8/31/2010

ELIAS PINTO


Bruno de Menezes:
espero que vocês encontrem,
à venda nos estandes das livrarias,
um livro do homenageado




A Feira Pan-Amazônica, como naquele anúncio de automóvel, precisa rever seus conceitos

“Esqueceram de mim”, diz o fantasma do patrono


O jornalista, folclorista, pesquisador, escritor, funcionário público, acadêmico e, acima de tudo, poeta Bento Bruno de Menezes Costa (1893-1963) é o patrono da Feira Pan-Amazônica do Livro. Aberta na sexta-feira, o tema da décima quarta versão do evento são os países africanos que falam português. Em seus melhores momentos, Bruno de Menezes é autor de uma poesia original e regional, de um “modernismo” caracteristicamente nosso, como dele disse o professor Francisco Paulo Mendes. A influência africana, que, segundo a ex-presidente do Conselho Estadual de Cultura, Maria Annunciada Chaves, o poeta “assimilou diretamente, nos subúrbios da capital guajarina, no Umarizal, na Cremação, na Pedreira, no Jurunas [bairro em que nasceu], nos terreiros de macumba, nas rodas populares do Ver-o-Peso e do cais do porto”, está presente, com a força de uma sensualidade rude, de um ritmo vibrante, em seu livro mais conhecido, Batuque, de 1931. Em edições posteriores, o livro ganhou a companhia harmoniosa das ilustrações de Raimundo Martins Viana, acentuando o gosto do terroir dos poemas, como tão bem frisou Machado Coelho, com o colorido “de tudo enfim que é de nossa terra e de nossa gente”.
Muito bem. Na feira, o leitor assistirá, certamente, a palestras interessantes em torno da obra do autor de Batuque. Naturalmente, atiçado pelos comentários dos conferencistas, quem não o conhece aproveitará os estandes das livrarias para adquirir uma de suas obras. Mas, fatalmente, não topará com nenhum exemplar do preclaro patrono da vez. Como ocorreu em recentes edições da feira, o fantasma do patrono poderia, mãos nas cadeiras, diante das livrarias, constatar, hollywoodianamente: “Esqueceram de mim”. Não sei se ainda resta em catálogo a edição, de 1993, das obras completas de Bruno de Menezes, em três volumes, pela Secretaria de Estado de Cultura.
Ao definir o homenageado do ano, será que a organização da Pan-Amazônica não poderia agendar uma edição comemorativa do autor, a reedição de um de seus livros ou uma antologia? Para não falar, neste ano, da duvidosa programação musical, com cara mais de showmício disfarçado.
É preciso repensar a feira. Curiosamente, a reclamação dos escritores locais quanto à programação assemelha-se ao que ouvi – por exemplo, de um escritor brasileiro vencedor de uma das mais importantes e bem pagas premiações literárias do país – na última Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip. Há uma separação entre os escritores estrangeiros convidados e os nativos. Aqueles constituem uma casta privilegiada, dizia-me esse escritor, ocupando os melhores horários e mesas individuais. Aqui em Belém, os nossos estrangeiros são os autores da banda de lá, Rio de Janeiro, São Paulo e entorno, que ocupam o horário nobre e bancada solo (com um mediador que, por sua vez, não deveria ser o mesmo para todos os “gringos”). Alguns desses buanas das letras, aliás, e com todo o respeito, pois gosto e até conheço pessoalmente alguns, já viraram arroz de festa, ou melhor, arroz de pato, que agora a gente encontra em toda birosca.
E assim de passagem: será que nenhum escritor jurunense, como o atual patrono Bruno de Menezes, não poderia ocupar o horário nobre, a entrevista com as estrelas? Para citar um (ainda que não jurunense nem meamofinado), cito o Edyr Augusto, autor de uma obra já encorpada.
Bem, essa revisão pan-amazônica das letras papaxibés fica para o próximo governo a ser eleito este ano, seja o mesmo, reeleito, ou o novo (novo?). A organização da feira precisa ser repensada, arejada, lavando-se do ranço político.
Aproveito e faço minha particular homenagem ao patrono da Pan-Amazônica. Publico, a seguir, trechos do, por sinal, inacabado “Belém e o seu poema”, obra em andamento que a morte de Bruno de Menezes, em 2 de julho de 1963, interrompeu. Apesar de sua extensão, a poesia mal ensaia o início de sua caminhada por Belém, demorando-se na Cidade Velha e no Jurunas, berço de Bruno de Menezes. Até onde chegaria esse poema-quase-reportagem-com-jeito-de-crônica? Mais vale acenar (dar sinal), tomar assento e aproveitar esse roteiro que lembra o trajeto de um circular que a indesejada das gentes desviou do caminho, o condutor conduzido ao ponto final. Com essa publicação, pretende-se, de alguma forma, religá-lo ao moto-contínuo da leitura. E tomara que vocês encontrem um livro dele na feira – talvez na do Ver-o-Peso...


BELÉM E O SEU POEMA

Agora
vamos entrar na sala do Mundo Verde.
Faz de conta que chegamos
à Cidade do Sol e da Chuva,
cercada de águas crioulas e corredeiras,
coberta de árvores gordas de sombra espessa.

Não perguntem como foi que ela cresceu
sem ficar serviçal do rio,
nascendo do tijuco guloso
– cama dos amores da Cobra Grande...

Já se sabe da empreitada do luso Castelo Branco,
fazendo a indiada e a soldadesca
levantarem o Forte do Presépio, com licença da
[boiúna,
devido à força da enchente e a correnteza das marés...

Foram-se os caminhos da primitiva cidade,
pois viraram outras Ruas e Travessas,
Avenidas e Parques Públicos,
avançando para a terra firme,
com nomes de vultos importantes.
Mais tarde, não respeitaram a velha Pracinha do
[do Carmo,
que ajardinaram geometricamente,
nem a capela, desaparecida, de construção dos
[escravos.

Hoje, aproveitando a serventia das águas,
varamos pelo Beco do Cardoso e da Usina Bitar,
largamos das garagens náuticas rumo às ondas
[guajarinas.
E, em terra, na Praça da Sé, recebemos a bênção
[em bronze,
de D. Frei Caetano Brandão,
que está, pontifical e vigilante,
diante da Igreja de Santo Alexandre,
com seu frontal barroco.

Também assiste à Catedral de Belém, onde Nossa
[Senhora,
lá no alto da fachada, tem no colo o Menino,
e, embaixo do altar-mor, mora a cobra encantada...

Mas é preciso olhar
a histórica e secular Igreja do Carmo,
que entrou na luta dos cabanos,
reformada na sua decoração colonial,
para depois lhe darem uma ruela de saibro,
que conduz os peões até o Porto do Sal.

Quanto rememorar nessa Cidade Velha,
que ostenta a tradição do Arsenal de Marinha,
frente à Praça de herói que foi Tamandaré!

E antes de irmos aos bairros da classe obreira,
(peregrinos viajantes)
vejamos a Igreja de São João Batista,
com sua piedosa Santa da Consolação,
em que esteve prisioneiro, ainda humilde capela,
padre Antônio Vieira, o iluminado pregador.

Por falar naquele porto proletário,
não quereria alguém viver sem movimento,
de canoas veleiras, de lanchas, de motores
[castanheiros,
de pequenos navios que atracam no trapiche,
vindos dos tantos rios que trabalham na Amazônia?

Não só as embarcações cotidianas:
– ver também o Mercado de arquitetura estilizada,
a vendagem de peixe seco e outros negócios a varejo;
os estaleiros e o mangal todo verde de aningas,
para o encalhe de inúteis barcos sepultados.

Esse Porto do Sal, destinado a ser pobre,
que ainda usa uma Rua São Boaventura,
parece ter mandinga,
feita pelos pajés das ilhas mal-assombradas...

Santa Maria de Belém, que foi crescendo,
com presidentes provinciais
e o nobre Palácio do Governo, a tela grandiosa
da “Conquista do Amazonas”.
Que subiu de Intendência a Prefeitura Municipal,
com os serviços do Fórum e o Café Judiciário,
o famoso quadro documentário
“Últimos momentos de Carlos Gomes”.

Belém da Praça D. Pedro II,
de rústicos bancos para os idílios diuturnos,
sombreada de mangueiras dadivosas,
que põem frutos maduros como seios de cunhãs,
e ostenta a estátua do General Gurjão,
guardado por quatro leões de mármore,
que honrou as tradições de bravos no Paraguai.

Cidade que esqueceu os sobrados de azulejos,
que deixou secar o chafariz de pedra-sabão
da Praça Felipe Patroni.
Que traz sempre em vigília o Quartel dos Bombeiros,
tocando silêncio para os estudantes do Ginásio,
que têm na Praça o busto de Antonio Marçal,
educador de gerações.

