11/29/2008

Jornalistas e políticos discutem o turismo em Brasília


Brasília – Expressiva participação de jornalistas de turismo de vários pontos do País e da imprensa internacional, como o português Salvador Dias, além da presença de parlamentares e palestras de alto nível foram os pontos de destaque no XXV Congresso Nacional da Abrajet – Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – que se encerra neste domingo, em Brasília.
O presidente nacional da ABRAJET, jornalista Cláudio Magnavita, que comandou o evento, foi referendado mais uma vez pelos associados da entidade. A prova inconteste deste reconhecimento está na reeleição do atuante profissional de Comunicação para mais um mandato à frente da entidade que congrega jornalistas especializados em Turismo.
Durante o jantar de gala, que teve como palco o restaurante do Naoum Plaza Hotel, onde ficaram hospedadas as delegações de outros Estados, o vice-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, também recebeu homenagens por parte dos dirigentes da ABRAJET.
Na última quinta-feira, integrantes da mídia especializada em turismo participaram da abertura oficial do XXV Congresso Nacional da Abrajet promovida pela CTD (Comissão de Turismo e Desporto) e aconteceu no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, espaço tombado como Patrimônio da Humanidade.
Além de jornalistas de turismo de praticamente todas as Abrajets regionais e representantes da imprensa internacional, como o português Salvador Alves Dias; o presidente da CTD, Albano Franco (PSDB-SE); e Otávio Leite (PSDB-RJ) marcaram presença na solenidade.
A ABRAJET do Pará também foi representada no evento por profissionais da área. O presidente da ABRAJET Nacional, Cláudio Magnavita, que recentemente esteve no Pará a convite da entidade local participando das comemorações do Dia Mundial do Turismo, destacou o atual momento do turismo brasileiro e da relação da imprensa especializada em turismo com o Poder Legislativo. Para ele, é necessário criar um vínculo maior com o parlamento. "O Congresso Nacional é um exemplo de como trabalhar com turismo, tanto que o orçamento do Ministério do Turismo é multiplicado por emendas parlamentares. Isso mostra a sensibilidade e percepção dos deputados em relação à importância do turismo", lembrou.
Magnavita ressaltou que a imprensa de turismo exerce papel diferenciado, com uma agenda positiva e com o objetivo de contribuir com a atividade, com divulgação de informações sem comprometimento. Segundo ele, trata-se de um momento único na história da entidade. "Nasce hoje uma nova ABRAJET, mais forte e de braços dados com o Poder Legislativo", garante.
Trabalhos - Além das homenagens à entidade, o encontro entre os deputados e jornalistas serviu também como encontro de trabalho. Palestras e discussões sobre temas relevantes foram promovidas. Entre elas, a palestra "Comissão de Turismo e Desportos como fonte de informação para a Imprensa Especializada e os projetos de interesse turístico em tramitação no congresso", ministrada pelo secretário geral da CTD, James Lewis, que atraiu a atenção dos presentes.
A diretora da Agência Câmara, Patrícia Roedel deu uma verdadeira aula sobre o trabalho da equipe na divulgação dos acontecimentos da Casa e explicou como os jornalistas podem usar o material produzido pela agência no seu dia a dia, na apuração e busca de novas pautas. Desse modo, a mídia especializada em Turismo celebra, de forma significativa, um momento histórico: as comemorações do aniversário de 51 anos da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, ABRAJET.

___________
Nilton Guedes
Diretor de Comunicação da Abrajet.Pa

11/28/2008

José Wilson Malheiros


CHEGA DE SOLUÇÕES INSENSATAS!

Recentemente realizou-se o 22º Congresso Brasileiro de Energia, em Brasília (DF), que passou mais ou menos despercebido pela grande imprensa do país.
Mas, se não mereceu destaque no noticiário dito mais importante, um assunto gravíssimo para os interesses, para a ecologia e até mesmo para o turismo no Pará ali foi tratado, quase que às escondidas, digamos assim.
A Eletrobraz anunciou que a empresa Holding está em fase de estudos sobre a construção de cinco novas usinas hidrelétricas no rio Tapajós, aqui em nosso Estado. Os projetos poderão ser licenciados até 2010, prevendo-se uma capacidade de produção final de até de 10,68 mil megawatts.
Digamos, logo, que, na prática, mais uma vez pretendem entregar parte da Amazônia na mão de megas empresas, sejam elas nacionais ou não, dá na mesma.Disseram, ainda, que a Eletrobrás está estudando instalação de linhas de transmissão, para, segundo ele, fazer a integração de nossa região, pela via do chamado “Linhão”, ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
Segundo, ainda, essa instituição, a tal Holding já apresentou os estudos técnicos do rio Tapajós à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), onde a Eletrobrás pretende negociar com o Ibama, no sentido de que os relatórios de Estudos de Impacto Ambiental (EIA-Rima) possam ser liberados, da mesma forma como foi feito com as usinas do Complexo do rio Madeira.
Os tais estudos, como historicamente tem acontecido, quando se trata de Amazônia, tendem a maquiados e em quase sua totalidade paridos por tecnocratas em gabinetes de ar condicionado, para que nossa floresta, nossa ecologia, nosso ecossistema seja entregue nas mãos poderosas e destruidoras do grande capital. É uma lástima.As enormes hidrelétricas, que inundam e assassinam imensas áreas de florestas, emitem grandes quantidades de metano para a atmosfera e expulsam comunidades inteiras de suas áreas tradicionais.
As que são movidas a carvão mineral causam grande impacto ecológico e são grande fonte de gás carbônico. A energia nuclear também deve ser repensada, É suja, cara, perigosa e ultrapassada, segundo estudos sérios já realizados.
Nosso Brasil deve procurar novas soluções que não passem pelo caminho mais fácil e sejam mais eficientes, mais atuais e levem em conta o ser humano.A eficiência energética é uma das maneiras mais inteligentes, mais limpas, baratas e rápidas de diminuir as emissões de gases de efeito estufa. Investindo na chamada eficiência energética, podemos economizar 25% da energia que consomimos.
Já possuímos 45% de nossa matriz energética baseada em fontes renováveis, mas parece que estamos esquecemos da energia eólica (movida a vento) e solar tão abundante por aqui e tão desaproveitada, justamente porque, imagino, custa mais barato e não interessa aos grandes negócios.
Li, outro dia, que pequenas centrais hidrelétricas sem barragem e o biogás gerado nos aterros sanitários e nas estações de tratamento de esgotos são também alternativas importantes para a geração de energia no País.
Chega de soluções insensatas!
______________________

Dênis Cavalcante


Menino de Engenho
O personagem da crônica dessa sexta é um velho conhecido. É e não é. Tentarei explicar. Quando eu e meu amigo-irmão Luis Roberto Meira inauguramos o Baú, ele foi um dos primeiros clientes. Fazia tempo que não aparecia na livraria. Tímido, sisudo, circunspecto, como de costume, negaceou, fingiu garimpar as prateleiras abarrotadas à cata de alguma raridade. Deixei-o à vontade. Freqüentadores de sebos e alfarrábios são seres estranhos. Dispensam conselhos, abominam indicações, palpites. A pior coisa que pode acontecer é um vendedor farejando, seguindo nossos rastros, tentando ser gentil, perguntando o que queremos comprar. Melhor, bem melhor, enfurnar-se em meio as prateleiras bolorentas, e (quase sempre) encontrar um livro que só a nós interessa, só a nós diz respeito. Sabedor dos meandros da profissão, deixei-o a vontade (afinal de contas, antes de ser livreiro, sempre fui alfarrabista) Então...
Lá pelas tantas veio com a mesmíssima ladainha: 'por acaso o senhor não teria algum exemplar de 'Menino de Engenho' (obra prima de José Lins do Rego). Solícito, fui à procura do livro. Felizmente, encontrei um solitário exemplar carcomido pelo tempo. Açodado, folheou com avidez - e mais uma vez - fez cara de poucos amigos. Perguntou o preço, pagou sem pechinchar e mandou embrulhar.
Até então, jamais entendi sua metodologia. O que leva um sujeito adquirir sabe se lá quantos exemplares do mesmo autor, o mesmo título? Deixei de lado meus escrúpulos alfarrabistas e indaguei: 'Me perdoe à intromissão. Mas por que cargas d’água o senhor sempre compra o mesmo livro?'
- Engraçado, nenhum livreiro me perguntou isso. E olha que eu conheço todos os sebos de Belém, a maioria de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro. É uma longa história... Quando completei quinze anos, meu pai presenteou-me com um exemplar desse livro. Fiquei fulo da vida! Como todo adolescente, eu queria uma bicicleta, um gravador, uma calça boca de sino, um cordão de ouro, um anel com minhas iniciais gravadas... E o velho me vem com um mísero livro. Paciência. Meses depois, um infarto fulminante o levou. Nem de longe imaginava que a reboque da perda irreparável, minha vida mudaria radicalmente.
O livro, a dedicatória carinhosa e premonitória do velho, ficaram esquecidos numa estante qualquer lá de casa. A última vez que o vi, jazia esmagado entre dois calhamaços da Enciclopédia Barsa. A barra pesou, a grana escasseou, fomos obrigados a mudar de nossa espaçosa e confortável casa no Marco para um minúsculo e insalubre apartamento. Durante a mudança, o livro e outras tralhas se perderam. Desde então, procuro pelos sebos da vida o livro e a dedicatória do velho.
O senhor não vai acreditar. Nas últimas três décadas já adquiri trinta e oito Meninos de Engenho. Oito edições diferentes. Capas duras, brochuras, livros de bolso. Muitas continham dedicatórias reveladoras - menos a que mais me interessa - a que o velho escrevinhou quando completei quinze anos. Dito isso, se fechou em copas.
Pensei com meus botões: Sou um felizardo. Em vida, que eu me lembre, meu pai nunca escreveu nadica pra mim. Minto. Décadas atrás, antes que o traiçoeiro Alzeimher consumisse suas lembranças, minha mãezinha me deu um cartão postal amarelado pelo tempo. Do tempo em que era caixeiro-viajante. Quando ela soube que estava grávida, mandou um telegrama comunicando as boas novas Em resposta, ele enviou-lhe um significativo cartão postal. No finalzinho, uma mensagem pra mim. '... Inconcebido filho meu. Antes mesmo de te ver - te adoro!'

LURDINHA BEZERRA recomenda


Programação musical da semana da CHOPERIA ROTA

316

ATRAÇÕES MUSICAIS
3ª feira - 18h - Geraldo Sena & Banda ●● 21h - Zé Old & Banda ●● 22:30 - Dança dos Garçons e Clube dos Músicos
4ª feira - 18h - Jorge Eggs & Banda ●● 21h - Chinatown & Banda
5ª feira - 18h - Edgar Jr & Banda ●● 21h - Geraldo Sena & Banda
6ª feira - 18h - Léo Menezes & Banda 21h ●● Banda 3D - 23:45 Emerson Silva & Banda
Sábado - 18h - Paulo Vale & Banda ●● 21h - Jean Gadelha & Banda ●● 00h Zé Old & Banda
E nodia 01de dezembro, segunda-feira, véspera do Dia Nacional do Samba a Choperia entra na Rota do Samba e abre espaço para todas as segundas ter samba de raiz, a partir das seis da tarde;com Meio Dia da Imperatriz, Marquinhos PS e convidados, inclusive na oportunidade da inauguração do novo ritmo que a casa passa a adotar.
Acontecerá uma série de homenagens em comemoração do dia 02/12- DIA NACIONAL DO SAMBA .

