documentos não poderá votar. Posso levar “cola” com os nomes e números? Sim. Posso levar “cola” com os nomes e números? Sim.

ALERTA

Sinal amarelo na hora de votar: dos 481 deputados federais que concorrem às eleições deste ano, 45 respondem a ações penais que tramitam no Supremo Tribunal Federal. Eles são acusados de 73 diferentes processos Um em cada dez deputados federais que disputam as eleições deste ano é réu no Supremo Tribunal Federal (STF), órgão responsável pelo julgamento de parlamentares e outras autoridades federais. Dos 481 deputados que buscam um novo mandato nas urnas em outubro, 45 respondem a ações penais. Também estão nessa situação quatro senadores. Esses 49 parlamentares são acusados, ao todo, em 73 processos por crimes como formação de quadrilha, corrupção, lavagem de dinheiro, apropriação indébita e contra a Lei de Licitações.

ALERTA II

O crime mais comum atribuído aos parlamentares candidatos que são réus é o de peculato: são 16 acusações de apropriação ou desvio de valores, bens móveis por funcionário público em razão do cargo que exerce. A pena prevista para esse tipo de crime é de dois a 12 anos de reclusão. Os crimes de responsabilidade (cometidos no exercício de outros cargos), com 11 ações penais, e contra a Lei de Licitações, com nove, vêm em seguida. Há ainda oito processos por lavagem de dinheiro e seis por falsidade ideológica e formação de quadrilha entre as denúncias mais comuns. Também há cinco processos por crime contra o sistema financeiro, três por apropriação indébita e corrupção eleitoral, dois por prevaricação e estelionato. Aparecem ainda, com uma ocorrência cada, denúncias por lesão corporal, falsificação de documento público e crime contra o patrimônio. (Edson Sardinha)

SAÚDE ANIMAL

Com Slogan “Não Deixe seu Melhor Amigo Com Raiva”, A Secretaria Municipal de Saúde, realizará mais uma campanha de vacinação anti-rábica, no período de 18 setembro a 30 de outubro de 2010. A Campanha de vacinação anti-rábica de cães e gatos visa criar uma barreira epidemiológica que impeça a circulação do vírus rábico na população canina e felina, visto que, o Município tem obtido resultados negativos nas amostras (encéfalos) encaminhadas para o Instituto Evandro Chagas. Cães e gatos a partir de um mês de idade, mesmo as fêmeas que estiverem amamentando, prenhes ou no cio, devem ser vacinadas. A aplicação da vacina é gratuita, e a meta é vacinar cerca de 56.279 animais, sendo que 40.198 cães e 16.081 gatos. A imunização contra a raiva é obrigatória para cães e gatos, conforme determina o Ministério da Saúde. A abertura da Campanha acontecerá este sábado (18/09), na Praça do Parque da Cidade, às 08h. Mais informações com Giovane Dourado, responsável pelo Centro de Controle de Zoonoses. (93) 9138 1920.

AÇAI

A governadora do Estado assinou o Decreto 2.475/2010, que dispõe sobre a implementação do Programa Estadual de Qualidade do Açaí. O objetivo, de acordo com o decreto, é identificar e promover a execução das ações de fortalecimento e desenvolvimento do comércio e consumo do Açaí, no âmbito do Estado do Pará, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Agricultura. Para a implementação do Programa Estadual de Qualidade do Açaí, o Governo do Estado poderá firmar convênios e acordos de cooperação técnica com entidades públicas ou privadas, de notório saber e experiência técnica, visando fundamentar suas decisões e estruturar estratégias e projetos.