Belém que arboriza, precariamente,
a Praça da Bandeira, com seu grande mastro
[simbólico,
se orgulhando de possuir um Quartel General.

Assinalando este urbanismo,
Ainda avulta na Avenida Portugal
um Obelisco com versos do “Brasileis”,
povoada de Clipers rendosos,
atravancada de ambulantes, engraxates, sorveterias,
e paradas para espera de transportes coletivos.

Subiremos,
como faziam os habitantes da Cidade,
ao tempo das saudosa e “Formosa Belém”,
pela Avenida 16 de Novembro,
que perdeu o carinho por suas nobres palmeiras,
e foi igarapé feito rua,
levando a remo os frades da piedade,
até o convento de São José, modificado para presídio,
na monotonia da Praça Amazonas,
e o busto de Oswaldo Cruz olhando os presos...

Compensando esta transformação citadina,
encontramos os falados bairros dos Tamoios,
dos Jurunas, da populosa Conceição,
que vieram boiando das várzeas inundadas
pelas enchentes de águas vivas.
É aí que o povo aprendeu o jeitoso equilíbrio
de caminhar sobre estivas e tabuados,
que são os caminhos para as suas palhoças,
e, na quadra chuvosa,
a ter de imitar a vida dos caranguejos...

(...)

Depois dessas andanças,
sigamos pelo asfalto evaporante
da Travessa do Jurunas, que está se arborizando
de verdes tamarineiros despenteados;
e assim conheceremos o Mercado incipiente,
que não tem o suficiente para os jurunenses,
mas deixa sobrar cabrochas,
pretiocas, curibocas,
nas filas dos talhos, namoricando...

Adiante, podem-se ver
o Posto Policial e a Mercearia do “Macaco Branco”,
que era o portuga seu primeiro dono;
a Igreja de Santa Terezinha que tem muitos devotos,
que bate o sino e reza preces à Ave Maria,
com reuniões sociais no seu Oratório;
O padre Serra, no Ambulatório, com falta de
[remédios,
Mães solteiras como a Bereca,
o Grupo Escolar lembrando Camilo Salgado,
e o Posto Médico e o Lactário da Saúde.

Para a mesclada juventude do bairro,
o Clube Esportivo “São Domingos”,
fundado pelo padre Magalhães e seus amigos,
é o veterano em vitórias e simpatias,
dando bailes com damas de se escolher...
E, na Aldeia do Rádio Clube do Pará
– sonho, vida e morte de Roberto Camelier –
auditórios superlotados, artistas e conjuntos gozados,
programas infantis de envaidecer os pais...

Ah, Jurunas moleque,
dos negrinhos e negrinhas soltos nas ruas,
que trazem o jogo do bicho
riscado na ardósia das pernas corredeiras,
que ouvem falar na fama do capoeira Pé de Bola
e no turuna de fama, boi bumbá “Pai do Campo”!

Com o pavimento feito pista,
e os ônibus mais ou menos da Viação “Morais”,
o Jurunas não se envergonha
dos noticiários da imprensa,
em casos de ciumadas, de desordens, cachaçadas,
suicídios, malandragens,
perdida a dignidade de suas temidas valentias.

O que ainda lhe dá renome
é a Escola de Samba “Não posso me amofiná”,
que arrasta o povão por toda parte
na quadra carnavalesca,
enchendo a Cidade de sonoras batucadas,
do baque cadenciado dos tamborins,
para o melexo gostoso das sambistas de sua taba...

De maneira sentimental,
revemos as bandeiras vermelhas, as luzes de vendas de
[açaí,
os tabuleiros de tacacá pelas esquinas,
enquanto o baixo Jurunas das bandas do rio,
de capim viçoso e mururés nos valados,
continua de pé no chão, e, nas noites de chuva,
dorme com os solfejos da saparia
e os violinos dos carapanãs mal-educados...

_____________________
Transcrito do Diário do Pará de domingo, 29 de agosto de 2010

8/30/2010

’’Relembrando Cabeludo


No próximo mês de setembro “Cabeludo” completa oito anos de morto. “Cabeludo” era o apelido de Antônio Farias Vieira, um dos maiores nomes - senão o maior - do artesanato de Icoaraci.
Na realidade, tudo começou com ele.
Na década de 50 (1956), Antônio Farias Vieira (o “Cabeludo”... nome dado devido à sua vasta cabeleira!), nascido na Vigia, casou com a jovem Cosma Croelhas e foi morar no bairro do Livramento (Paracuri). ”Cabeludo” era um pintor letrista, fazia faixas, murais, desenhos, etc. Era exímio na sua arte.
Uma ocasião folheando um livro sobre artesanato encantou-se com a foto de um vaso de cerâmica; tanto que resolveu reproduzi-lo. Para tanto, foi até uma olaria e pediu para o artesão fazê-lo no torno. Após queimá-lo, ele fez as pinturas (algumas de sua criação) utilizando as cores marajoaras (vermelho, preto e branco). Devido à sua curiosidade, podemos garantir que "Cabeludo" inaugurou uma nova fase do artesanato icoaraciense.
"Cabeludo" se interessou pelo assunto; e, a partir daí, reproduziu várias peças, assim como criou várias outras obedecendo ao estilo das culturas marajoara, tapajônica e maracá, as quais estudou com afinco.
Para aperfeiçoar ainda mais a sua técnica e os seus conhecimentos "Cabeludo" passou a freqüentar com assiduidade o Museu Paraense Emilio Goeldi. Os cientistas do museu observaram que o caboclo vigilengo “dava pra coisa” e resolveram ajuda-lo ensinado-lhe algumas técnicas. O aluno, diligente, surpreendeu os professores, Suas reproduções contrastavam com as originais...sendo inclusive mais bonitas...e, é claro, difícil de distinguí-las.
O nosso artesão-maior trabalhou em silêncio até 1960 quando foi descoberto pelo jornalista Aldemyr Feio que, àquela altura, integrava os quadros da extinta “Folha do Norte”.
Muitos foram os seguidores desse Grande Mestre - vizinhos, amigos e curiosos - além da sua numerosa família. O aluno mais ilustre foi Raimundo Saraiva Cardoso que anos mais tarde se transformaria no “Mestre Cardoso”. Ele deu prosseguimento ao trabalho de “Cabeludo” e, praticamente, resgatou a arte marajoara, a qual apenas muito mais tarde os artistas da Região iriam aderir.
Outros artesãos também começaram a copiá-lo.
Alguns iam trabalhar com “Cabeludo”, aprendiam as suas técnicas e, depois, caminhavam sozinhos em suas olarias. “Cabeludo” tinha muito prazer em ensinar tudo o que sabia, e ficava feliz com o progresso dos discípulos.
Graças a “Cabeludo” o Paracuri se tornou o centro do artesanato de Icoaraci onde, atualmente, se concentra cerca de 90% da comunidade de ceramistas. São inúmeras oficinas e olarias, alinhada uma ao lado da outra, por toda a extensão do bairro, a partir da Rua 15 de Agosto (4ª Rua).
Esse fato fez com que a Vila Sorriso se transformasse no maior centro produtor e divulgador da cerâmica indígena da Amazônia, conhecida em todo o mundo.
O nosso “Cabeludo” ficou por muito tempo esquecido. Tanto que morreu nessa situação: pobre e ignorado. Ninguém se lembrava que ele foi o primeiro, o precursor do artesanato icoaraciense. Todavia, há sete anos surgiu o Movimento Cultural de Vanguarda de Icoaraci (Mova-CI) disposto a resgatar a memória e as tradições da Vila Sorriso.
“Cabeludo” foi uma delas.
A cada ano o Mova-CI realiza a Mostra “Mestre Cabeludo” que reúne os “virtuoses” locais nas mais variadas expressões da arte, destacadamente o artesanato e a cerâmica local.
Foi feita justiça.
“Cabeludo” não foi (e jamais será) esquecido. O artesanato e o povo icoaraciense lhe devem um grande tributo. "

___________________________________________
Material publicado no jornal O Estado – Agosto de 2002

8/23/2010

Padre CID confirmado com “Monsenhor”