Cia. de Teatro Mãos Livre apresenta
o estetáculo “PALHAÇOS SURDOS

O espetáculo “Palhaços Surdos” é inspirado no humor, na magia e felicidade da vida e da cultura de todos nós. O ator Cleber Couto é o criador, com a contribuição de todo o grupo, das nove esquetes que fazem parte do espetáculo.
Nessa montagem a diretora Lourdes Guedes, conhecedora da cultura de surdos e ouvintes integrou elementos simbólicos do cotidiano e fantasia. Apresenta do mais inocente ao mais crítico humor circense. Desde o ruído da comunicação entre um casal, aos “malas” da vida, até os enganadores e políticos, com toda a pureza do sorriso frouxo de uma criança à critica ligeira, livre e inteligente das ruas para que todos possam dar boas GARGALHADAS NO SILÊNCIO com a leveza e a doçura dos Palhaços Surdos.
É um espetáculo para todas as idades.
A Cia de teatro Mãos Livres é formada por atores surdos Cleber Couto, Gloria Ferreira, Luan Santos, Antônio Marcos (ouvinte) e tem a direção e produção da intérpretes da língua Brasileira de Sinais – LIBRAS Lourdes Maria
Agenda do grupo:
Dia 30/11/08 – Município de Santa Izabel Local: Clube Thalia Hora: 18h30min
Dia 06/12/08 – Mosqueiro Local: Paróquia de nossa Senhora da Conceição Hora: 19h
Dia 14/12/08
Local: Estação das Docas (Projeto Teatro ao Por do Sol Hora:17h30min
●●●

Clube do Samba festeja o
Dia Nacional do Samba


E não esqueçam neste sábado, a partir do meio dia no sonzão da nossa Rádio Cultura FM, Clube do Samba com um monte de atrações.Uma festa especial pata comemorar antecipadmente o Dia Nacional do Samba. Curta o nosso recado, participe e alegre a sua vida, com o Samba de Raiz, genuinamente paraense.
Produção: Nossa
Comando: Janjão
●●●
Inté pra semana

11/27/2008

PANTERA
A delegação do São Raimundo, que disputa a primeira fase do campeonato paraense de profissionais em Belém, ganhou hospedagem nas confortáveis instalações do Sesc, unidade da Doca Sousa Franco. O pedido foi feito pelo Deputado Estadual Ítalo Mácola (PSDB) e atendido pelo presidente do Sesc, Carlos Marx Tonini. A delegação santarena, com direito a café da manhã, está no Sesc desde o dia 16. A informação é do meu amigo jornalista esportivo Sérgio Noronha. REGISTRO CIVILA ação de cidadania promovida pelo Governo do Pará garantiu o acesso a direitos civis a 12 etnias indígenas que vivem no município de Oriximiná, no Oeste do Pará, na Terra Indígena Trombetas-Mapuera. Para oferecer aos indígenas o direito de existir como cidadãos, a equipe de governo enfrentou duas horas de vôo até a cidade de Santarém e mais 27 horas de viagem de barco pelo rio Trombetas. A Caravana da Cidadania efetuou 102 registros de adultos e 120 retificações de certidões de nascimento de indígenas. O Pará tem uma população de 50 mil índios, pertencentes a 55 povos e distribuídos em mais de 500 aldeias. No planejamento do Executivo para 2009, visando o combate ao sub-registro, estão programadas ações de documentação do povo Guajajara, da aldeia Guajanaíra, município de Itupiranga, e 13 povos distribuídos em 38 comunidades do Cita - Conselho Indigenista Tapajós Arapiuns.

CONCURSO
A Polícia Militar do Estado torna pública a realização de concurso público de admissão ao Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Estado. O concurso será regido por edital e executado pelo Instituto MOVENS. O curso de formação será realizado nos municípios de Abaetetuba, Altamira, Barcarena, Belém, Breves, Castanhal, Conceição do Araguaia, Itaituba, Marabá, Oriximiná, Paragominas, Parauapebas, Redenção, Salinópolis, Santarém, Soure, Tailândia e Tucuruí. As inscrições estão sendo efetuadas de 26 de novembro a 14 de dezembro de 2008 no endereço www.movens.org.br. A taxa de inscrição é de R$-65,00 (sessenta e cinco reais).

VIOLÊNCIA
A segunda maior operação policial realizada neste semestre em Santarém, no oeste do Pará, se estenderá por 15 dias. A operação reúne efetivo da Superintendência Regional do Baixo e Médio-Amazonas, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado de Santarém, da 16ª Seccional Urbana de Santarém, da Delegacia de Atendimento à Mulher, e de policiais civis do município de Belterra, além de policiais militares do Comando de Policiamento Regional I, do 3º Batalhão da PM, da 16ª Zona de Policiamento e do Pelotão de Trânsito. Já houve fiscalização na área comercial da cidade, com abordagem de veículos, motocicletas e pedestres, em busca de foragidos de Justiça de outros Estados e de municípios vizinhos. Os policiais fizeram ainda verificação em hotéis e pousadas, além de abordagem nas áreas de acesso de pessoas, na orla fluvial. Parabéns pela iniciativa.

CELPA
Duzentos e quarenta e cinco adolescentes de 14 a 17 anos de idade participaram da primeira etapa da seletiva em Santarém, do projeto Novos Talentos do Rede Atletismo, um programa da Fundação Aquarela - instituição mantida pela Rede Energia, grupo do qual a Celpa faz parte. A cidade de Santarém foi a primeira a receber o programa, nos dias 19 e 20 deste mês, no Ginásio do Serviço Social da Indústria (SESI), com apoio da 5ª Unidade Regional de Ensino (5ª URE), participação de professores de educação física, da Federação Paraense de Atletismo e do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar da cidade .Mais cinco cidades do Pará vão receber o Projeto, nos próximos dias.
MULHER

Mais de 14 mil agentes comunitários de saúde dos 143 municípios do Estado vão atuar, através de ações da SESPA, no combate à violência doméstica contra a mulher. Uma equipe multidisciplinar que inclui médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e outros profissionais vão desenvolver ações para combater o problema. As ações serão concentradas em hospitais porque muitas vezes a mulher vítima de violência não procura as delegacias, mas passa pelos centros de atendimento de saúde. A intenção é identificar e ajudar essas mulheres.
SORRISO

Uma equipe de profissionais de diversas especialidades realizou, na última terça-feira/25, a triagem dos pacientes que serão atendidos na Operação Sorriso Brasil 2008. A seleção aconteceu no Centro de Referência de Saúde da Criança. As cirurgias estão sendo realizadas de 27 a 30 de novembro no Hospital e Maternidade Sagrada Família.

MOTINHAS
_____________________________________________
Fiscais do Ibama em Santarém, no Oeste do Pará, apreenderam cerca de nove toneladas de peixes das espécies Mapará e Curimatã, que estão com a pesca proibida pelo período de defeso da piracema. O defeso começou dia 15 de novembro e vai até 15 de março nos rios da bacia amazônica no Pará. A ação foi divulgada na última terça-feira (25). ●●● Como o IBAMA em Santarém é campeão em mutretas, resta ao chefe de fiscalização Marcus Bistene, divulgar com transparência onde foram parar as nove toneladas do pescado. Até agora ninguém sabe, ninguém viu. Em casa não está. ●●● Secretário Municipal de Saúde de Santarém, Emannuel Silva, prestigiou a abertura da Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, na Câmara Municipal, na última terça-feira (25). ●●● Jornalista Amarildo Sena vem realizando excelente trabalho na coordenadoria de Marketing da festa de Nossa Senhora da Conceição. ●●● Coronel Campos está comandando com competência e seriedade o Policiamento Regional da Polícia Militar. ●●● Coloquei o papo em dia, com meu amigo Tio, nas dependências da Câmara Municipal. ●●● A imprensa regional está destacando as ações do vice-governador Odair Corrêa. As notícias estão sendo divulgadas nos 25 municípios que compõem a região Oeste do Pará. ●●● Participe da Campanha da Coleta da CNBB. Procure a paróquia da sua comunidade. ●●● O Ministério Público Federal no Pará denunciou à Justiça três ex-prefeitos por participação no esquema de desvio de verbas da saúde conhecido por máfia dos sanguessugas. ●●● Os prefeitos da gestão 2000 a 2004 em Anapu, João Scarparo, Novo Repartimento, Valmira Alves da Silva, e Pacajá, Pedro Theodoro de Rezende, foram acusados de desvio de recursos federais e podem ser condenados a até 12 anos de prisão, além da proibição de exercer cargos públicos e da obrigação de reparar os danos causados. Você já viu algum prefeito atrás das grades? Sem comentários. ●●● O juiz da 2ª vara da Fazenda de Belém, Marco Antônio Castelo Branco, negou a liminar pedida em ação civil pública, em que a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), República de Emaús e Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) pediam que os jornais do Estado fossem impedidos de divulgar imagens de pessoas vítimas de acidentes ou mortes brutais. ●●● Segundo o magistrado, 'não é crível que a divulgação de tais fotos, embora chocantes, sejam a razão da estimulação à violência. É o caso de se perguntar se a mão forte do Estado ao impedir a divulgação inibiria a violência. A resposta não exige grande raciocínio no sentido de ser negativo'. ●●● Está comprovado, o melhor Açaí da cidade é do casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal. ●●● Dedé o Rei do Frango, picanha, costela e lingüiça continua com atendimento nota 10. Silva Jardim entre Borges Leal e Marechal Rondon. Fone 3523-7363. ●●● Bar do Nilo. Ambiente agradável e descontraído com bilhar, jogos dos campeonatos brasileiro, italiano e espanhol, via SKY, além do tira-gosto e a loira véu de noiva. Barjona próximo a Rui Barbosa. ●●● Louro Urso, Alessandro e Damasceno. Recordistas na venda de peixe no tablado. Qualidade e bom preço são os segredos. ●●● Vice-governador Odair Corrêa, após acompanhar o Círio da Conceição, almoçou na chácara do amigo Paulo Roberto (Farmácia Big Bem), na vila de São Brás. ●●● O salão Bella Bia, brevemente estará com novo visual e com mais conforto para sua clientela. ●●● Último final de semana no mês. Vem aí Dezembro, do Natal e das festas de final de ano. Que ele traga paz de espírito e saúde para todos. Ia me esquecendo da Loira Gelada, Ruiva Destilada e da Morena Quente. Fui com elas.