MOTINHAS _______________________________________________________

A Prefeitura Municipal de Santarém torna pública a realização de Concorrência Pública, tendo como objeto a construção de Unidade de Pronto Atendimento porte III. A Prefeitura também realiza Tomada de Preços com a finalidade da construção de unidades básicas de saúde nas localidades de Conquista, Floresta e Tiningu zona rural do município. Os editais encontram-se disponíveis no site da prefeitura www.santarém.pa.gov.br. ♦♦♦ Santarém, agora cidade digital, acesse o guia de empresas 0n-line http;//Santarém.com ♦♦♦ A festa do Sairé deste ano, sob o comando da Prefeitura Municipal estava impecável. A segurança recebeu nota 10. A agremiação cultural boto Tucuxi é a campeã do Sairé 2010. Ela conquistou o título do ano com 8 pontos de diferença sobre o seu rival boto Cor de Rosa ♦♦♦ GÓI$ FINANCEIRA - Representante dos Bancos Bonsucesso, BMG e BV-Financeira. Empré$timo Exclusivo p/ Todos os Funcionários do Estado: Detran, Seduc, PM, Sefa, Bombeiros, Pol. Civil, etc... Telefones do Dinheiro: (93) 3522-4261 // 9127-0167. Travessa dos Mártires, 26 - (Térreo) do TAPAJÓS PALACE HOTEL, entre: Av. Tapajós e Lameira Bittencourt. ♦♦♦ O presidente do Conselho de Administração do jornal The New York Times, Arthur Sulzberger Jr., admitiu em público, pela primeira vez, que o futuro de um dos mais influentes jornais do mundo, fundado em 1851, será com a publicação de notícias e imagens exclusivamente em plataformas digitais. Aqui no Brasil o primeiro a entrar na era digital foi o Jornal do Brasil. Se a moda pega, haja jornalistas desempregados. ♦♦♦ Leitão e Terezinha os reis do Açaí. Borges Leal com Clementino de Assis, fone 3522 7201, feito dentro do mais alto padrão de qualidade ♦♦♦ Lanchonete Céu e Mar no Parque da Cidade. A sensação do momento. Sanduíches e Sucos Naturais – Pastéis, Unhas, Bolos e Sorvetes - Água de Coco - Refrigerantes – Comidas Típicas: Tacacá, Maniçoba, Pato no Tucupi, Vatapá, dentre outras. Aberta de 17H00 às 23H00. ♦♦♦ Candidato ao Senado pelo PT no Pará, meu amigo deputado federal Paulo Rocha vai recorrer da decisão do TSE que cassou seu registro de candidatura em decisão na última segunda-feira, justamente no dia 13. ♦♦♦ Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil lidera o ranking que mede o progresso de países em desenvolvimento na luta contra a pobreza. O ranking é da organização não governamental (ONG) ActionAid. ♦♦♦ Jornalista Pedro Emiliano fui convidado para apresentar o desfile dos Reservistas de Belterra, no dia 7 de setembro com brilhante desempenho. Foi muito aplaudido. ♦♦♦ Vice-governador Odair Corrêa (Ficha Limpa) candidato a Deputado Federal (1233) esteve em Santarém desde a última segunda-feira/13 alavancando a sua campanha. Viaja nesta sexta com destino a Belém. ♦♦♦ Segundo comentários nos lares, bares e em toda a cidade, o médico Nélio Aguiar (Ficha Limpa) candidato a Deputado Estadual (33456) é um dos santarenos mais cotados para assumir uma cadeira na Assembléia Legislativa. ♦♦♦ Aniversaria neste sábado/18 minha amiga Marieli Scalabrin e no Domingo/19 grande arquiteto Carlos Mattter. A ambos votos de parabéns com saúde, paz de espírito e felicidade. ♦♦♦ Inaugura neste domingo/19 o Sistema Móvel de Telefonia Vivo no Distrito de Mojuí dos Campos. Trabalho incansável do Vice-governador Odair Corrêa e empresário Gelson Sousa. A população feliz estará integrada com o mundo. ♦♦♦ O competente e humilde Procurador Jurídico do Detran Válber Xavier é quem sempre socorre os novatos que assumem as direções do órgão. Indicados por políticos chegam sem saberem absolutamente nada sobre trânsito. ♦♦♦ Por falar em Detran um excelente final de semana aos grandes amigos Orlando e Omar, ambos são oriundos da capital do Estado e prestam relevantes serviços aqui na Pérola do Tapajós. ♦♦♦ “A verdadeira amizade é aquela que o vento não leva e a distancia não separa”. Pense nisso! (Jornal do Feio). ♦♦♦ Mais um final de semana, como ninguém é de ferro, vamos de Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente. Fui.

9/14/2010

HOLDERMAN DA SILVA RODRIGUES



Participação



A Academia Paraense de Jornalismo (APJ) lamenta informar o falecimento do seu sócio co-fundador vitalício HOLDERMAN DA SILVA RODRIGUES – Cadeira nº 8 – Patrono: Antônio Tavernard - ocorrido no último dia 4 de setembro

Icoaraci perde um amigo e o seu historiador.