A Santa Sé, de Roma, através de um documento pontifício assinado pelo Papa Bento XVI, confirmou o título de “Monsenhor” atribuído ao padre Raimundo Possidônio Carrera da Mata, por ocasião de sua passagem pela Mitra Arquidiocesana de Belém do Pará, como Administrador Apostólico. O anúncio foi feito nesse domingo durante a Missa das sete horas na Matriz de São João Batista e Nossa Senhora das Graças.
Agora "CID" é Monsenhor de fato e de direito.
É-me muito grato falar deste homem de Deus, meu amigo, meu irmão e meu pastor, no esplendor dos seus 57 anos.
Nascido aqui mesmo em Icoaraci, bom menino, bom filho e temente a Deus, desde cedo manifestou aquela imensa vontade de servi-lO mais e melhor.
Após o antigo curso primário e o ginásio, o piedoso jovem, antigo jovem morador da Travessa Souza Franco, próximo a Rua Siqueira Mendes (antiga 1ª Rua) ingressou no Seminário São Pio X. Após anos de estudos (Filosofia, Teologia, etc) no dia 24 de junho de 1978, Raimundo Possidônio foi ordenado sacerdote pelo falecido (e sempre lembrado) D. Alberto Gaudêncio Ramos para sempre “...Tu es sacerdus in aeternum segundo ordinem Melchisedeque”.
Nesses seis lustros de intensa vida apostólica, Raimundo Possidônio – carinhosamente chamado de “CID”, em alusão ao grande e legendário herói espanhol, ativo, destemido e empreendedor, apelido adquirido desde menino. exerceu muitas atividades.
Há cerca oito anos, "CID" por seus méritos, foi escolhido pela Arquidiocese de Belém – e especialmente pelo então Arcebispo Metropolitano de Belém, Vicente Zico, atual Arcebispo Emérito - para fazer Doutorado na Universidade Gregoriana em virtude do trabalho desenvolvido ao longo de 25 anos em favor da Igreja, com devotamento, zelo e entusiasmo.
"CID" passou quase três anos em Roma. Ele escreve a tese de pós-graduação que cujo tema é: A Igreja na Amazônia e o Episcopado De D. Alberto Ramos. Após intensa atividade e no afã de entregar ao diretor da tese o 1o. capítulo (Contexto geral da história da Igreja na Amazônia (do séc. XVII aos inícios do século XX), teve que retornar a Belém. Para poder elaborar os outros capítulos - mais três - e, ao mesmo tempo, para pesquisar sobre a Igreja Regional, cujos documentos e fontes só se encontram aqui, nos arquivos, academias, institutos etc.
As muitas atividades desenvolvidas pelo nosso “CID” que orgulha a gente icoaraciense, como pároco, professor do Seminário e Chefe do Cerimonial da Arquidiocese de Belém o impediram de retornar a para escrever, concluir e defender ante uma banca examinadora de alto nível a sua tese. “CID” será, como disse muitas vezes nos seus artigos, Santo Agostinho e tantos outros, “Doutor da Igreja”, para o gáudio da gente icoaraciense
“CID” é belo no coração, na aparência – os cabelos brancos prematuros que teimosamente começam a aparecer dão o maior charme ao maninho -, e nas atitudes firmes e decididas. Um verdadeiro sacerdote plenamente identificado com arcese cristã e com a atualidade apostólica. Icoaraci tem muito orgulho do seu pastor que eu, sem heresia, carinhosamente chamo de “D. CID”.
Muitas felicidades e que continue sendo o padre simples, amigo, conselheiro e companheiro.
E que Deus O abençoe sempre nas suas ações e na missão de conduzir a primeira Igreja de Icoaraci até a Jerusalém celestial.
Aproveitando o espaço deste jornal eletrônico, para dizer ao mundo do orgulho de seu povo – e conterrâneos – de tê-lo como irmão e Pastor – Bom Pastor.
E, também, aproveito a deixa para reforçar tudo o que a comunidade deseja ao “CID” e dizer-lhe:
Obrigado, irmão.
E que Deus esteja com você, hoje, amanhã e sempre.
É como eu sempre digo e repito: quiçá a Igreja tivesse uns 100 padres como ele!

É isso aí Monsenhor CID!

8/20/2010

Parabéns, AGHATA!


A grande aniversariante da semana é a srta. ÁGHATA YOHANA DINIZ MENEZES (foto), a neta querida da Telma Menezes, que completou quatro anos.
O evento foi condignamente comemorado com uma bela festinha que reuniu todos os amiguinhos da bela morena e de seus parentes.
Não faltaram: alegria, doces, balões e aconchego de todos os parentes que tornaram pequena a bela residência do Conjunto Lopo de Castro, em Icoaraci.
Parabéns, ÁGHATA!

SAÚDE

Uma das situações mais constrangedoras para uma pessoa é perceber que está com mau hálito. O pior é que na maioria das vezes o odor desagradável é sentido pelos outros antes mesmo que a própria pessoa com halitose se dê conta. O problema é muito comum – sabe-se que existem mais de 60 causas para a halitose – e pode ter origem bucal e por problemas nas vias aéreas superiores (fossas nasais, faringe, laringe, traquéia, brônquios) ou no aparelho digestivo. “Vale lembrar que a halitose não é uma doença e sim um sintoma. Ao eliminar as causas com um tratamento diário e constante, ela desaparece”.

SAÚDE II

O principal causador do mau hálito é a má higiene bucal que contribui para a existência da placa bacteriana, normalmente de cor esbranquiçada, amarelada ou amarronzada, que se forma no fundo da língua. A Secretaria Municipal de Saúde de Santarém mantém Centros de Especialidades Odontológicas funcionando na rede pública. 18 gabinetes, sendo 16 nos centros de Saúde, 1 Unidade Móvel e 1 B/M Netinho. A saúde bucal é uma das preocupações do secretário José Antonio Rocha, principalmente com as crianças e adolescentes.

DISTRITO INDUSTRIAL

A Prefeitura Municipal de Marabá, através do Decreto 391/2010, aprova o projeto de implantação da Fase III do Distrito Industrial de Marabá, nos termos da proposta apresentada pelo Estado do Pará. O projeto urbanístico prevê a oferta de lotes industriais para empreendimentos voltados para os segmentos de siderurgia e aciaria, indústria metal-mecânica e logística industrial, além dos espaços destinados à área institucional, à proteção de mananciais e à faixa de domínio do sistema viário. O projeto, além do sistema viário com aproximadamente 14 quilômetros de vias estruturantes e secundárias, também contempla um centro de convivência para viabilizar a prestação de serviços a trabalhadores e usuários do pólo, com aproximadamente 5 mil metros quadrados de área construída. O texto acima é apenas para lembrar que Santarém também tem esse projeto, só que até agora está no papel. Decididamente, estamos precisando de maior representação política, o que sobra no município de Marabá. Acredite, Santarém já teve em uma legislatura, 3 deputados federais e 4 estaduais. Não será surpresa se o Estado do Carajás sair na frente do Tapajós. Pense nisso!

ELIZA SAMÚDIO

Os advogados de Bruno atacaram a imagem de Eliza, dizendo que ela era garota de programa e atriz de filmes pornográficos, após o relançamento de um DVD que está sendo vendido em todo o Brasil, inclusive em Santarém. O pai da ex-modelo Luiz Carlos Samúdio, em recente entrevista argumentou sobre o fato. ”Eu acho que é fácil falar sobre alguém que não pode se defender. Esta história de que ela era apenas uma amante está remetendo a um antigo preconceito contra as mulheres. E questiona a honestidade da vítima. Ela mesma declarou que eles não se encontraram apenas uma vez, que se encontraram outras vezes, se falavam por telefone”.

ELIZA SAMÚDIO II

“Após saber que a Eliza estava grávida, e que ele era o pai, terminaram o relacionamento. O meu sentimento é de revolta. Pela inércia do Judiciário do Rio de Janeiro. Porque foram solicitadas à juíza titular da 3ª Vara do Rio medidas preventivas e o pedido não foi ouvido, porque ela alegou que punir o agressor seria banalizar a Lei Maria da Penha. Porque ela entende que a lei serve para proteger a família, ou seja, proveniente de união estável ou casamento e não puramente de união de caráter eventual ou puramente sexual. Mas nós sabemos que a lei serve para qualquer relação íntima de afeto. Disse Luiz Carlos Samúdio.

PANTERA

Observei no último domingo no estádio onde o Pantera perdeu para o Paissandu por 2 X 0, a tristeza no rosto da maioria dos torcedores alvinegros, inconformados com a derrota. Observei também, a garra, determinação e empenho dos diretores Jardel Guimarães, Junior Tapajós e Alberto Tolentino, trio que carrega com um trabalho incansável o time no coração. Não podemos culpar os abnegados dirigentes pelo baixo rendimento da equipe. Tenho certeza que os três mosqueteiros se pudessem e tivessem em forma jogariam no São Raimundo entrando em campo no sentido de conseguir bons resultados. Jardel Guimarães entraria no lugar do Labilá, Junior Tapajós no lugar do Flamel e o Alberto Tolentino no ataque substituindo o centro avante Max-Jari. Acredito que eles mostrariam garra, o que faltou para os jogadores. Eu ainda acredito no São Raimundo, a esperança é a última que morre, diz o velho ditado.