11/22/2008


ICOARACI REALIZA O 56º CÍRIO DAS GRAÇAS

O povo católico de Icoaraci realiza neste domingo pela 56ª vez, o Círio de Nossa Senhora das Graças. De acordo com o padre Pe. Raimundo Possidônio Carrera da Mata, titular da Paróquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, a devoção a Nossa Senhora das Graças em Belém ganhou projeção a partir de 1949, quando um fato extraordinário aconteceu: um quadro com a imagem de Nossa Senhora verteu lágrimas na casa de uma humilde senhora chamada Zenóbia Castro, situada à Av. Conselheiro Furtado, entre 9 de Janeiro e 3 Maio.
Este episódio sacudiu o povo de Belém, pois se repetiu várias vezes atraindo um grande número de fiéis que, em caravanas, chegavam de várias partes do interior do Estado. Segundo testemunhas, até milagres aconteceram.
Em Icoaraci, então chamada Vila do Pinheiro, com uma população estimada em 10 mil habitantes, a comunidade católica apesar de ter como padroeiro São João Batista, reverenciava também dois outros santos: São Raimundo Nonato e São Benedito a tal ponto de lhes dedicar uma festividade com arraial em frente à matriz, procissões, etc. que durava cerca de 15 dias, do final do mês de agosto à primeira semana de setembro.
O ponto forte do arraial eram os leilões de objetos doados pela comunidade destinados a angariar fundos para o trabalho evangelizador e social da Paróquia.
Havia também as barraquinhas de comidas e bebidas, jogos, brincadeiras como roda gigante, barquinhos puxados à corda, pescaria, mão na cumbuca e bandas de música para alegrar os devotos, o que atraía muita gente, sobretudo nos fins de semana.
O episódio do “choro da imagem” mudou a face da devoção em Icoaraci.Muitas romarias passaram a ser organizadas desde o Pinheiro para a residência de D. Zenóbia, lideradas por devotos como José Maria Cunha (Braga), Bento Castro, Orlando Cunha, José Sobral e outras tantas pessoas que iam de trem até São Brás e de lá a pé, até o local do “milagre”. Ali presenciavam curas e outros fatos extraordinários operados, segundo os devotos, pela Santa.
A devoção em torno de N. S. das Graças cresceu tanto que no local foi construída uma capela, até hoje ali existente.A partir daí surgiu a idéia de trazer a devoção para a Vila.
Nesse tempo a paróquia era dirigida pelos Missionários da Sagrada Família. O pároco era o padre José Edmundo Endres e o Vigário padre Jacob Schiller. Ouvindo os apelos da comunidade, programaram para o ano de 1952 uma grande procissão que passaria a denominar-se CÍRIO, bem ao estilo do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.
O primeiro Círio foi realizado no 2º domingo de novembro de 1952, ocasião em que foi construída na lateral direita da Matriz uma capela especial com um nicho para colocar a imagem de Nossa Senhora das Graças.
A procissão foi acompanhada por um grupo expressivo de pessoas que participaram com fé e devoção. Esse acontecimento se deu na gestão de José do Couto Rodrigues (“Zé Papudo”) que juntamente com os diretores Edilberto Santos Dumont e Leandro Plácido Ferreira organizaram a procissão sob a coordenação geral do Pároco. Foi Leandro que compôs a letra do Hino de Nossa Senhora das Graças.
A primeira berlinda da Santa foi doada pela direção da Santa Casa de Misericórdia do Pará. Na verdade foram dois carros fúnebres que, depois de desinfetados foram adaptados para colocar sobre ele o nicho-berlinda. O outro serviu para o Carro dos Anjos. O carro da berlinda foi usado até o ano de 1989, quando foi substituído por um maior doado por José da Silva Barros.
A festividade de Nossa Senhora das Graças conviveu com a de São Benedito e São Raimundo Nonato durante vários anos. Porém, o crescimento da devoção e da festividade de Nossa Senhora, que também durava 15 dias, aos poucos foi esvaziando a dos dois santos até ser encerrada nos meados da década de 1960. Dos dois santos apenas as suas imagens na Igreja Matriz guardam a lembrança de sua festa e devoção.
Ao substituir os padres da Sagrada Família, monsenhor José Maria Azevedo, sacerdote diocesano e paraense, desde 1959, incrementou ainda mais a festa, colocando à frente dela pessoas de sua estima e amizade que se dedicavam totalmente à sua organização. Esses abnegados ficaram organizando a festa até 1977.
Ao assumir a Paróquia em 1977 o padre Jaime Sidônio procurou imprimir-lhe um cunho mais pastoral e evangelizador, dando início aos terços da alvorada (às 05h30m da manhã), motivando também para uma preparação mais intensa do Círio.
Em 1989 foi criada a Guarda de Nossa Senhora das Graças com o objetivo de ajudar e apoiar a organização da romaria do Círio juntamente com a diretoria da festa.
Em 1990 a chamada Barraca da Santa que funcionava ao lado da Matriz passa a para o Salão Paroquial; em 1983 a procissão contou com a presença de D. Vicente Zico, Arcebispo de Belém, e de D. Zenóbia Castro, proprietária do quadro milagroso.
Em 1994, foram introduzidas as peregrinações nas capelas e residências de Icoaraci e ilhas adjacentes.
Em 1995, a imagem da Santa que saía da Capela do Colégio de Lourdes no dia da Trasladação para a capela de São Sebastião, passa ser levada na antevéspera do Círio para a Matriz da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Agulha, em carreata. De lá, após celebração da Santa Missa, sai a Trasladação para a Capela de São Sebastião, no Cruzeiro.
Em 2002, foi celebrado o 50º Círio.
Alguns eventos marcaram esta data. A denominação da Paróquia, por força da grande devoção a Nossa Senhora passa a ser Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, por uma concessão de D. Vicente Zico. Também foram iniciadas as novenas de Nossa Senhora. No dia 27 de cada mês, a começar de fevereiro se celebra a Novena de Nossa Senhora.
Até 2005 as novenas eram celebradas na Matriz, passando em 2006 a ser celebradas nas comunidades. Também foram iniciadas em 2003 as peregrinações da imagem nas escolas e empresas de Icoaraci, o que tem proporcionado um incremento na devoção. As escolas encerram as celebrações na sexta-feira antes do Círio com uma expressiva participação.
Todos os anos, desde 1977, se reflete sobre um tema durante as celebrações em torno da festa. A partir de 2003 serviram de base para essas reflexões o Catecismo da Igreja Católica. No ano de 2007, o tema relacionou Maria com a juventude. E neste 2008, o tema é “Maria, eis teus filhos que clamam por vida e paz”, que será abordado com mais profundidade na Mensagem dos Párocos, na parte especial sobre o círio deste ano.
Todas essas mudanças só serviram para melhorar o aspecto do Círio em todos os sentidos e a melhorar a fé de nosso povo. Percebe-se isso através do aumento da participação das pessoas nos eventos relacionados à festividade: Semana Mariana, peregrinações, trasladação, Círio, quinzenário e homenagens.
●●●●●●

Mensagens dos Sacerdotes

MARIA, EIS OS TEUS FILHOS E FILHAS QUE CLAMAM PELA VIDA E PELA PAZ.

Mulher, eis o teu filho. Filho, eis tua mãe (Jo 19,26-27)
O Círio e festividade de Nossa Senhora das Graças deste ano de 2008 nos vem fazer um grande apelo e propor um grande desafio: como Maria, acolher o dom de Deus que é Jesus, a Palavra de Deus encarnada no meio de nós, e que nos confia uma grande missão.
Como Maria de Nazaré cheia de graça, somos convocados a assumir um grande trabalho de evangelização que leve as pessoas a descobrir o valor da vida humana em todas as suas dimensões e respeitar essa vida como um grande presente de Deus a cada um de nós.
Vemos com muita tristeza em nossa realidade de hoje, que esse dom está sendo maltratado porque há muitas pessoas sofrendo por causa do desprezo ou descaso pela vida, desde o ventre materno até o ocaso ou fim da caminhada da vida: bebês sendo mortos, crianças e jovens sendo violentados em vários aspectos da sua existência (educação deficiente, oportunidade de trabalho que não existe, falta de lazer sadio, envolvimento com drogas, assaltos...), adultos e idosos sendo desprezados em sua dignidade.
Tudo isso revela uma violência muito grande, um pecado grave que clama aos céus.Nossa Senhora aos pés da cruz sentia dores profundas em seu coração por ver seu filho tão desfigurado, tão maltratado, sofrer sem culpa pelos pecados da humanidade. Mas sabia no íntimo de sua alma que aquele sofrimento era redentor e libertador de toda a sofrida realidade humana.
Ali, ela recebeu de Jesus a missão de cuidar da humanidade sofrida: Mulher, eis teu filho! ... Eis teus filhos que também sofrem muitas dores pelo desprezo à vida humana em todos os tempos...
Ao contemplar e refletir sobre essas palavras e essa missão recebida por Maria, somos mais uma vez convocados a olhar para ela em sua passagem pelo meio de seu povo no dia do Círio e durante a festividade. Somos um povo que, com “o rosto banhado em pranto ainda crê” em sua intercessão junto do Pai e do Filho pela força do Espírito Santo que reza em nós.
Com as mãos “espargindo graças Maria abençoa a grande massa que lhe rende devoção”. Sua imagem que revela doce e suave expressão no olhar atento, provoca “explosão de delírios, que acalma e conforta seus filhos em volta dela a rezar”.
São “homens, mulheres, crianças, enfermos, corpos deteriorados, apoiados em esperança e fé, acreditando na Mãe do Salvador. A cada reza, cada pedido que um filho faz é esperança e fé”.Somos como João, o jovem apóstolo, que acolheu com amor e solicitude o pedido de Jesus: Filho, eis tua mãe!
Acolhemos Maria em nosso coração e fazemos nossa hoje sua grande missão: viver, anunciar, testemunhar a mensagem de Jesus ao mundo, pedindo a ela que nos ajude e encoraje a lutar pela vida de seus filhos e filhas abandonados e desprezados para que nossa Vila Sorriso de Icoaraci seja um lugar bom de se viver em paz, lugar de oportunidades e possibilidades de se viver com dignidade pelas aspirações e sonhos realizados em todas as dimensões e tempo da nossa vida.
Maria, cheia de graça, abençoe seu povo, nossas famílias, nossos jovens e crianças, os idosos e doentes, para que juntos não somente cantemos honras e louvores ao seu nome bendito, mas tenhamos força e coragem para mudar esse mundo tão perturbado e ameaçador da vida de seus filhos.
Viva Nossa Senhora das Graças!
Pe. Raimundo Possidonio Carrera da Mata
Pároco da Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças
Pe. George Jenner Evangelista França
Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima

Obs: Os textos entre aspas foram tirados da redação de Oberdan Pinheiro da Escola Avertano Rocha