A Diretoria

9/08/2010

Icoaraci perde HOLDERMAN DA SILVA RODRIGUES



A Cultura do Pará, Icoaraci e as Academias Paraense de Jornalismo e das Letras Interioranas ficaram mais pobres. Holderman da Silva Rodrigues, o grande historiador da Vila Sorriso - e co-fundador dos dois silogeus -, faleceu no último sábado, 4, vítima de complicações circulatórias.
Foi ao encontro de Antônio Tavernard, seu patrono na Cadeira nº 8, da APJ.
Seu falecimento foi muito lamentado na “Vila-Cidade”, que escolheu para viver há mais de 50 anos. Monsenhor Raimundo Possidônio Carreira da Mata – seu vizinho, já que Holderman residia atrás do prédio da Matriz de Icoaraci - celebrou a Missa das 19 horas, do domingo, em sufrágio de uma boníssima alma.
Há 16 anos o advogado e jornalista Donato Cardoso de Souza – baseado no exemplo das grandes cidades e dos grande centros de cultura, idealizou a Academia Paraense de Jornalismo (APJ), tendo objetivo básico a valorização cultural da atividade jornalística, estimulando-a à dimensão intelectual, bem como, promover conceituar, valorizar e elevar cada vez mais alto o jornalismo paraoara
Para tanto convidou alguns profissionais para integrar a entidade. Holderman da Silva Rodrigues, historiador e exímio cultor do vernaculo foi um deles. Foi-lhe destinada a cadeira foi a de 8. Ele próprio escolheu o patrono: Antônio Tavernard.
O extinto a exemplo da APJ, também era membro fundador efetivo e vitalício da Academia Paraense das Letras Interioranas, fundada em Icoaraci pelo jornalista, poeta, escritor e indigenista Lucinerges Couto, exatamente na Casa do Poeta Antônio Tavernard, na Rua Siqueira Mendes – 1ª Rua – que por descaso e inércia do atual Governo do Estado, foi abandonada, ruiu e terreno foi tomado pelo mato.
Era um dos desgostos de Holderman.
A APJ foi fundada em 26 de outubro de 1994. Começou com vários encontros no terraço da residência de Donato – Travessa Mauriti, 4505 – Bairro da Pedreira entre as avenidas Pedro Miranda e Marquês de Herval, sob a luz da lua e das estrelas, no “famoso” terraço do Donato.
Lá foram escolhidos os 40 acadêmicos fundadores, efetivos e vitalícios - numa seleção um tanto quanto rigorosa em vários aspectos -, onde se mesclavam profissionais da nova e da velha guarda.
O grupo se reunia uma ou duas sextas-feiras por mês para discutir os rumos da APJ, cujos encontros começavam, invariavelmente, as oito e meia e, por vezes, se prolongavam até quase meia noite.
A Academia Paraense de Jornalismo atualmente é presidida pelo cronista e empresário Dênis Cavalcante.
Donato Cardoso é o presidente honorário da Casa.
Holderman, que foi por muito anos funcionário da Imprensa Oficial do Estado – e chegando inclusive à direção – e por onde se aposentou, amava História.
Era o historiador de Icoaraci.
Estava preparando uma obra a vida de Antônio Tavernard, filho de Icoaraci que desapareceu ainda jovem, seu ídolo, e que não conseguiu concluir.
Todos os anos por ocasião do aniversário de Icoaraci – 08 de outubro – o ilustre morto era constantemente procurado em sua residência – Rua XV de Agosto, 4ª Rua, como é mais conhecida – por estudantes das escolas e colégios da Vila Sorriso. Ele os recebia solícito e com muita alegria, quase sempre repimpado na sua cadeira “preguiçosa” de estimação... onde lia os jornais, os seus livros e fazia anotações.
Holderman da Silva Rodrigues foi um dos membros da Comissão Coordenadora do Iº Centenário de Icoaraci, em 1969 – onde deu a sua contribuição através de fatos históricos. No final das comemorações foi condecorado pelo então prefeito Stélio de Mendonça – juntamente com os demais membros da Comissão com a Medalha dos 350 anos de Belém. Há quase dois anos também recebeu das mãos do ex-presidente da APJ, jornalista Walbert da Silva Monteiro, a Medalha dos 15 anos do Silogeu.
Com o falecimento de Holderman da Silva Rodrigues, a Academia Paraense de Jornalismo ficou mais pobre. Em 15 anos de profícua existência, a APJ sofreu baixas lamentáveis: Abias Caldas de Almeida , Carlos Rocque, Edyr de Paiva Proença; do jornalista, advogado, escritor, historiador – com vários prêmios estaduais e nacionais -, romancista e também imortal à Academia Paraense de Letras e filho de Alenquer, Benedicto Wilfredo Monteiro; o jornalista e escritor Eládio Lobato, também imortal à Academia Paraense de Letras Interiiranas, e filho de Igarapé Miri; o jornalista, professor, advogado e promotor aposentado Carlos Alberto de Aragão Vinagre; jornalista Sillas Ribeiro de Assis, criador do Jornal Popular; o veterano historiador, escritor e jornalista e ex-presidente José Valente – de Barcarena -, também membro-fundador do Centro Paraense de Estudos do Folclore, além do jornalista e Mestre em História Ubiratam Silva do Rosário José, de Brfagança; e mais recentemente o jornalista e advogado Odacyl de Souza Cattete, diretor jurídico do Silogeu.
Assim como Icoaraci e as duas academia citadas, sinto-me também mais pobre.
●●●
Perdi um amigo.
Aliás, um excelente amigo.
Mas, em breve, a gente se encontra.
Vamos discutir história.
Também matéria predileta do repórter.
Interessante: O Holderman se foi na véspera do Domingo em que a Igreja Católica reverenciou a Biblia- que nada é do que um compêndio de muitas histórias.
Repito uma frase que pedi ao Criador, durante a Missa: Senhor, receba a alma do Holderman; releve os seus pecados e o conduza ao seu Reino – Reino da Glória.

PAZ A SUA ALMA.