MOTINHAS
___________________________________________________________________
Aniversaria neste sábado/21, meu amigo Válber Xavier, Assessor Jurídico do Detran. Profissional altamente qualificado com uma sapiência incontestável recebe abraços de seus filhos Marcelino Neto e Camila Xavier, além de uma legião de amigos. Parabéns com saúde, paz de espírito e felicidades. O evento será comemorado na Vila de Alter do Chão. Tô lá. ☻☻☻O Estado do Pará, através da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (SEDECT), a SEFA, a Prefeitura Municipal de Santarém e a PRODEPA assinaram termo aditivo ao acordo de cooperação técnica e financeira para implantação, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social de Santarém, de um Telecentro de Informações e Negócios visando promover ações de inclusão digital e de inserção de microempresas. ☻☻☻ Sílvio Neto, do PTB, assumiu a direção regional da Cosanpa em Santarém. Só ele sabe realmente quem o indicou. Deputado Junior Ferrari ou Everaldinho Martins?. Sucesso amigo. ☻☻☻ A Mostra do 1º e 2º Salão Internacional de Humor da Amazônia traz a Santarém o trabalho de vários cartunistas participantes das duas primeiras edições do evento e a homenagem aos caricaturistas Camillo Vianna e Vicente Salles. A programação iniciou ontem quinta-feira/19 às 19h com o coquetel de lançamento e segue até o dia 27 de agosto no Terminal Fluvial Turístico. ☻☻☻ A realização é da Central de Produção, sob coordenação de Biratan Porto e produção de Márcia Macêdo, com patrocínio da Oi e apoio cultural do Instituto Oi Futuro. Em Santarém, recebe o apoio institucional do Terminal Fluvial Turístico, da Prefeitura Municipal de Santarém através das Secretarias de Turismo e Cultura, do Serviço Social do Comércio (SESC), das Faculdades Integradas do Tapajós (FIT) e da Massabor. O evento conta com recursos incentivados pelas leis Semear (estadual) e Tó Teixeira (do município de Belém). ☻☻☻ Meu amigo Orlando, grande examinador do Detran em Santarém, apesar de ser de Belém, estava torcendo pelo São Raimundo no último domingo. Já é santareno de coração. ☻☻☻ Vereador Nélio Aguiar candidato a deputado estadual (33456 – PMN) recebeu apoio dos vereadores Emir Aguiar e Gerlande Castro, além dos ex-vereadores Luiz Alberto, Evandro Cunha e Beth Lima e da colônia cearense na região que é fundamental para levá-lo à Assembléia Legislativa. Boa sorte. ☻☻☻ Caco Barcelos, 60 anos, (TV Globo) participa da Feira Pan-Amazônica do Livro em Belém para mostrar como escreveu três obras de teor investigativo. A paixão pela arte de escrever o tornou um jornalista sensível e competente. Hoje um dos mais conceituados do país. O evento acontece no Hangar de 28 agosto a 05 de setembro. ☻☻☻ Dos 865 internos beneficiados com a saída temporária do Dia dos Pais, 731 retornaram às respectivas unidades penais da capital e do interior no prazo estabelecido. Os demais 134 detentos, equivalente a 15% do total, não voltaram para as unidades às quais estavam recolhidos. Eles já são considerados foragidos e se tornam uma ameaça para a população do Estado. Lugar de bandido é na cadeia. As informações são da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará. ☻☻☻ A rotatória recém inaugurada na Fernando Guillhon em frente a um motel, lamentavelmente, ainda vai causar vários acidentes. Faz-se necessário com urgência à implantação de um semáforo de alerta, sinalização horizontal e lombada. Caso contrário é esperar para conferir. Depois não digam que não avisei. Com a palavra as autoridades. ☻☻☻ Vice-governador Odair Corrêa é candidato a Deputado Federal (1233 – PDT). Através do CREDPARÁ já disponibilizou cerca de R$ 40 Milhões para pequenos empreendedores gerando emprego e renda em 80 municípios. ☻☻☻ O melhor Açaí da cidade é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal com Clementino de Assis, fone 3522 7201, feito dentro do mais alto padrão de qualidade e higiene. ☻☻☻ Dirceu o maior distribuidor de bebidas da região. São Sebastião próximo a Barjonas. Fone 9122-5965. ☻☻☻ Auto Elétrica Rocha do amigo Julio. Equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados. Avenida São Sebastião próximo a Barjonas. Fones (93) 3523-4059 / 9121-4727. ☻☻☻ Lanchonete Céu e Mar no Parque da Cidade. A sensação do momento. Sanduíches e Sucos Naturais – Pastéis, Unhas, Bolos e Sorvetes - Água de Coco - Refrigerantes – Comidas Típicas: Tacacá, Maniçoba, Pato no Tucupi, Vatapá, dentre outras. Aberta de 17H00 às 23H00. ☻☻☻ Restaurante Céu e Mar do casal Carlos e Dira. Pratos Regionais e La Carte. Fornece Marmitex para empresas. Aceita Cartão Visa. Avenida Rui Barbosa 379, próximo Praça São Sebastião. Fones (93) 3522-4372 / 8118-4449 / 8804-8030. Preços populares ☻☻☻ GÓI$ FINANCEIRA - Representante dos Bancos Bonsucesso, BMG e PanAmericano. Empréstimos sem burocracia para aposentados do INSS até 130 anos. Telefones do dinheiro (93) 3063-4228 // 9127-0167. Travessa Dos Mártires 26 Ed. Tapajós Sala 105 – Centro (Esquina com Lameira Bittencourt). ☻☻☻ DAS Estruturas Metálicas. Travessa Violeta 1128 – Jardim Santarém. Demétrio (93) 9129 0102. ☻☻☻ Final de semana. Fico com a Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente. Fui.

UM RECADINHO

Santa Maria de Belém do Grão Pará - Cidade hospitaleira das lindas morenas e belas mangueiras.
Para aqueles que moram, para aqueles que são filhos, para aqueles que admiram, para aqueles que são saudosos e para aqueles que não conhecem e passem a conhecer esta cidade onde nasci, admiro e sinto saudades. Estou morando em Santarém há 11 anos, porém não a esqueço jamais.
Um grande abraço e bom dia.
Até pra semana.
Thompson Mota
Meu candidato a Deputado Federal (Ficha Limpa)
ODAIR CORRÊA 1233 - PDT

INHANGAPI realiza o XIII Festival do Açaí



A expectativa é que o município receba mais de 20 mil pessoas
para o evento que é tradição no calendário anual da cidade


O município de Inhangapi, no nordeste paraense, realiza de 20 a 22 de agosto (sexta a domingo), o XIII FESTIVAL DO AÇAÍ, evento que já se tornou tradição no calendário da cidade e que reúne milhares de pessoas, movimentando a economia da região.
O festival tem como finalidade de dar prosseguimento à implementação da política de gestão ambiental integrada para o desenvol¬vimento sustentável do município de Inhangapi
Com finalidade de dar prosseguimento à implementação da política de gestão ambiental integrada para o desenvol¬vimento sustentável do município estão entre os principais objetivos do evento : Compatibilizar as atividades de eco¬turismo com a conservação de áreas na¬turais do município; Fortalecer o apoio à extração do açaí - uma das principais bases econômicas do município; Divulgar o desenvolvimento do mu¬nicípio através de seus recursos naturais e culturais; incentivar a criação de mecanismos de apoio para a produção turística e cul¬tural da localidade; Fortalecer a cooperação intermu¬nicipal, fronteiras políticas e ambien¬tais; Promover e estimular a capacitação de recursos humanos para o ecoturis¬mo e Promover o ecoturismo como veículo de educação ambiental e promoção social.
Despontando como atividade econômica proeminente no município, a extração vegetal do açaí em Inhangapi é um dos setores que recebe grande incentivo da administração municipal.
A produção atual chega atualmente ao extraordinário número de 100 mil mudas por ano, através do cultivo da fruta.
Realizado anualmente, o Festival do Açaí se configura num setor estratégico para a economia local por se tratar de turismo agro ecológico e ser importante na geração de emprego e renda à população, absorvendo o potencial de recursos naturais reservados pela paisagem natural do município.
Programação -Constam da programação Atividades de esporte e recreação, Passeio em trilha ecológica, Passeio fluvial, Apresentações de Grupos Folclóricos, Concurso “Garota Açaí”, Shows Regionais, Concurso de Peconheiros
(Apanhadores de Açaí)

OBS: Durante os três dias de programação ocorrerão, como atividades parale¬las: venda de açaí e iguarias; música mecânica para animação; campanha de educação ambiental.