●●●●●●

CÍRIO 2008 – PROGRAMAÇÃO

Peregrinações nas Comunidades - 10.10 – Nossa Senhora das Graças; 17.10– Nossa Sra. da Conceição; 24.10 – São José; 25.10 – Nossa Sra. da Libertação; 26.10 – Nossa Sra. do Livramento; 07.11 – Sagrado Coração de Jesus; 14.11 – N. Sra. Perpétuo Socorro;16.11 – São Geraldo 16.11 – São Sebastião
Obs.: Neste período a imagem visitará a Ilha do Outeiro e adjacências.
Programação: 20 a 24.10
19h – Semana Mariana.Local: Paróquia S. João Batista e N. Sra. das Graças. 26/10Missa do Envio das imagens. Local: Paróquia S. João Batista e N. Sra. Das Graças – 18h. Local: Paróquia Nossa Senhora de Fátima – 19h.
21/11 (sexta-feira)18h – Retorno das Imagens.Grupo de Canto: Ágape.Carreata para N. Senhora de Fátima.Antes da Missa: Traslado Solene da Imagem de Nossa Senhora das Graças do Colégio Nossa Senhora de Lourdes para a Matriz, sob a responsabilidade da Diretoria, Irmãs Cordimarianas e Guardas de N. Sra.Após a Missa: Inauguração da Iluminação da Matriz. Em seguida sairá a Carreata com destino à Paróquia de N. Sra. de Fátima, onde a imagem de N. Sra. das Graças permanecerá até o dia seguinte. Carro-som: União dos Grupos
22/11 (Sábado)18h30 –TRASLADAÇÃOMissa na Matriz de Fátima.Presidente: Padre George Jenner. Grupo de Canto e Animação Litúrgica: Paróquia N. Sra. de Fátima. Após a Missa: Trasladação com destino à Capela de São Sebastião no Cruzeiro.
23/11 – Domingo CÍRIO DE N. SRA. DAS GRAÇASMISSA – 07hLocal: Capela São SebastiãoPresidente: Padre Raimundo Possidonio Carrera da Mata e convidados. Liturgia: Equipe de Liturgia do Círio. Grupo de Canto: ÁgapeApós a Missa: Sairá o Círio com destino à Matriz de S. João Batista e N. Sra. das Graças.CÍRIO – Animação: União dos Grupos ● CHEGADA – MISSA SOLENE:Presidente: D. Orani João Tempesta, Arcebispo Metropolitano de Belém. Liturgia: Pastoral Litúrgica e CEBI. Grupo de Canto: União dos Grupos MISSA – 19h30. Tema: Feliz de quem promove a paz: Jesus Cristo é a nossa paz.Liturgia: Pastoral Litúrgica e CEBICanto: União dos GruposEscola participante: Colégio N. Sra. de Lourdes e Escola Estadual N. Sra. de Fátima II.
●●●●●●
QUINZENÁRIO DA FESTIVIDADE

TERÇO DA ALVORADA - Todos os dias às 06h - 24/11 (Segunda-feira) -MISS – 19h30. Tema: Maria, somos teus filhos que desejam viver num mundo onde reina a paz.Presidente: Pe. Ederaldo da Mata.Liturgia: Comunidade São José e N. Sra. da Conceição.Canto: São José.Escola participante: E. E. Rodolfo Tourinho e E. E . Teodora Bentes.
25/11 (Terça-feira) MISSA – 19h30. Tema: A força criativa do amor supera as barreiras da exclusão.Presidente: Pe. Antonio Pádua. Liturgia: Comunidades São Geraldo e São João Batista.Canto: ÁgapeEscola participante: E. E. Serra Freire e E. E. Feliz Lusitânia.
26/11 (Quarta-feira) MISSA – 19h30. Tema: No mundo da violência e do medo somos profetas da paz e da justiça do Reino de Deus.Presidente: Mons. Marcelino Ferreira.Liturgia: Comunidades N. Sra. das Graças e P. Socorro Canto: LivramentoEscola participante: E. M. Ogilvanise de Moura e E. E. Avertano Rocha.
27/11 (Quinta-feira) MISSA – 19h30. Tema: Somos chamados a viver a esperança em tempos de insegurança.Presidente: Pe. Bruno SechiLiturgia: Acólitos Canto: Ágape
28/11 (Sexta-feira) MISSA – 19h30. Tema: A Família, espaço de proteção à vida e educação para o amor.Presidente: Pe. Gonçalo Vieira.Liturgia: Escolas de Icoaraci Canto: Exército de Deus Escola participante: E. M. Raimundo Cardoso (Liceu) e E. M. Avertano Rocha.
29/11 (Sábado) MISSA DOS ENFERMOS – 08h30Liturgia: Pastoral dos Enfermos, Ministros da Comunhão e Vicentinos.Canto: união dos grupos. MISSA – 19h30: Tema: Buscar e edificar a verdade nos meios de comunicação.Presidente: Pe. Fábio QuintalLiturgia: Pastoral da Família e E.C.C.Canto: São JoséEscola participante: E. E. Izabel dos Santos Dias e Escola Semente do Saber.
30/11 (Domingo) MISSA – 07h. Canto: Ágape. CÍRIO DAS CRIANÇAS – 08h30Liturgia: Catequese, Continhas, S.I.M. e Pastoral da CriançaCarro-som: União dos Grupos MISSA – 19:30h. Tema: Fé e política caminham juntas para dignificar a vida.Liturgia: Guardas de N. Sra. Das Graças e S. João BatistaCanto: ÁgapeEscola participante: Colégio Santa Mônica, E. M. Madalena Raad e E. Lírios do Campo.
01/12 (Segunda-feira) MISSA – 19h30: Tema: Respeitar os direitos das pessoas é construir a vida numa sociedade livre.Presidente: Pe. Luiz Carlos.Canto: Exército.Escola participante: E. E. Iolanda Peralta e Colégio Ágape.
02/12 (Terça-feira) MISSA – 19h30: Tema: A proteção à vida passa pelo relacionamento com a Mãe Terra.Presidente: Pe. Joel Oliveira.Liturgia: Comunidades N. Sra. Do Livramento e N. Sra. da LibertaçãoCanto: LivramentoEscola participante: E. E. São Pedro e E. Eurico Gaspar Dutra (SESI).
03/12 (Quarta-feira) MISSA – 19h30: Tema: Que o amor e a justiça orientem a caminhada de uma nova humanidade.Presidente: Pe. Vicente Lotte.Liturgia: Comunidades S. Coração de Jesus e São SebastiãoCanto: São JoséEscola participante: E. E. Matos Costa e E. E. Fernanda Oliveira. 04/12 (Quinta-feira) MISSA – 19h30. Tema: Palavra de Deus, fonte de reconciliação, justiça e paz.Presidente: Pe. Francisco Sadock.Liturgia: Renovação Carismática Católica – R.C.C.Canto: Exército de DeusEscola participante: E. E. João Batista e E. M. Alfredo Chaves
05/12 (Sexta-feira) MISSA – 19h30. Tema: A Missão da Igreja é promover a cultura da paz e da vida.Presidente: Pe. Irineu.Liturgia: Apostolado, Marianas, Servos e Legião.Canto: ÁgapeEscola participante: Colégio CEI e Colégio Madre Celeste.
06/12 (Sábado) MISSA – 19h30. Tema: Celebrar a reconciliação, viver em paz.Canto: Ágape
07/12 (Domingo) MISSA – 07h.Liturgia: Pastoral Litúrgica.Canto: Exército de Deus. II CAMINHADA DA JUVENTUDE: Pela paz e pela vida. – 15h Celebrante: Pe. Carlos MISSA – 19h30 – Tema: Maria, Mãe de Jesus Cristo, o Príncipe da Paz.Presidente: Pe. Carlos.Liturgia: Catequese 1ª Eucaristia e Crisma.Canto: União dos Grupos
08/12 (Seg) - RECÍRIO - MISSA – 19h30. Presidente: Pe. George Jenner Liturgia: Paróquia de FátimaCanto: Paróquia de FátimaApós a Missa: Procissão conduzindo a imagem de N. Sra. das Graças para o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, encerrando a Festividade. Carro-som: Ágape
●●●●●●
NOITÁRIOS DA BARRACA DA SANTA
23/11 (Domingo): Comunidade em Geral.24/11 (segunda-feira): Guardas de N. S. das Graças e de Fátima25/11 (Terça-feira): Lions Clube de Icoaraci26/11 (Quarta-feira):Colégio Nsa. Sra. de Lourdes27/11 (Quinta-feira): Famílias Rotarianas 28/11 (Sexta-feira):Agências bancárias e Distribuidora Cerpa de Icoaraci29/11 (Sábado):Diretoria do Círio30/11 (Domingo):Comunidade em geral 01/12 (Segunda-feira):Guarda de São João Batista02/12 (Terça-feira):Correios e Pastorais 03/12 (Quarta-feira):Melhor idade e Artesãos04/12 (Quinta-feira):Comércio em geral05/12 (Sexta-feira):Agência Distrital de Icoaraci 06/12 (Sábado):Escolas de Icoaraci
●●●●●●
Agradeço o apoio e a colaboração de Ângela Silva, responsável pelo blog: http://ciriodeicoaraci.blogspot.com, criado este ano especialmente para divulgar o Círio da nossa Vila Sorriso.
●●●●●●
O redator, colunistas, colaboradores e amigos do Jornal do Feio desejam a todos os nos honram com o seu acesso e leitura em Icoaraci,
Feliz e Abençoado Círio de Nossa Senhora das Graças

Dênis Cavalcante

O primeiro freguês
Ser dono de restaurante não é fácil. Ainda mais quando se acumula compras, administração e cozinha. Em apenas dez dias de funcionamento, perdi seis quilos. Também pudera. Dormir uma e acordar às cinco! Mas não tenho do que me queixar. Graças aos amigos e conhecidos a casa vive cheia.
Desde a mais tenra idade, a culinária me atrai. Já nem lembro quando isso começou. Creio que foi no Rio, ao ver minha mãe preparar às pressas a merendeira pro colégio (naquele tempo era assim). Na primeira vez em que estive em Belém, me encantei com os sabores daqui. As frutas, os peixes, matizes, cheiros, cores... Tudo! Vim pra ficar uma temporada e jamais retornei. Quem leu 'A Montanha Mágica' (inesquecível narrativa de Thomas Mann) entenderá o que digo. Faço um breve interregno para provocar os leitores. Pago uma prenda pra quem adivinhar o rumo da prosa, o mote da crônica.
Falava sobre comida. Pois é. Segundo meu amigo Edson Salame, já tentei ser, fazer quase tudo. Bombeiro, médico, mascate, ourives, moveleiro, livreiro, cronista (creio que ainda sou) e agora, a duras penas, consegui realizar meu maior sonho: abrir meu próprio restaurante. Na verdade, um pequenino, acanhado, porém charmoso restaurante.
Como dizia Drummond: no caminho tinha uma pedra. No meu, pedreiras. Às vésperas da inauguração, a grana escasseando, a luz pifou. Em seguida, após uma chuvarada, a água descia aos borbotões pela parede recém pintada. Não bastasse tudo isso, o marceneiro fez forfait e não entregou todas as cadeiras. Na quinta, a maior zebra: a porta de blindex espatifou-se. Ëgua da pissica! Teimoso é quem teima comigo. Substitui o vidro por uma chapa de compensado, ameacei de morte o eletricista, o engenheiro, o marceneiro e convoquei a família para o teste drive. Na medida do possível, deu tudo certo. Cozinhar não tem mistério. Ingredientes de qualidade, ambiente aconchegante... E o principal: carinho e temperos na dose certa. Enquanto a família degustava um dos pratos do elaborado menu, um casal adentrou no recinto: está funcionando?
Surpreso, gaguejei: tá...
Entraram e se aboletaram. Como não tinha contratado garçom, fiz as honras da casa. -Vão beber o que? Eu estava com a geladeira, a adega, repleta de refrigerantes, vinhos, destilados, licores... Tudo! Quase tudo.
- Queremos água.
- Água? E não é que eu tinha esquecido de comprar o H2O? Marinheiro de primeira viagem é flórida! Foi um corre-corre danado. Antes mesmo que eu tomasse uma atitude, minha dileta gerente partiu célere até a padaria da esquina e adquiriu o precioso liquido. Passado o susto, assumi a cozinha. Crostines torrados, pasta de gorgonzola, azeitonas temperadas de entrada. Saladinha verdíssima, um suculento filé à moda do chefe, arroz maluco, torta de banana da Néia, cafezinho fresquinho. Acho que eles gostaram. Como eu sei? Simples, muito simples. Os pratos retornaram sem um bago de arroz. Beleza.
Ao entregar a dolorosa me desculpei e indaguei o nome do meu primeiro freguês.
- Tava tudo ótimo! Chamo-me Gilberto Cavalcante Guimarães.
Uau! Meu primeiro cliente era homônimo do meu amado primo Gilberto Guimarães, brilhante advogado, precocemente desaparecido. Pensei com meus botões: é muita coincidência.
Do dia em que abri as portas até o dia de hoje, todas as 12 mesas estiveram repletas. Na sexta passada, aconteceu a missa de 3 meses do meu primo. Para minha surpresa, levado pelo tio Mauro, surgiu um adolescente tímido – era o Gilbertinho. Tomou uma coca-cola, traçou uns pastéis e enfurnou-se na livraria.
Tem coisa melhor?