Comercialização de doses de açaí em cuias e iguarias feitas com açaí (doces, bolos, compotas, etc.) - Os preços cobrados nas doses de açaí, bem como nas iguarias, serão com¬patíveis, principalmente com a condição sócio econômica da população local que é de baixa renda, tendo caráter educativo e formativo, sem propósito de remuneração de custos.
Passeio em trilha ecológica - O público presente poderá realizar passeio ecológico conduzido e organizado pela Guarda Ambiental Mirim do Município, realizando atividades ambientais e educa¬tivas em local próprio.
Quiosques de alimentação - As barracas que irão comercializar refeições e bebidas serão organiza¬das pela Associação dos Produtores Rurais e Ecologistas do Município, levando-se em conta também a condição socioeconômica da popu¬lação local.
Campanha ambiental permanente do município - A consciência da necessidade de se impedir o agravamento e a degradação das condições ambientais, e a necessidade de se reduzir os efeitos já ocorridos, é hoje uma realidade. No entanto, essa consciência ainda não está dis¬seminada. Por isso, o Festival do Açaí torna-se instrumento e espaço de alerta e de educação ambiental, através de placas expostas no local, e chamadas educativas durante toda a progra¬mação.
Manifestações artístico-culturais - O Festival do Açaí no Município de Inhanga¬pi se constitui também como um espaço de viabilização da produção artístico-cultural do Estado do Pará, criando condições para o seu revigoramento, contribuindo para o fortalecimento do sentimento de iden¬tificação regional e, consequentemente nacional. Também, torna-se um espaço de articulação entre os produtos culturais e os consumidores culturais, fomentando o con¬hecimento em prol da cultura, em prol de quem faz cultura e em prol da população que passa a ter acesso aos bens culturais de sua região.
Sendo assim, a programação cultural do Fes¬tival do Açaí é diversificada, contemplando: apresentações musicais; apresentações fol¬clóricas, concurso da Garota Açaí e concurso de Peconheiros, alusivo aos trabalhadores e trabalhadoras que atuam diretamente com a colheita do fruto.
O Festival do Açaí do Município de Inhangapi se apresenta em sua déci¬ma terceira edição, dando continui¬dade ao propósito de estimular e di¬fundir a produção local do açaí, fruto nativo da Região Amazônica que se destaca entre os diversos recursos vegetais e por ser abundante no mu¬nicípio.
A proposta é disponibilizar, através desta atividade ecoturística, o açaí, di¬vulgar sua importância, para a alimen¬tação e a comercialização, atrelando-o a um conjunto de atividades recreati¬vas e culturais, que também apresen¬tam a cultura do Estado do Pará, aten¬dendo ainda às necessidades de lazer cultural.
O Festival do Açaí, no município de Inhangapi fomenta a valorização da cultura paraense, da arte e dos bens cul¬turais, e promove a cultura do açaí, que pulsa na Região Amazônica com força e riqueza extraordinária. A realização deste festival se dará no período de 20 a 22 de agosto, no Espaço Cultural da cidade, às margens do Rio Inhangapi, ponto pitoresco que representa bem a cultura local e favorece a organização de infra estrutura necessária às atividades propostas.
Assim, a Prefeitura de Inhangapi elege a cultura e o lazer como campos de ação que contribuem para a preservação do patrimônio material e imaterial da humanidade.

8/13/2010


GENÉRICO

A diferença de preços entre medicamentos genéricos chega a 296%, segundo pesquisa divulgada pelo Procon-SP. Entre os remédios de referência, a maior variação encontrada foi de 91%. A Dipirona Sódica em gotas foi o genérico que mais variou de preço, podendo custar de R$ 0,98 a R$ 3,88. Entre os remédios de referência, o preço de um creme dermatológico pode ir de R$ 4,21 a R$ 8,07. Em média, os preços dos genéricos são 53% mais baratos que os remédios de marca. Por serem produzidos por diversos laboratórios, os medicamentos genéricos são, em geral, mais baratos. É bom lembrar que um genérico de um mesmo laboratório também pode apresentar preços diferentes entre as drogarias e farmácias, assim, é essencial a pesquisa de preços sempre aliada à recomendação e prescrição médica.

FICHA LIMPA

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA) encerrou a análise das candidaturas às eleições 2010. Dos 820 registros, 252 foram indeferidos. Porém, apenas dois pelas novidades trazidas pela Lei 135/2010, também conhecida como Ficha Limpa: o ex-prefeito de Itaituba Roselito Soares e, o caso mais recente, do candidato a deputado estadual Nadir Neves (PTB), que teve o registro indeferido em um polêmico julgamento. O candidato, que atualmente ocupa uma das vagas de vereador de Belém, foi condenado pelo TRE em junho de 2007 por abuso de poder econômico e teve o registro de candidatura cassado pelo órgão, que o tornou inelegível por três anos. Mas ele recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que afastou a inelegibilidade, mas manteve o registro e diploma de suplente cassado.

FICHA LIMPA II

"É uma decisão que vai contra o povo brasileiro. São pessoas que não têm idoneidade para serem escolhidas", disse o bispo Dom José Luiz Azcona, um dia após a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de manter o registro das candidaturas de Jáder Barbalho (PMDB) e de Paulo Rocha (PT) ao Senado e de Luiz Afonso Sefer (PP) à Assembléia Legislativa nas eleições de outubro. A Comissão Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - Regional Norte 2 (CNBB), convocou a imprensa para manifestar indignação diante da liberação dos candidatos considerados fichas sujas nas próximas eleições. Um dos principais nomes da Comissão, Dom José Azcona, bispo do Marajó, afirmou que, neste momento, o Pará vive uma "crise de consciência ética e de esperança de liberdade democrática". "A minha esperança é que, no futuro, todas essas pessoas sejam realmente afastadas. Com um câncer desse tipo, a sociedade brasileira não pode conviver", complementou.

VOTO

A Associação dos Magistrados Brasileiros lançou a campanha “Eleições limpas – não vendo meu voto”. Além de propaganda na televisão e distribuição de material impresso, serão realizadas audiências públicas em todo o país até outubro. Trata-se de uma boa iniciativa para moralização da campanha eleitoral no país, porque é uma forma de ir convencendo a população sobre o valor do voto, que não é financeiro. O trabalho é para o eleitor saber que o maior valor do voto é a possibilidade de participar da democracia, escolhendo seu candidato para determinado cargo. A legislação eleitoral atual não permite sequer a distribuição de brindes por candidatos. Mas, às vezes a pessoa não tem noção de que um lanche oferecido e o transporte para o local de votação pode ser uma tentativa de compra de voto, por estarem vinculados à escolha de determinado candidato. Portanto, é importante mostrar que a compra de voto não é feita apenas com dinheiro ou com coisas que representem valores financeiros elevados. Gestos que parecem simples podem significar esse tipo de corrupção.

CONTRA

Com o intuito de ganhar tempo, o deputado federal Zenaldo Coutinho vem trabalhando para que os projetos de lei que autorizam a realização de plebiscitos sobre a divisão territorial do Pará para a criação dos estados do Tapajós e de Carajás não entrem em pauta. Ele conseguiu evitar a votação e pretende repetir o feito nos dias 18 e 19 deste mês. Para convencer ainda mais os deputados e fortalecer seus argumentos contra a separação do Pará, o deputado vai apresentar emenda ao orçamento de 2011 para que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) faça uma pesquisa detalhada sobre os impactos econômicos, financeiros, tributários, sociais e ambientais em caso de uma possível divisão do Estado. "Com bases nesses estudos, eu tenho a convicção que nós vamos acabar de uma vez por todas com o discurso do separatismo do Pará", afirmou o deputado.

SAÚDE

A Secretaria Municipal de Saúde-SEMSA está realizando no período de 12 a 15 de agosto, na região do baixo e médio Lago Grande, apartir das 08h, a programação Fazendo Saúde na Comunidade da Gente e Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite. Para a ação foi formada uma equipe de multiprofissionais que estão contribuindo para ampliar o acesso da população da região às ações e serviços de saúde da SEMSA, que estão realizando os seguintes atendimentos: Consulta médica, de enfermagem, atendimento odontológico, coleta de PCCU, Educação em Saúde, teste de glicemia, aferição de pressão arterial. A programação oportuniza também, o desenvolvimento da Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite (Paralisia Infantil), que terá como o dia “D” a data de 14 de agosto (sábado) e terá o Centro de Saúde da Vila do Curuaí, como o local de abertura, da segunda etapa da Campanha. Durante a programação o Secretário de Saúde, José Antônio Rocha, entregará equipamentos (canoas, rabetas e coletes) para os agentes comunitários de saúde para a melhoria das condições de seus trabalhos na região.

MOTINHAS
_________________________________________________________
Hoje é sexta-feira 13, todo cuidado é pouco. Não passe embaixo de escadas e fuga de gato preto.È melhor prevenir do que remediar, diz o velho ditado. ☻☻☻Ic0araci, distrito de Belém, cerca de 300 mil pessoas sofrem com a falta d’água. Tomara que meu amigo jornalista Aldemyr Feio, filho ilustre da Vila Sorriso, com o prestígio que tem, tenha resolvido o problem . Feio é jornalista e sócio-fundador das Academias Paraense de Jornalismo e das Letras Interioranas, surgida por sinal em Icoaraci. ☻☻☻ O Ibama iniciou a Operação Tabuleiro do Embaubal, para proteger o período de desova das tartarugas (Podocnemis expansa), que acontece de agosto a janeiro, nos bancos de areia ribeirinhos localizados entre os municípios de Vitória do Xingu e Senador José Porfírio, no oeste do Pará. ☻☻☻ Acompanhada do vice-prefeito, José Antônio Rocha e dos secretários municipais, Inácio Corrêa (Governo), Emmanuel Silva (Planejamento) e Lucineide Pinheiro (Educação), a prefeita de Santarém, Maria do Carmo, inaugurou no último sábado (07/08), obras na comunidade de São Ciríaco, na região do Urucurituba. ☻☻☻ Dentre elas o Posto de Saúde que atenderá a pelo menos 8 comunidades. Nossa unidade está devidamente equipada e a partir de agora, não será necessário que um morador desta região se dirija à zona urbana de Santarém para procurar por atendimentos básicos de saúde. Temos medicamentos e profissionais capacitados para atender as demandas, afirmou o secretário José Antônio Rocha. ☻☻☻ O melhor Açaí da cidade é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal com Clementino de Assis, fone 3522 7201, feito dentro do mais alto padrão de qualidade e higiene. ☻☻☻ Dirceu o maior distribuidor de bebidas da região. São Sebastião próximo a Barjonas. Fone 9122 5965. ☻☻☻ Auto Elétrica Rocha do amigo Julio. Equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados. Avenida São Sebastião próximo a Barjonas. Fones (93) 3523 4059 / 9121 4727. ☻☻☻ Lanchonete Céu e Mar no Parque da Cidade. A sensação do momento. Sanduíches e Sucos Naturais – Pastéis, Unhas, Bolos e Sorvetes - Água de Coco - Refrigerantes – Comidas Típicas: Tacacá, Maniçoba, Pato no Tucupi, Vatapá, dentre outras. Aberta de 17H00 às 23H00. ☻☻☻ Restaurante Céu e Mar do casal Carlos e Dira. Pratos Regionais e La Carte. Fornece Marmitex para empresas. Aceita Cartão Visa. Avenida Rui Barbosa 379, próximo Praça São Sebastião. Fones (93) 3522 4372 / 8118 4449 / 8804 8030. Preços populares ☻☻☻ GÓI$ FINANCEIRA - Representante dos Bancos Bonsucesso, BMG e PanAmericano. Empréstimos sem burocracia para aposentados do INSS até 130 anos. Telefones do dinheiro (93) 3063-4228 // 9127-0167. Travessa Dos Mártires 26 Ed. Tapajós Sala 105 – Centro (Esquina com Lameira Bittencourt). ☻☻☻ DAS Estruturas Metálicas. Travessa Violeta 1128 – Jardim Santarém. Demétrio (93) 9129 0102. ☻☻☻ www.quarto-poder.blogspot.com um dos Blogs mais acessados em nossa região. Conteúdo jornalístico de excelente qualidade. Parabéns jornalista Marcos Santos. ☻☻☻ Pai D’égua, mais um final de semana. Como ninguém é de ferro vamos de Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente. Fui.

8/12/2010

DORIVAL CARDOSO é homenageado


Dorival Cardoso Filho é um camarada muito bacana.
Em todos os sentidos, diga-se de passagem. Marido exemplar de Lindalva e pai amantíssimo de Dorival Cardoso Neto e da Marcela. Além disso, é funcionário de carreira da Prefeitura Municipal de Belém, onde atua a quase 30 anos, - servindo no Departamento de Recursos Humanos – onde conquistou a amizade e a sua simpatia de todos, chefes e colegas.
Pois bem: Dorival aniversariou ontem e a turma não deixou por menos – fez uma bonita festinha para ele. Logo após o ritual do sopro das velas, o funcionário Arlinton Amaral leu um texto bem humorado preparado pelos colegas, cujas cópias foram distribuídas a todos!
Ei-lo:

Dorival Cardoso,

Hoje é o seu dia. Nada de querer arrumar desculpas... sabemos que você esta mesmo fora de forma, com essa barriguinha horrível, com esse seu cabelo branco anunciando sua velhice prococe, com essas pernas cheias de varizes, pano branco, micoses... é... sabemos que você é mesmo desajeitado e não importamos com isso.
Mas hoje é dia de festa, de alegria, de cantar... festejar o seu aniversário.
Como somos todos seus amigos e não observamos os defeitos de ninguém, gostaríamos muito de parabenizar você pelo seu aniversário.
Mas, claro, antes vamos pedir desculpas por essa gozação toda que fizemos no começo... e se lhe conhecemos bem, somos capazes de apanhar de você, apesar de ser tudo verdade.
É brincadeira. E você com a sua doçura e bondade incomparável, já sacou.
Parabéns!!!

Seus amigos da ADIC

8/10/2010


SAÚDE

Iniciou na segunda-feira/02 e encerra nessa sexta-feira/06 de agosto, a programação da “XVI Semana Mundial do Aleitamento Materno em Santarém”. A Campanha visa avançar ainda mais, na divulgação das vantagens da amamentação. Este ano terá como tema: “10 passos para ser amigo da criança – POR UM MUNDO AMIGO DA CRIANÇA”. O tema ressalta a importância da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) que consiste na mobilização de funcionários de hospitais e maternidades para mudanças em rotinas e condutas para a prevenção do desmame precoce, fator prioritário para a redução da morbi-mortalidade Infantil.

SAÚDE II

A Campanha está sendo realizada pela Prefeitura Municipal de Santarém, através da Secretaria Municipal de Saúde - SEMSA, coordenada pelo Banco de Leite Humano do Hospital Municipal. O encerramento será logo mais com uma programação em frente ao Centro Cultural João Fona. Na oportunidade o Secretário José Antonio Rocha estará entregando uma ambulância personalizada do Projeto Cegonha, que consiste em prestar atendimento pré-hospitalar para as mães que forem dar a luz a seus filhos, nas maternidades conveniadas ao SUS, que vai transportar as mães até a maternidade e depois do parto, conduzi-las as suas residências.

SACANAGEM

A dor de cabeça de abastecer com combustível “batizado” ou com poluentes é um problema sério que lesa muitos proprietários de veículos no Pará. Muitos mesmo. É que o Pará possui um dos maiores índices de amostras de gasolina, etanol e diesel não-conformes com as normais estabelecidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). No interior do Pará, o município que mais se destaca é Santarém: ele está no topo do ranking regional com 30% de amostras de gasolina fora do padrão. De acordo com a pesquisa das 30 coletas, nove amostras apresentaram alguma irregularidade. Logo, Santarém está com o combustível mais adulterado do Estado (e do Brasil). Na cidade, o diesel mostrou nível de 7,7% de não – conformidade. O etanol, porém, não registrou adulterações. Desta forma, os números puxaram para cima a posição do Pará, no apanhado do último trimestre em relação aos demais Estados. (Diário do Pará).

TRANSPLANTES
O Brasil realizou 2.367 transplantes de órgãos no primeiro semestre. Recorde, o número é 16,4% maior que o registrado no mesmo período em 2009. O Ministério da Saúde atribui o avanço à melhor capacitação dos profissionais. Mesmo com a alta, os procedimentos seguem concentrados: São Paulo tem 52% de todas as ocorrências e Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, juntos, têm 20%. As informações são do jornal Estado de São Paulo. Amazonas, Goiás e Rondônia não tiveram nenhum órgão transplantado. O aumento do número de transplantes ocorreu em praticamente todos os órgãos. O procedimento mais realizado foi o de rim, com mais da metade dos casos: 1.486 brasileiros recebem esse órgão nesses seis meses. O número cresceu 21% se comparado ao ano passado. Em seguida, o fígado teve 663 ocorrências, com aumento de 36%. O coração teve um caso a menos na comparação com 2009, somando 99 procedimentos. (Terra)
CENSO

No Pará, a estimativa é de que a coleta dure cerca de três meses. Serão 6.100 recenseadores para entrevistar 7,5 milhões de paraenses. Segundo o coordenador do IBGE no Estado, Antônio José Biffi, todos os moradores serão entrevistados. “Seja por terra ou ar, chegaremos a todas as localidades, independente da dificuldade de acesso”, garante. Habitantes dos 5.565 municípios do país terão ainda a opção de prestar as informações por meio da Internet. Para isso, eles primeiramente deverão receber a visita de um recenseador, informar a ele seu telefone e dele receber um envelope lacrado, que conterá códigos de acesso para acessar um portal e o questionário do Censo. Se após cinco dias o cidadão não enviar as informações, a equipe de atendimento telefônico do IBGE entrará em contato, solicitando seu envio.