Antônio Cavalcante


TRANSPORTE URBANO EM BELÉM NA DÉCADA DE 50


Meus Amigos muito BOM DIA!
Um pouco de nossa história:
Eu era criança quando morávamos em São Brás, um bairro bastante acolhedor e tranqüilo daquela Belém de outrora. Aos domingos pela manhã a família ia a missa na capela do Berço de Belém e após a sesta dominical, por volta das 16:00 horas reunia-se para uma volta de ônibus e após o passeio saborear os gostosos sorvetes do “Passa o Pau” estabelecimento comercial na esquina da Av. Independência hoje Magalhães Barata com a Av. José Bonifácio.
Naquela época os transportes coletivos eram de madeira, janelas de venezianas bem trabalhadas pelos carpinteiros da cidade, os bancos eram de couro se não me falha a memória. Explorados por pequenas empresas locais, como a Viação São Luiz, a Viação Olímpia, a transportes Terezinha ou Terezita, além de outras escondidas na memória que utilizavam vários modelos, porém o que mais chamava atenção era o Zepelim, com o formato da famosa aeronave alemã.
A viagem pelas principais ruas da cidade era fantástica para os olhos e curiosidade dos pequenos passageiros no interior do Zepelim, que não se cansavam de admirar os túneis de mangueiras símbolos daquela Belém Paidégua, os principais atrativos turísticos, como a Praça da República, O Teatro da Paz, O Grande Hotel, O cinema Olímpia, O Manuel Pinto da Silva, O Pará Clube, O Paissandu Sport Clube, O Clube do Remo, os demais palacetes ao longo da Av. Nazaré, Os Colégios Nazaré e Santa Catarina, O Largo de Nazaré com seus coretos, clippers, cinemas, parques de diversão, A Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, O colégio Gentil Bittencourt, as ruínas da antiga fabrica de cerveja, o cinema Popular, O Museu Emilio Goeldi, O palacete Passarinho, a residência do Governador, a sede dos escoteiros (FEIJ) O Centro de Saúde nº 2. Esses ícones belemitas apontados pelos nossos pais ou responsáveis pelo passeio, eram assimilados pelos pequenos turistas de fim de semana, bem como, sentir a lenta transformação urbana daquela época.
Com base na vaga lembrança desse passado recente, Belém possuía várias linhas de ônibus que faziam a ligação entre os vários bairros, recordo-me das linhas: São Brás Batista Campos, São Brás Independência, São Brás Jurunas, Souza, Marco, Sacramenta, Circular Interna e Circular Externa, Telegrafo. Quase todas essas linhas tinham passagem obrigatória por São Brás. Algumas saiam do terminal na praça do operário em frente a estação da Estrada de Ferro de Bragança que ficava em de São Brás.
Uma coisa curiosa na questão do transporte urbano de Belém, eram os clippers existentes nos principais eixos de mobilidade da população da cidade, Eram construídos em alvenaria e possuíam nas extremidades pequenos negócios, geralmente no ramo de cafés, bebidas e lanches rápidos. Ao centro se instalavam vendedores de cigarro, engraxates, jornais e revistas e algumas novidades que se tornavam moda na cidade, como: bambolês, sandálias japonesas, radinhos de pilha e outros objetos de origem duvidosa. Localizavam – se na Av. Portugal na Praça D.Pedro II próximo a Praça do Relógio, Av. Nazaré na Praça Justo Chermont ou largo de Nazaré atual CAN, Praça do Operário em São Brás, Na Av. Senador Lemos Sacramenta, na Praça Brasil, e o ultimo exemplar desse equipamento urbano está ainda em pé lá no Guamá final da Rua Barão de Igarapé Mirí.
Ainda falando dos clippers, há de se ressaltar o Clipper do Largo de Nazaré por ocasião dos festejos nazarenos na parte superior servia para observar melhor a passagem da Santa, por ocasião do Círio e do Recírio, a Queima dos fogos na tradicional última noite do arraial de Nazaré, e também assistir as famosas batalhas de confetes por ocasião do carnaval. E o da Praça Brasil e Sacramenta de grande importância nesses bairros principalmente no período momesco onde no seu entorno concentravam os foliões brincantes para mais tarde desfilar a sua alegria carnavalesca aos assistentes de plantão naqueles espaços públicos.
Além dos ônibus faziam parte do sistema de transportes coletivos os famosos carros de praça, pois não existia o taxímetro para o estabelecimento de tarifa a ser cobrada pela prestação do serviço. A corrida era cobrada de acordo com a distancia, com a cara do freguês, levando em consideração também a amizade entre o motorista e o usuário. Os carros eram americanos e confortáveis, notadamente os Buicks, os Fordes, os Chevrolets, sendo esta última marca, modelo Bel air os mais procurados em ocasiões festivas, como casamentos, batizados etc.
Outro fato marcante na questão dos transportes de Belém, daquele momento, era a existência dos famosos inspetores de veículos que orientavam o transito na cidade. Dentre esses funcionários da administração pública não podemos deixar de falar no mais famoso deles: o lendário Valete, que enriqueceu o folclore popular urbano daquela época gerando muitas estórias que ficaram na memória dos sobreviventes de então.
●●●●●
Tatá Cavalcante
Rua Boaventura da Silva ● nº 361 ● Apto. 803CEP: 66.053-050
CADASTRO

Dia 28 de novembro é o último dia para que a equipe dos Programas de Agentes Comunitários de Saúde e Saúde da Família (PACS/PSF) entregue no Setor do Programa Bolsa Família (PBF), na Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, o cadastro de acompanhamento das famílias beneficiadas pelo Programa. Esse cadastro está sendo feito pelos enfermeiros e agentes comunitários de saúde desde agosto deste ano. Através dele é feito uma atualização dos dados pessoais dos integrantes da família beneficiada bem como o acompanhamento do estado nutricional, situação da saúde da família (PCCU, pré-natal, vacinação etc.). Para o acompanhamento, cada equipe monta sua estratégia de trabalho de acordo com a necessidade de cada bairro.

CADASTRO II

A família que deixar de fazer esse acompanhamento está sujeita às penalidades do programa como o bloqueio, a suspensão ou a perda do benefício. Atualmente, em Santarém, quase 23 mil famílias recebem o benefício do Programa Bolsa Família. Estima-se que cerca de 100 mil pessoas são beneficiadas. A SEMTRAS lembra que novos cadastros para a inclusão de novas famílias no PBF somente poderão ser feitas em 2009. Contato para mais informações: Izanilda Rodrigues - Enfermeira SEMSA 2101-0138, 9134-5699.

BIBLIOTECA GENIAL

O casal Emílio e Isolda proprietário do hotel Sândis, inaugurou na última sexta-feira/14, uma biblioteca e empresta livros aos hóspedes. A biblioteca tem o nome de “Laudelino Horácio Silva”, e fica na recepção do hotel. No acervo, obras de autores santarenos - Paulo Rodrigues dos Santos, Emir Bemerguy, Nicolino Campos, Efren Galvão, Hélcio Amaral, Wilde Fonseca, dentre outros, além de literatura paraense e brasileira. Parabéns pela idéia, foi genial.

EMENDAS A
A bancada do Pará no Congresso Nacional definiu as 15 emendas coletivas que serão apresentadas ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2009. Depois de analisar as sugestões feitas pelo Governo do Estado, pelos ministros da Previdência e da Pesca, e representantes das associações de prefeitos, de instituições como o Tribunal de Justiça Federal e Tribunal Regional Eleitoral, os 17 deputados e três senadores que representam o Pará elegeram os temas que consideram mais importantes e com viabilidade para sair do papel no próximo ano. O coordenador da bancada do Pará no Congresso, deputado Paulo Rocha, disse estar convicto da aprovação das emendas. "Além da conciliação entre governo e parlamentares, foram feitas reuniões onde discutimos os critérios para a elaboração das propostas", explicou o deputado.

EMENDAS II
A expectativa é que a fatia do bolo orçamentário destinado ao Pará seja superior aos números do ano passado, quando foi de aproximadamente R$ 357 milhões. Somadas as quantias das 15 emendas solicitadas, o valor chega a R$ 990 milhões. Em relação ao valor almejado em 2007, para que fosse aplicado no Estado este ano, o montante é superado em R$ 300 milhões. Três emendas de remanejamento - quando são transferidos para outras obras recursos já destinados ao Estado - finalizam a lista. São R$ 40 milhões para a BR-308, R$ 60 milhões para a BR-316 e R$ 80 milhões para a ponte sobre o rio Araguaia. Égua esqueceram da BR-163, a nossa Santarém-Cuiabá; É muita sacanagem. Um dia ainda vou ser deputado federal. Aguarde-me.

CÍRIO
O vice-governador do Pará, Odair Corrêa, chega nesta sexta-feira/ 21, para acompanhar o Círio da Conceição, padroeira do povo católico santareno, como faz todos os anos. Odair Corrêa convidou os vices-goverandores Luiz Carlos Porto (Maranhão) e Pedro Paulo Dias de Carvalho (Amapá), para juntos percorrem todo o trajeto do Círio que acontece neste domingo/23. Segundo Odair Corrêa, o convite feito será uma grande oportunidade de mostrar aos seus colegas, a fé do povo de toda região Oeste do Pará. “O Círio da Conceição tem a magnitude de unir as pessoas. Mais do que nunca, hoje a humanidade está suplicando por união. Promover a comunhão entre as pessoas é o gesto mais nobre e urgente de que o nosso povo precisa”. Enfatizou o vice-governador Odair Corrêa, que deseja a todos um abençoado e Feliz Círio 2008.