CENSO II
O site para respostas pela Internet é seguro e as informações também serão criptografadas antes de serem transmitidas até o IBGE. A opção dada à sociedade pretende agilizar o processo e facilitar o trabalho dos recenseadores, que muitas vezes não encontravam as pessoas em casa, e dos próprios cidadãos, que não tinham tempo de receber a visita dos trabalhadores. Um recenseador pode aparecer na casa da pessoa inclusive à noite ou no final de semana. “Cada recenseador tem autonomia para escolher seu horário de trabalho”, afirma Biffi. Contudo, a segurança não deve ser esquecida. “Todos os funcionários deverão estar com um crachá de identificação e um colete, no qual consta um número de telefone para o qual as pessoas podem ligar caso queiram confirmar a identidade do visitante”, explica.

BUMBUM
A preferência nacional, o bumbum, está em fase de crescimento, assim como o quadril, as coxas e as pernas das mulheres, segundo a fabricante de lingerie Duloren. Por meio de pesquisas com clientes, a marca notou que as suas calcinhas precisavam ganhar modelagem maior para acompanhar essas mudanças nas brasileiras. As novidades devem chegar ao mercado no próximo ano. As peças aumentam em circunferência, não em altura. Com isso, cada tamanho ganha cerca de quatro centímetros dentro da escala. O P se torna praticamente o M atual e assim por diante. Os sutiãs da Duloren, por sua vez, continuam iguais, porque as consumidoras parecem ter atingido um volume considerado "ideal", em média G ou entre os números 46/48. A grife, que atualizava a cada dez anos o tamanho da lingerie, decidiu fazer a troca em cinco anos porque o corpo feminino está mudando mais rápido. (Patrícia Zwipp)
MOTINHAS
_______________________________________________________________________

Do leitor que se assina Oculista, sobre o post no Blog do Jeso. Político cassado vira assessor da governadora: Esse é o Pará administrado pelo PT. Onde nas entrâncias da administração pública direta cabe sempre mais um companheiro “ficha-suja”. Precisamos mudar este quadro avassalador de políticos corruptos e safados no Pará. O leitor refere-se ao prefeito de Itaituba Silvio Macedo, admitido semana passada como assessor da governadora Ana Júlia. ●●● Os pilotos, co-pilotos e funcionários da tripulação técnica da empresa aérea Gol convocaram paralisação de 24 horas para a próxima sexta-feira/13 de agosto. Eles protestam contra a nova escala de trabalho implantada pela empresa no início de julho. A convocação para a greve está sendo feita através de um blog criado pelos próprios funcionários. Por se tratar de sexta /13, é melhor não viajar. ●●● Nos 30 dias de Operação Férias Escolares 2010, período de 3 de julho a 1º de agosto, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou a ocorrência de 396 acidentes de trânsito nas rodovias federais no Pará, desse total, 125 com vítimas, que resultaram em 218 pessoas feridas e 28 mortas. Todo ano é a mesma estatística, pessoas irresponsáveis no transito. A impunidade colabora, fato lamentável. ●●● A 33ª Feira Agropecuária do Baixo Amazonas iniciou na terça-feira 3) e encerra neste domingo/8 no Parque de Exposições Alacid Nunes, em Santarém, com grandes atrações, além dos políticos candidatos da região. Realização Sindicato Rural de Santarém. ●●● Concluído o roteiro do filme TAPAZONAS, que o jornalista Udirley Andrade pretende colocar em execução nos próximos dias. A produção vai usar como tema principal o fenômeno das Terras Caídas, bastante comum na região Amazônica. As gravações iniciam na segunda quinzena deste mês e devem ser concluídas em setembro. ●●● O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou uma lei que regulamenta o exercício da profissão de Instrutor de Trânsito. A lei, publicada na terça-feira/3 no Diário Oficial, obriga os instrutores das auto-escolas a ministrar cursos de especialização e similares definidos em resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e estabelece requisitos para o exercício da atividade. ●●● Minha solidariedade ao amigo Ademar Costa, sub-gerente do BANPARÁ em Santarém pelos momentos de terror que passou juntamente com a família, ameaçado por bandidos que assaltaram a agência na última terça-feira/3. ●●● Presidente da AABB, meu amigo Gêda que desenvolve um excelente trabalho, disponibilizou cerca de 100 títulos para os simpatizantes da agremiação. Atualmente o melhor local para curtir com a família e amigos. ●●● O melhor Açaí da cidade é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal com Clementino de Assis, fone 3522-7201, feito dentro do mais alto padrão de qualidade e higiene. ●●● Dirceu o maior distribuidor de bebidas da região. São Sebastião próximo a Barjonas. Fone 9122-5965. ●●● Auto Elétrica Rocha do amigo Julio. Equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados. Avenida São Sebastião próximo a Barjonas. Fones (93) 3523-4059 / 9121-4727. ●●● Lanchonete Céu e Mar no Parque da Cidade. A sensação do momento. Sanduíches e Sucos Naturais – Pastéis, Unhas, Bolos e Sorvetes - Água de Coco - Refrigerantes – Comidas Típicas: Tacacá, Maniçoba, Pato no Tucupi, Vatapá, dentre outras. Aberta de 17H00 às 23H00. ●●● Restaurante Céu e Mar do casal Carlos e Dira. Pratos Regionais e La Carte. Fornece Marmitex para empresas. Aceita Cartão Visa. Avenida Rui Barbosa 379, próximo Praça São Sebastião. Fones (93) 3522-4372 / 8118 -4449 / 8804-8030. Preços populares ●●● GÓI$ FINANCEIRA - Representante dos Bancos Bonsucesso, BMG e PanAmericano. Empréstimos sem burocracia para aposentados do INSS até 130 anos. Telefones do dinheiro (93) 3063-4228 // 9127-0167, Travessa Dos Mártires 26 Ed. Tapajós Sala 105 – Centro (Esquina com Lameira Bittencourt). ●●● Atriz Global Camila Pitanga que iniciou as gravações de um longa metragem com cenário totalmente Amazônico está hospedada com toda equipe de produção no Sandis Hotel, do casal Emílio e Isolda. ●●● Em homenagem a Pitanguinha vamos de Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente na cidade cenográfica. Fui.

8/09/2010

Walter, que falta você faz


WALTER DA LIBERDADE era Bandeira, da Igualdade, da Fraternidade.

Não, não é a Bandeira da França embora seu Francês fosse tão casto, e tão vasto. Cantor, Locutor, Professor, Ator, amigo. Walter tinha tantos talentos, que foi fazer tudo isso no Céu.
Quem conviveu com Walter, pode desfrutar de sua clarividência. De sua ternura, de sua doçura. Amigo verdadeiro, leal, simples, honesto, crente de suas verdades, e que verdades...
Bandeira, sua haste permanecerá bem alta no coração de seus amigos.
Somos privilegiados por ter podido permanecer ao seu lado por tantos anos de trabalho e sempre com o mesmo humor, sem nunca perder a graça, e, sem nunca perder a elegância.
Sua voz ecoava como o Uirapuru, e nos calava para lhe ouvir.
Tive imensa sorte de ser sua aluna na Escola de Teatro da UFPA, aluna de rádio, amiga de rádio e amiga de você.
Queria passar o dia todo te escrevendo, te descrevendo, mais quem te conheceu, sabe e sente o que estou falando e minha voz embarga.
Por tantos anos dividindo o mesmo trabalho, quero que ouças.

MEU SILÊNCIO
Composição: Luis Fernando Gonçalves / Claudio Nucci

Velho companheiro
Que saudade de você
Onde está você?
Choro nesse canto a tua ausência
Teu silêncio
E a distância que se fez
Tão grande
E levou você de vez daqui
Sabe, companheiro,
Algo em mim também morreu
Desapareceu
Junto com você
E hoje esse meu peito mutilado
Bate assim descompassado
Que saudade de você.

___________________
(*) Rosana Rodrigues


(*) Rosana é mais antiga locutora da Rádio Cultura FM.
Começou com a emissora em 11 de outubro de 1985,
ou seja há 25 anos.
Sua voz rouca – inconfundível - pode ser ouvida todas as noites
de 20 a O hora no sonzão da rádio em 93.7 Mhz

 Republicada a pedidos.