MOTINHAS __________________
Jovens santarenos nascidos entre os anos 91 e 94 poderão fazer parte da segunda maior equipe de atletismo do Brasil. De 19 de novembro a 7 de dezembro, jovens de seis cidades do Pará, participarão da seletiva regional do projeto Novos Talentos do Rede Atletismo, um programa da Fundação Aquarela - instituição mantida pela Rede Energia, grupo do qual a Celpa faz parte. ●●● Por falar em Celpa, desejo a minha amiga Leíria Rodrigues, Assessora de Imprensa da empresa, um bom parto. ●●● A viagem da governadora Ana Júlia Carepa, liderando uma missão comercial à China, entre os dias 5 e 15 de novembro, repercutiu de forma positiva na sessão da última terça-feirA/18 na Assembléia Legislativa do Pará (Alepa). O deputado Martinho Carmona (PMDB), que fez parte da comitiva à China, disse que as portas estão abertas para investimentos dos empresários chineses no Pará. ●●● O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, finalmente ligou para o presidente Lula e estabeleceu um primeiro contato com seu colega brasileiro. Durante 15 minutos, os dois trocaram impressões sobre a crise financeira mundial e estabeleceram a primeira ponte política. ●●● Obama elogiou a política econômica brasileira e ressaltou sua disposição em levar adiante a cooperação bilateral na área de biocombustíveis. Lula, por sua vez, convidou o presidente eleito a visitar o Brasil – o que, segundo Obama, ocorrerá na “primeira oportunidade” que aparecer. ●●● Bar do Nilo. Ambiente agradável com bilhar, jogos dos campeonatos brasileiro 1ª. e 2ª. divisões, campeonatos Espanhol e Italiano e aquela loira estupidamente gelada. Barjona próximo a Rui Barbosa. ●●● Dedé o Rei do Frango, picanha, costela e lingüiça. Atendimento de primeira dos três mosqueteiros, Diego, Genaro e Patrick. Fica na Silva Jardim entre Borges e Marechal Rondon. Fone 3523 7363. ●●● Açaí é com o Leitão e Terezinha na Borges Leal, o melhor da cidade. Confira. ●●● Louro Urso, Alessandro e Damasceno, recordistas na venda de peixe no tablado. Bom preço e qualidade, este é o segredo. ●●● A Assembléia Legislativa do Estado (Alepa), aprovou por unanimidade a licença da governadora Ana Júlia Carepa para viajar ao estado da Califórnia, nos EUA, no período de 17 a 21 de novembro. Com a viagem da governadora o vice Odair Corrêa completa 15 dias na governadoria até esta sexta-feira. ●●● Apesar de não ter sido reeleito, o vereador Valdir Matias Jr. (PV), continua sendo um dos mais atuantes no Legislativo Santareno. ●●● Em Alenquer, o amigo vereador Roberto Simões não conseguiu a reeleição, o que é lamentável. Em compensação, um outro amigo, Silvio Curicaca, volta ao parlamento a partir de 1º. de Janeiro de 2009. ●●● Todo cuidado é pouco. Em todo país mais de 11,8 mil linhas telefônicas estão sendo interceptadas com autorização da Justiça. O balanço das escutas realizadas oficialmente foi apresentado pelo corregedor nacional da Justiça, ministro Gilson Dipp. O número é bem menor que o apontado pela Comissão Parlamentar de Inquérito das Escutas Telefônicas Clandestinas da Câmara dos Deputados: cerca de 400 mil interceptações. ●●● No próximo dia 25 de novembro, hemocentros de todo o Brasil celebrarão o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, que oferece condições de sobrevivência a milhares de pessoas diariamente. No Pará, a Fundação Hemopa elaborou uma programação comemorativa, de 24 a 29 de novembro. No dia 23 será lançado um Clube, para estimular a fidelização da doação de sangue entre jovens a partir de 18 anos. ●●● Grande causídico Eduardo Fonseca encontra-se em Belém. Domingo batiza seu mais novo neto Lucas, que por sinal, teve seu passe negociado junto ao Fluminense do Rio de Janeiro. ●●● Audiência Pública que debateu a reestruturação do Conselho de Saúde foi requerida pelo deputado Carlos Martins, líder da bancada do PT na Assembléia Legislativa. ●●● Repórter Bena Santana, um dos mais conceituados da cidade, volta para a Rádio Rural, na transmissão do Círio da Conceição. Feliz regresso e boa sorte. ●●● Neste domingo/23 acontece o Círio de Santarém. Que Nossa Senhora da Conceição possa esparramar suas bênçãos, sobre todos aqueles que vivem nesta cidade. Vamos comemorar com a Gostosa Loira Gelada, Bela Ruiva Destilada, Exuberante Morena Quente e o Saboroso Pato no Tucupi.Fui.

NOTA SOCIAL

Estará completando 15 anos de idade na próxima segunda-feira/ 24, a meiga, linda e inteligente jovem Luana Silva da Cruz, filha de Luiz Alberto (Ana do Carmo) Silva da Cruz. Recebe parabéns de seus familiares e uma legião de amigos.

Missão à China pode render estaleiro de grande porte para Outeiro



A Missão à China liderada pela governadora Ana J ulia Carepa fez um dos mais promissores contatos em Xangai, mais importante centro comercial do país. Recebidos pelo presidente da empresa Sinopacific Shipbuilding Group, Simon Liang, a reunião poderá resultar na instalação de um estaleiro em Outeiro.
A governadora Ana Julia Carepa e a delegação paraense na Missão China fizeram ainda uma visita de cortesia à sede da empresa Vale, em Xangai. Os principais assuntos em pauta foram a exploração de minério de ferro no Estado e a construção de uma usina térmica, totalmente custeada pela empresa, no município de Barcarena.

Os Fatos

Xangai - Um dos mais promissores contatos feitos na China aconteceu na cidade de Xangai – o mais importante centro comercial do País. A governadora e o grupo de empresários e políticos que participaram da Missão à China foram recebidos por Simon Liang, presidente da empresa Sinopacific Shipbuilding Group. A reunião poderá resultar na instalação de um estaleiro de grande porte em Outeiro.
Com apenas cinco anos de existência, o grupo Sinopacific é uma das maiores empresas privadas da China e registra um dos maiores índices de crescimento do planeta: 90% ao ano. O empresário disse à governadora que tem grande admiração pela cultura latina e reafirmou seu grande interesse em instalar um estaleiro no Pará.
O Sinopacific Shipbuilding Group constrói navios de grande porte, como graneleiros, navios-tanque, petroleiros e de transporte de gás e de produtos químicos. Utiliza tecnologia de ponta e tem um sistema de gerenciamento próprio baseado no lema simple but perfect (simples, porém perfeito)”. A empresa costuma treinar todos os funcionários e terceirizados. Em Xangai, mantém uma escola técnica de alta qualidade, com três mil estudantes. A escola e outras seis empresas – das quais quatro são estaleiros - constituem o grupo.
Em 2008, a empresa construiu 43 navios de grande porte e, nos últimos cinco anos, ampliou o número de funcionários de mil para 20 mil pessoas. No ano passado, as vendas chegaram a 8,4 bilhões de dólares.
Incentivo - A governadora informou que o Pará está disposto a oferecer suporte a toda iniciativa que venha a beneficiar o Estado. “O governo incentiva a implantação de empresas que agreguem valor aos nossos produtos”, disse Ana Julia Carepa. Ela acrescentou que o Pará dispõe de uma área adequada para a instalação de um estaleiro e convidou o presidente Simon Liang a visitar o Pará e inteirar-se dos detalhes. “O governo do Pará está à disposição do Grupo Sinopacific para prestar todos os esclarecimentos e dar o apoio necessário a fim de que a empresa possa vir para o nosso estado e gerar empregos e bem-estar para a nossa população”, reafirmou a governadora.
O empresário observou que o apoio do governo estadual é um importante fator a favor da escolha do local em que será implantado o estaleiro. Ele disse que se a empresa escolher o Pará como local do novo estaleiro, vai instalar uma escola técnica no Estado, que oferecerá gratuitamente cursos técnicos de alto nível para a população local.
O presidente da Companhia Docas do Pará (CDP), Clythio van Buggenhout, é um entusiasta da idéia da implantação da empresa no Pará. Ele já havia se reunido anteriormente com o empresário Simon Liang e ajudou a construir a agenda de reuniões entre a empresa e o governo do Pará.
_____________
Sônia Zaghetto

11/21/2008

LOURDINHA BEZERRA recomenda


VII FEIJOADA DE BAMBAS


No próximo dia 30 de novembro, domingo, O BAR BOTTUS, no bairro do Telegrafo, Bairro dos Artistas, em Belém, recebe a VII Edição da Feijoada de Bambas. O diferencial desta atividade cultural é a reunião dos muitos amigos, alegria, culinária, diversão e muito samba no pé, além da calorosa recepção dos anfitriões Pedrão e Lourdinha Bezerra - euzinha aqui.
Depois do sucesso da primeira edição da feijoada, com ingressos esgotados e a presença de centenas de pessoas, Lourdinha Bezerra chamou o mestre Pedrão da Velha Guarda do samba e exímio cozinheiro para caprichar no tempero e nas atrações, desta vez tendo como convidada especial a dama da saudade, Cleide Moraes.
Os convidados musicais desta edição são: Saque o timão - Toni Melodia, Fernando Jakaré, Bilão da Canção; Liko; Ademir do Cavaco; Pedrão; Darley, Mário, Marisa Black, Nelsinho Bittencourt, Meio Dia. com o melhor do samba de raiz; e mais os grupos Égua de Nós e do Toni, acompanhando com muito partido alto e Cleide Moraes, a dama da saudade, como convidada especial da Feijoada.
A VII Feijoada tem o patrocínio da Cerpa, genuinamente Paraense, e o apoio cultural da casa de show BOTEQUIM, do Bar BOTTUS, da Choperia Rota Br316; Malharia Fenótipos, Aerotrio Eventos; VERA CRUZ ADVOGADOS; POLECAR VEÍCULOS; Transportadora Arsenal; MR PIN; Supermercado Nossa Senhora do Carmo e Emissora Funtelpa.
Mais informações: 81254812 / 99635912 - Vendas no local-R$15,00-(feijão+ camisa+ingresso).
Data: 30/11/2008- Domingo
Hora: 14h00
Local: Bar BOTTUS - Rua Curuçá com Soares Carneiro- Telegrafo

SESC AMAZÔNIA DAS ARTES 2008

O Serviço Social do Comércio- SESC, iniciou em 2007 o projeto SESC AMAZÔNIA DAS ARTES, que tem como objetivo principal difundir os produtos artísticos e culturais da Região Amazônica, focando as linguagens de Núsica, Teatro, Exposições e Dança; contribuindo assim, para o desenvolvimento sócio-cultural da Região e oportunizando a circulação dos estados que compõem a Amazônia Legal.
As Incrições serão abertas sempre de janeiro a março de cada ano. Onde a unidade do SESC DOCA, recebe o material dos grupos e Cias e depois seleciona dois trabalhos para concorrer a vagas no circuito no próximo ano.
O músico Paraense Salomão Habib e o artista Plástico Jorge Bittencourt tiveram seus trabalhos selecionados no circuito desse ano e estarão se apresentando no ano de 2009, nos estados que fazem parte do circuito da Amazônia Legal. (Pará, Amapá, Amazonas, Acre, Maranhão, Piauí, Tocantins, Roraima, Rondônia e.Mato Grosso.
A próxima apresentação aqui em Belém referente ao circuito 2007, exibição em 2008, será do grupo de Roraima com a cia ARTEATRO com o espetáculo “Mosáicum”.
Sobre o espetáculo - Mosáicum é um espetáculo que segue uma linguagem contemporânea de dança-teatro e que parte da simbologia do mosaico em si e seu significado. A composição da personagem se dá de forma fragmentaria, a partir de lembrança e sentimentos, fazendo com que a auto-visão e a auto-avaliação do ser humano cumpra determinadas etapas que não são integralizadas em uma visão geral. Assinam a idéia geral e a interpretação os bailarinos Gilca lobo e Francis Madison. Elenco: Mosáicum – Gilca Lobo , Francis Madison e Einstein Berguerand (RO).
Serviço: CIA ARTEATRO APRESENTA ‘MOSAICUM”
DIA: 25 de novembro de 2008 / Hora: 19H00
Local: Teatro Waldemar Henrique -Entrada Franca
Informações com a direção pelo fone- (69) 9244-5943/ Contatoscom a coordenadora de Teatro e dança - Michella Bezerra- SESC Doca- 40059512 / 8803-1921/88052692

"Um Brinquedo faz Minha Alegria"
Amigos da imprensa, e amigos que estão junto com a gente nesta campanha: "Um Brinquedo faz Minha Alegria" uma ação do Museu do Marajó em parceria com a Prefeitura de Cachoeira do Arari. A sua coordenação de cultura, realiza nesta segunda dia 24 de novembro, a partir das 19:00 no Teatro Margarida Schiwasappa. show com a participação de varios artistas solidarios, da musica e da poesia. com o ingresso valendo um brinquedo. Pedimos sua colaboração na divulgação deste evento.
A arrecadação dos brinquedos são para as crianças da Ilha do Marajó, em especial, Cachoeira do Arari.
Você, Lu, está convidada a participar deste evento. e se puder se unir a este ato de solidariedade.
Compareça trazendo um presente. As crianças do Marajó (foto) agradecem de coração.
E você quiser fazer uma doação maior de brinquedos, ligue para 3231-4908/9994-4027, Antonio Smith – presidente do Museu do Marajó; ou 3087-9732/9165-2595/8825-0336, Nazareno Silva, coordenador. cultural do Museu do Marajó, ou ainda, 3758-1102, Museu do Marajó.Artistas solidários confirmados: Alan Carvalho, Alcyr Guimarães, Adilson Alcântara, Almino Henrique, Armando Hesket, Extremo Norte (poesia), Galo Garnizé, Jorge Andrade, Maria Lidia, Mário e Lúcio Mouzinho, Messias Lyra, Paulinho Mururé, Pedrinho Callado, Sarau Brasil, Yuri Guedelha e Zezus Viana (Cachoeira do Arari).
Participação especial: Escola de Música Giovane Gallo,
Visitem-nos:
http://www.museudomarajo.com.br/omuseudomarajo@hotmail.com
Grato.
Nazareno Silva

●●●

Clube do Samba, sábado meio dia

E não esqueçam no sábado próximo, a partir do meio dia no sonzão da nossa Rádio Cultura FM, Clube do Samba com um monte de atrações. Curta o nosso recado e alegre a sua vida, com o Samba de Raiz, genuinamente paraense.Produção: nossa *Comando: Janjão
●●●
Inté pra semana

11/16/2008

Rádio Cultura OT retorna com força total em 2009


Uma boa notícia para os que prestigiam este jornalzinho eletrônico e que residem no interior do Pará e alguns países próximos acima da linha do Equador, da Ásia, África e Europa: a partir de Janeiro, a Fundação de Telecomunicações do Pará – Funtelpa vai voltar as suas vistas para um projeto ousado: o retorno na onda 60, 61 metros – Onda Tropical, da Rádio Cultura OT.
De acordo com o e radialista Antônio Carlos de Jesus dos Santos, diretor de Rádio da Funtelpa, a alta direção do órgão -, leia-se professora/doutora Regina Lima, para os mais chegados Ré Bacana. Presidente – juntamente com seus competentes diretores, pretende devolver aos paraenses um bem que lhes foi tirado de forma abrupta e irresponsável – RÁDIO CULTURA OT, há quase 12 anos
Inaugurada no início de 1977, a Rádio Cultura OT prestava um grande serviço ao Pará.
A partir das instalações - Com o parque de transmissão instalado em Marituba e utilizando equipamentos moderníssimos para a época, desde transmissor (provavelmente importado), antena e sistemas irradiantes com 10 quilowatts de potência e uma programação regionalizada e voltada especialmente para o interior do Estado. A Rádio Cultura OT fez escola.
Muitos profissionais do microfone que hoje atuam nas emissoras citadinas deram os seus primeiros passos na emissora de Marituba.
E a propagação? Conforme Hilton Silva, do Setor de Recursos Humanos da Funtelpa, o som da Rádio Cultura OT ia longe. Quase que diariamente chegavam cartas provenientes da América do Sul, Guiana, Ásia, África e Europa, etc. eram assinadas por brasileiros – do Pará e outros Estados - residentes em países destes continentes, dizendo que o som da RC-OT chegava “bombando”. Cartas escritas em Português, espanhol, inglês e alguns dialetos africanos e asiáticos. Alguns achavam que a emissora oficial do Estado do Pará tinha “uma senhora’ potência.
Mas existe uma explicação lógica: o sistema irradiante da Rádio Cultura – OT estava muito bem localizado e, assim, a onda onidirecional não só atingia à Região Amazônica e arredores, como em sua volta em redor do globo era reforçada por outros fatores que somente a eletrônica pode explicar.
Antônio Carlos de Jesus dos Santos, afirma não tem sido fácil, recuperar a Rádio OT, levando-se em conta que o canal foi devolvido para o Ministério das Comunicações; e foi preciso muito convencimento para que a rádio não se extinguisse, além do esforço inquestionável da Professora Regina Lima que está se empenhando para conseguir o financiamento para a compra dos equipamentos
Sinal forte, 10 quilos com novo transmissor completamente moderno, já em semicondutor, novos sistemas irradiantes, nova torre de link, equipamentos de ponta, tudo novo. O local - área da antiga Pirelli, entre Marituba e Benevides, que está sendo preparado para receber a primeira mídia que deu vida a Fundação de Telecomunicações do Pará – Funtelpa.
Na área será construído um prédio que abrigará o transmissor – que está sendo estudado e pesquisado junto aos fabricantes. Esses equipamentos não são baratos... mas está sendo levada em conta a eficiência, qualidade, a importância e a contribuição que a Rádio OT pode dar na integração do Estado, já que tem uma enorme capacidade de cobertura.
Regina Lima está negociando com o Ministério das Comunicações, a
retomada do canal – que graças a Deus, não está perempto – para em breve, juntamente com o governadora Ana Júlia Carepa, ligar a chave que colocará mais uma vez no ar, a Rádio Cultura OT.
Nosso povo do interior merece o melhor; ou seja, merece uma nova,
novíssima, Rádio Cultura OT, com a qualidade e som de FM. (A.F.)

11/14/2008

Dênis Cavalcante


Bill Evans – Blue Notes

Quem não curte jazz, blues, viagens, saudades – melhor não continuar a leitura.
Vez em quando, é de bom alvitre andar sem rumo por uma cidade desconhecida. Fiz isso algumas vezes. Abade, Carangola, São Paulo, Paris, Nova Iorque... Ah! Nova Iorque!
Eram tempos de bonança. Saldo bancário no verde, os cabelos ainda fartos e castanhos, a pança enxuta, a mente clara... Se soubesse que aquela viagem seria a derradeira (sem percalços, preocupações...) teria curtido mais, bem mais.
Faz quinze, vinte anos? Não sei. Só lembro que era véspera do Natal. Fui a negócios. Assim como médicos, advogados, políticos. Meia hora de palestras, cursos, lari-lari... O resto do tempo dedicado à esbórnia. Com uma pequena diferença: viajei às minhas expensas. Após me instalar num pardieiro de uma estrela (pra que gastar uma nota preta pra dormitar seis horas?) comprei um mapa e tomei o Subway. Em primeiro lugar, tratei de achar a Macy’s, Blomindale’s (Lobrás, Americanas daqui) a fim de comprar os presentes da família. Brinquedos para os filhos, cremes e perfumes para a mulher, lembranças para os amigos. Feito isso - livrarias, museus, delicatesses, village, pub’s, Litle Italy, Chinatown, Central Park. As Torres Gêmeas ainda estavam de pé. Bin Laden era adolescente.
Viajar é bom demais! Sobretudo, quando não temos preocupações pecuniárias. Sem lenço, sem documento. Um paroara perdido em meio ao burburinho de Mannhatan.
Após comprar um 'legítimo' Rolex por dez dólares de um camelô americano, traçar um hot-dog numa esquina qualquer, engraxar o pisante com um brazuca mineiro, aquecer o esqueleto prestes a congelar num bueiro engordurado, chego enfim ao hotel. Tiro a roupa e me enfurno na banheira fumegante. Coisa boa. Descanso ¼ de hora e saio pela Big Apple. Encontro um pub esperto, me aboleto, peço uma dose de Jim Bean. Tem coisa melhor?
Na ponta do balcão, um americano bebericava seu drinque, concentrado num jogo insosso de beisebol. Fico na minha. Saboreio com vagar meu drinque, mordisco um mixer de castanhas, nozes e amendoins, olho ao redor. Bebuns, descasados, aventureiros solitários à cata de companhia, dois dedos de prosa.
Felizmente não era o meu caso. Apenas fazia hora a fim de assistir a um show de jazz imperdível no Blue Notes – Olho pro relógio - tá na hora! Pago a dolorosa e sigo célere para o Subway. Ao subir as escadas do metrô dou de cara com o Blue Notes. Que decepção. Um segurança do tope do Mike Tyson me barra na porta: os ingressos estão esgotados! Turista é tudo igual. Se naquela época já tivessem inventado o celular, se houvesse uma cabine telefônica à mão, ligaria pro Antonio Carlos Brandão, Luís Fernando Veríssimo, Augusto Teixeira, Mauro Monteiro, Alberto Pinheiro, Eduardo Melo, Cássio – assim como eu – apaixonados, fissurados por blues. Cabisbaixo, me preparo pra tirar o time.
Eis que surge um gringo. Pra resumir: ele tinha um ingresso e queria vender. Em Nova Iorque também tem cambista. Pago sem pechinchar e me misturo à multidão ensandecida. Cento e tantas pessoas acotoveladas em exíguos 60 metros quadrados. Quem esteve lá sabe que não tergiverso. Mesa, balcão, cadeira – nem pensar! Guardadas as devidas proporções, era como estar no Rock in Rio. Nelsão Forte que me desminta. E eis que chega Bill Evans e seu piano mágico. Silencio reverente, sepulcral.
Precavido, pedi com antecedência três generosas doses de Bourbon. Pirei, piramos! Lá se vão décadas. Um dia desses, revirando antigos alfarrábios, desenterrei o amarelado ingresso autografado por Bill Evans.