8/04/2010


CARÁTER

Um homem como poucos demonstrou dignidade e caráter. Meu pai dizia que a palavra valia mais que qualquer documento. A recusa de Muricy Ramalho ao cargo de técnico da Seleção Brasileira merece uma bela reflexão de todos. Já ouvi e li por aí que negociação para essa cargo é a mais rápida de todas: a CBF convida e o técnico aceita. Muricy quebra mais esse paradigma. Mostra que contratos não devem ser rasgados, que a palavra não perdeu inteiramente seu valor. Mostra que é possível em alguns casos que o dinheiro ou o prestígio não berrem mais alto do que tudo, que um clube com a grandeza do Fluminense pode ser o ponto mais alto da carreira de qualquer um. Sem que se precise aceitar qualquer assovio da CBF. Ser técnico da Seleção, principalmente na Copa de 2014, em casa, é algo muito legal. Mas ser técnico do Fluminense - e campeão brasileiro pelo Fluminense - também é. Parabéns, Muricy. Não quero nem saber se há algum outro motivo oculto para a sua negativa. Mas só o fato de, com intenção ou não, você ter jogado a vaidade no lixo e tornado mentiroso o exemplo dado no início do post já garante a você um lugar mais nobre na história.

SAÚDE

A Coordenação Municipal de DST/ Aids e Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde de Santarém lançou na última quarta-feira/28, o projeto CTA Descentralizado, que faz parte da Campanha Fique Sabendo 2010, tendo como objetivo principal sensibilizar e incentivar os santarenos a fazer o teste rápido de HIV/Aids, nas Unidades de Saúde, onde o projeto será implantado. Para a implantação do Projeto em Santarém, a Equipe Técnica da Coordenação Municipal, participou de uma oficina no dia 29 de junho, em Belém, onde foram repassadas informações que subsidiarão as ações do CTA Descentralizado em Santarém. Dentre as informações, foram repassados dados estatísticos sobre os diagnósticos dos casos de HIV/Aids no Pará. Inicialmente o projeto CTA’s Descentralizado será implantado nas seguintes Unidades de Saúde: Aeroporto Velho, Maicá, Santana, Santarenzinho, Mapiri, URES, Santa Clara. A ação faz parte da Programação do dia Mundial de Combate as Hepatites Virais.

PESQUISA

Até que saia um tira-teima, candidatos, militantes e eleitores comuns terão de conviver com uma dúvida: José Serra e Dilma Rousseff estão tecnicamente empatados ou a candidata do PT leva vantagem sobre o tucano? Divulgada menos de 12 horas depois do Vox Populi que mostrava Dilma oito pontos percentuais à frente de Serra (41% a 33%), uma pesquisa do Datafolha publicada na Folha de S.Paulo no último sábado diz que os dois estão empatados. Nesse levantamento, Serra tem 37% e Dilma, 36%. Você acredita ou não em pesquisas eleitoreiras? Na minha modesta opinião, quem paga sai em primeiro lugar. Tenho dito.

ALERTA

Pesquisas revelam que homens morrem mais cedo e têm hábitos de vida muito piores que as mulheres. E ainda costumam ir menos ao médico. Por que eles não levam a sério à própria saúde? A cada três pessoas que morrem no Brasil, duas são do sexo masculino e a cada cinco mortes na faixa dos 20 aos 30 anos no País, quatro são de homens, segundo o ministério da Saúde. Além disso, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o homem vive em média 7 anos a menos do que a mulher: a expectativa de vida deles, com base no último levantamento (de 2008), é de 69 anos, enquanto que elas vivem uma média de 76 anos.

ALERTA II

Para completar esse panorama nada favorável sobre os homens brasileiros, especialistas afirmam que eles, em geral, são muito mais relaxados com a própria saúde do que as mulheres. Além de não irem ao médico com regularidade, os problemas e os óbitos entre os representantes do sexo masculino estão relacionados principalmente com má alimentação e hábitos de vida pouco saudáveis. A pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2009, feita pelo ministério da Saúde por telefone com 54.367 brasileiros em todos o País, mostrou que o homem consome mais refrigerantes e gorduras, fuma e bebe mais, além de comer menos verduras e frutas do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

LEMBRANÇA

Dois anos se passaram e os familiares das cinco jovens que morreram em um acidente automobilístico na estrada de Salinópolis (PA-124), no verão de 2008, não tiveram qualquer informação sobre o suposto veículo que teria provocado o choque entre o Vectra e um Eco Sport, tirando suas vidas de forma violenta e precoce. Roberta Freitas, Hanna Freitas, Maysa Neves, Dinorah Mendonça e Thereza Nunes, estavam no Vectra que se chocou com um Eco Sport, sendo incendiado em seguida. Os corpos das jovens foram carbonizados. Três, das quatro ocupantes do Eco Sport também morreram. A única sobrevivente foi Daniele Campos, 31 anos. O acidente gerou uma grande comoção em virtude das vítimas serem muito jovens, com idades entre 19 e 27 anos.

MOTINHAS
_______________________________________________________
A Prefeitura Municipal de Óbidos torna pública para ciência dos interessados que estará realizando, às 09:30 h, do dia 09 de agosto de 2010, a abertura do edital de chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios, através de grupos formais da agricultura familiar e de empreendedores constituídos em cooperativas e associações. ●●● "Enquanto os alemães têm um polvo que sabe de tudo, os brasileiros têm uma Lula que nunca sabe de nada". Frase enviada por Nicias Ribeiro, ex-deputado federal. ●●● Os juros cobrados pelo uso do cheque especial subiram em junho, enquanto as taxas de outras modalidades de créditos caíram, segundo dados do Banco Central (BC) divulgados na última terça-feira/27. De maio para junho, a taxa do cheque especial subiu 4,8 pontos percentuais, para 165,1% ao ano. Isso é muita sacanagem seguida de roubalheira. ●●● Uma mulher de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, foi condenada a pagar R$ 12,5 mil de indenização por danos morais e materiais à amante do marido. De acordo com o Tribunal de Justiça, ela invadiu o local de trabalho da amante, no final de fevereiro de 2005, para a agredir física e moralmente. A amante levou três tapas no rosto, foi xingada com palavras de baixo calão, e perdeu o emprego por causa do escândalo. Todo cuidado é pouco, se a moda pega, a mulher deixará de ser esposa para ser amante. ●●● A partir desse domingo/01, veículos de comunicação do país vão exibir uma campanha publicitária com objetivo de informar a população sobre o Censo 2010 e a importância de responder corretamente as perguntas dos recenseadores. A campanha "Você responde, o Brasil corresponde" será exibida no mesmo dia em que começa a visita aos 58 milhões de municípios do país, que serão recenseados até outubro. A divulgação dos dados está prevista para começar em novembro e se estenderá até 2011. ●●● A Câmara analisa o Projeto de Lei 7608/10, do deputado José Chaves (PTB-PE), que determina o uso obrigatório, em motocicletas, motonetas e ciclomotores, de um dispositivo para limitar a velocidade à no máximo 60 quilômetros por hora. O objetivo, segundo o autor, é dar mais importância às vidas dos motociclistas do que à agilidade dos deslocamentos. ●●● O melhor Açaí da cidade é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal com Clementino de Assis, Fone 3522-7201, feito dentro do mais alto padrão de qualidade e higiene. ●●● Dirceu o maior distribuidor de bebidas da Região. São Sebastião próximo a Barjonas. Fone 9122-5965. ●●● Auto Elétrica Rocha do amigo Julio. Equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados. Avenida São Sebastião próximo a Barjonas. Fones (93) 3523-4059 / 9121-4727. ●●● Lanchonete Céu e Mar no Parque da Cidade. A sensação do momento. Sanduíches e Sucos Naturais – Pastéis, Unhas, Bolos e Sorvetes - Água de Coco - Refrigerantes – Comidas Típicas: Tacacá, Maniçoba, Pato no Tucupi, Vatapá, dentre outras. Aberta de 17H00 às 23H00. ●●● Restaurante Céu e Mar do casal Carlos e Dira. Pratos Regionais e La Carte. Fornece Marmitex para empresas. Aceita Cartão Visa. Avenida Rui Barbosa 379, próximo Praça São Sebastião. Fones (93) 3522-4372 / 8118-4449 / 8804-8030. Preços populares ●●● GÓI$ FINANCEIRA - Representante dos Bancos Bonsucesso, BMG e PanAmericano. Empréstimos sem burocracia para aposentados do INSS até 130 anos. Telefones do dinheiro (93) 3063-4228 // 9127-0167. Travessa Dos Mártires 26 - Ed. Tapajós -Sala 105 – Centro (Esquina com Lameira Bittencourt). ●●● Evandro Elléres é o coordenador da campanha do Vice-governador Odair Corrêa (1233), para deputado federal pelo PDT. ●●● Último final de semana do mês vamos de Loira Gelada, Ruiva Destilada e Morena Quente, até porque ninguém é de ferro. Fui.

NOTA SOCIAL

Aniversariou na quinta-feira/29 o jovem Jean Marcel Corrêa, brilhante funcionário da Ambev em Manaus (AM). Votos de parabéns com saúde, paz de espírito e felicidades. Recebeu abraços de familiares e uma legião de amigos. Jean na foto com sua mãe a comerciante santarena Conceição Lúcia Corrêa.