José Wilson Malheiros


OBAMA E LOBATO

A eleição de Obama, de certa maneira, assombrou o mundo. O homem mais poderoso da terra será um irmão nosso da raça negra. Isto seria inconcebível até umas duas décadas atrás.
Dizem que Deus escreve certo por linhas tortas. Eu acho que Ele escreve certo por linhas certas.
Chegou a hora de nós, como humanidade, repensarmos nosso relacionamento com o nosso semelhante. Essa eleição americana foi um símbolo, foi uma vitória dos discriminados, dos sem vez e sem voz.
O destino está sinalizando que, além de começarmos a tratar melhor do planeta em que vivemos, devemos fazer uma revisão em nossos valores sociais e econômicos.
No campo da economia está aí a enorme crise mundial que já está nos dizendo que o capitalismo individualista tem que ser repensado.
Quer queiramos ou não chegamos em uma nova era.
Há muito tempo li um livro do Monteiro Lobato. Chama-se “O Choque das raças ou o Presidente Negro” e foi escrito no longínquo 1926.
Mas o Lobato teve uma rara premonição quando anteviu um Presidente negro assumindo a Casa Branca, após uma campanha acirrada com uma mulher (Hilary, no caso), nas primárias.
O grande escritor brasileiro recebeu muitas críticas, como toda pessoa que se ressalta além dos estreitos limites da massa. Mas as premonições de Lobato não pararam aí. Às vésperas de viajar para os Estados Unidos, Monteiro Lobato visualiza a eleição de um presidente negro nos Estados Unidos. Uma assustadora semelhança entre o que acontece hoje nas eleições ianques. Será Barak Obama o Jim Roy de Lobato?Não dá para contar aqui o enredo completo da obra, mas adianto que os brancos, no livro, unem-se para evitar que Roy ( seria o Obama?) assuma o governo.
Monteiro Lobato tinha premonições. Existe até livro publicando as atas das sessões espíritas que realizou em sua casa, ele que anteriormente já fora um cético ferrenho.
Mas premonição não é privilégio de religião alguma, de credo nenhum e além dessas previsões o escritor também previu que as pessoas não teriam mais que se dirigir para seus trabalhos e de suas casas poderiam trabalhar, como se antevisse a criação da Internet.Quem leu o livro "O Poço do Visconde", publicado em 1937,viu que ali ele afirmava que havia petróleo no Brasil, mas os técnicos do governo diziam que "o Brasil não tem nem poderá vir a ter petróleo. As afirmativas do Visconde não passavam de heresia". É oportuno lembrar que a Ministra Dilma fez referência ao citado livro ao falar do pré-sal. Incompreendido, exilado e sofrido, Lobato além de possuir dons que a maioria não sabe explicar ou aceita, foi um homem muito além do seu tempo. Notamos nos dias atuais, analisando seus atos e fatos, que o maior escritor da literatura juvenil brasileira foi um grande nacionalista e que possui dons que os seus livros atestam.
Tomara que as premonições de Lobato dêem certo aqui para o Brasil e que Obama saiba conduzir a economia mundial e suas relações com o Brasil. Torcemos para isso.
______________________
AIDS

Os Agentes Comunitários de Saúde do Aeroporto Velho, através do Projeto Saúde no Bairro, pela passagem do Dia Mundial de Combate à AIDS, 1º de dezembro, vão desenvolver, no período de 28/11 a 01/12, diversas atividades de orientação, prevenção e combate à doença. O Dia Mundial da AIDS foi criado para marcar o combate à doença e para despertar nas pessoas a consciência da necessidade de prevenção. É uma data de solidariedade às pessoas portadoras do HIV. O Dia Mundial da AIDS foi criado em 1988 pela Organização das Nações Unidas que instituiu a data de 1º de dezembro. Segundo a Organização das Nações Unidas, cerca de 2,7 milhões de pessoas foram infectadas com vírus só em 2007. Desses, 140 mil residem na América Latina. O Brasil concentra a maior população com AIDS no continente, cerca de 40% dos infectados. Segundo o Governo Brasileiro, cerca de 30 mil pessoas são infectadas pelo vírus HIV por ano no Brasil. Para cada 15 homens doentes, há 10 mulheres.

SERINGAIS
A Secretaria de Estado de Agricultura (SAGRI) e a Cooperativa dos Trabalhadores Agroextrativistas do Oeste do Pará celebram convênio, com vigência de um ano, objetivando promover a reativação dosseringais nativos de Santarém, mediante apoio a aquisição de materiais para retomada da produção e beneficiamento de borracha no município. A SAGRI também assina convênio com a Federação das Associações de Apicultores para promover o desenvolvimento da Apicultura e Melionicultura da região do Tocantins, mediante apoio à realização do APIPARÁ/2008.

CELPA
Por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), o call-center da Celpa começou a atender com um novo 0800. Os serviços, que antes eram solicitados pelo 0800 91 01 96, agora passam a feitos no 0800 091 01 96, ou seja, foi acrescentado um zero a mais à frente do 91. O contato com a Ouvidoria da empresa também mudou. Os clientes devem ligar para 0800 091 85 00, também com um zero extra antes do 91.
CBF
Governador do Pará, em exercício, Odair Corrêa, se reuniu no Rio de Janeiro, na última terça-feira (11), com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, quando na oportunidade entregou o Projeto que poderá definir o Estado do Pará como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Segundo Odair Corrêa, o nosso estado está trabalhando confiante para que tenhamos todas as condições de sediar uma Copa do Mundo, por estarmos localizados na Amazônia Legal, uma porta importante do turismo brasileiro e o povo paraense é desportista, merece todo empenho do Governo do Pará. Ao final, o presidente da CBF presenteou Odair Corrêa com uma camisa do jogador Ronaldinho Gaúcho, da seleção brasileira, devidamente autografada.

APOSENTADORIA
O vereador Gervásio Morgado, na Câmara Municipal de Belém, defendeu a volta da aposentadoria para os vereadores, já que os parlamentares sofrem desconto do INSS em seus salários. Morgado chegou a responsabilizar o ex-vereador Nélson Chaves pela extinção do Instituto de Aposentadoria dos Vereadores de Belém, em 1988, quando presidiu a casa. A volta do Instituto, segundo ele, viria corrigir uma injustiça cometida contra os parlamentares. A reação começou com Sahid Xerfan, Victor Cunha e Daniel Pegado. Todos contra. Para Xerfan, vereança não é profissão. Victor Cunha considera que aposentadoria para vereador é um absurdo e que o Instituto, extinto na administração Nélson Chaves, nasceu falido - mas aposentou 15 dos 19 vereadores. Que fique bem claro, senadores, deputados federais e estaduais se aposentam, por que vereadores não podem se aposentar? Isso é muita sacanagem, a lei deve premiar a todos ou nenhum.

CIRURGIAS
Integrantes da Operação Smile (Sorriso Brasil) estarão pelo segundo ano consecutivo em Santarém para realização de mais um programa cirúrgico para atendimento de crianças, jovens e adultos portadores de fissuras labiopalatais (lábio leporino e fenda palatina). As cirurgias e o acompanhamento das crianças durante todo o processo serão gratuitos, assim como a alimentação, o alojamento e o transporte. O exame e a seleção dos pacientes que serão operados no programa serão feitos dia 25 de novembro, a partir das 07h00, na Casa da Criança situada na Avenida Barão do Rio Branco, nº. 860, Bairro Santa Clara, Santarém. Para participar, é importante que, um mês antes do dia da seleção, os candidatos à cirurgia comecem a realizar exames médicos, oferecidos pelo SUS e acessíveis em suas cidades de origem. Os candidatos devem realizar três exames básicos: tipo de sangue com prova cruzada, hemograma e coagulograma. Maiores informações com enfermeira Carmélia Oliveira (9975 2384) e Assistente Social Jacirema Bentes (8121 7084).

MOTINHAS ___________________ __________
Um verdadeiro absurdo a morte do advogado do Grupo Líder em Belém, José Vieira, na última sexta-feira/07. A Policia Civil sob o comando do competente Geraldo Araújo, tem obrigação de elucidar o caso e prender os bandidos. O crime além de bárbaro foi covarde. ●●● Considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) uma epidemia mundial, junto com a hipertensão, a diabete é a doença que mais mata no Brasil. Estimativas do Ministério da Saúde apontam que o Brasil possui cerca de 7 milhões de pessoas que têm a doença e alertam que até 2025, o número aumente para quase 18 milhões. ●●● A diabete é uma das causas de internações, por complicações como doenças cardiovasculares, diálise por insuficiência renal crônica e amputações de membros inferiores. Hábitos de vida saudável e alimentação saudável são cuidados que, seguidos, podem evitar a doença. ●●● O espetáculo "Macbeth - a tragédia da noite eterna", uma das mais conhecidas obras de William Shakespeare, foi encenada na primeira edição do Festival Brasileiro de Artes Cênicas por atores de Santarém, município do oeste do Estado, na última terça-feira, com entrada franca, no Teatro Waldemar Henrique, em Belém. Parabéns, essa galera vai longe.●●● A reunião de mais de duas horas na Presidência do Senado entre os senadores da frente em defesa dos aposentados e o ministro da Previdência Social, José Pimentel, não teve nenhum avanço em relação às reinvidicações em favor do reajuste dos benefícios no orçamento de 2009.●●● O relator do orçamento, senador Delcídio Amaral (PT-MS), adiantou que não há possibilidade de dar às aposentadorias o mesmo reajuste do salário mínimo, como prevê projeto aprovado no Senado. É impressionante como aposentado sofre nesse País. ●●● Dicas comerciais: O melhor açaí da cidade, batido dentro das normas de higiene é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal. ●●● Louro Urso, Alessandro e Damasceno, são os peixeiros mais procurados na Feira do Tablado. Tudo pela qualidade e bom preço.●●● Nilo, faz de seus clientes verdadeiros amigos. Barjona próximo Rui Barbosa. (Segundo o historiador Wilde Fonseca o nome é Barjona e não Barjonas).●●● Dedé o Rei do Frango Assado, Picanha, Costela e Lingüiça, está a cada dia aumentando a sua clientela. Silva Jardim entre Borges e Marechal Rondon. Fone 3523 7363.●●● Dirceu, o maior distribuidor de bebidas da região. São Sebastião próximo a Barjona.●●● Enquanto a prefeita Maria do Carmo (PT), permaneceu em Brasília-DF, o vereador José Maria Tapajós (PMDB), assumiu a prefeitura com excelente desempenho.●●● Projetos importantes estão deixando de serem votados na Assembléia Legislativa do Pará, por absoluta falta de quorum. Dos 41 deputados, apenas 21 já poderiam deliberar sobre as matérias.●●● Foi aprovado o projeto de lei 3.773/08, de autoria da CPI da Pedofilia, que considera crime a produção de material pornográfico com crianças. Nesse caso, a pena varia de quatro a oito anos de detenção, além do pagamento de multa. As matérias vão à sanção presidencial. As mudanças objetivam fechar o cerco aos pedófilos. A pena poderia ser maior, qual a sua opinião? ●●● O VI Festival do Charutinho acontece em Ponta de Pedras nos dias 14, 15 e 16 do mês em curso, com apoio da Prefeitura através da Secretaria Municipal de Turismo. É uma boa pedida para este final de semana.●●● Mestre Lau e Barra prestigiaram o pagode no Taco de Ouro, no último sábado. Haja bolinho de piracuí, uma delícia! ●●● Mais um final de semana, para muitos uma pena o feriado do dia 15 cair justamente no sábado. Mesmo assim, vamos comemorar a Proclamação da República na Garapeira Ypiranga, com a Loira Gelada, Ruiva Destilada e a bela Morena Quente. Fui.