2/27/2008

Parabéns, Gabriel!


Gabriel e sua orgulhosa
mamãe Anilsa Oliveira


O grande aniversariantes desta quinta-feira, 28 de fevereiro, é jovem Gabriel Oliveira, enlevo do casal de jornalistas Anilsa Oliveira (Rádio Clube do Pará/Rádio Cultura) e César Gomes (TV Record).
Gabriel completa sete anos; mas, desde agora já dá sinais inequívocos que seguirá a carreira dos pais, já que domina a comunicação entre os muitos amiguinhos; além de ser líder dos coleguinhas de classe no Centro Educacional Olimpus, onde cursa com real aproveitamento – mesmo nesses primeiros meses de aula – o 2º ano do curso fundamental.
Detalhe : de acordo com a avaliação dos professores e orientadores, como no ano anterior Gabriel teve 100% de aproveitamento em todas as atividades, ele nem precisou fazer o primeiro ano - passou direto do Curso de Alfabetização para o segundo ano.
A “formatura” do ABC ocorreu em dezembro passado com uma linda festa no Champagne Buffet, sendo bastante concorrida.
E o futuro comunicador, não deixou por menos: deu o seu recado. Foi o orador da turma e quase não chega para os muitos cumprimentos.
A comemoração do aniversário do Gabi será em família; todavia, um pouco antes, diretores, professores e alunos do “Olimpus” farão uma festinha para ele, com a temática dos carrinhos da "Hot Wells".
O redator do Jornal do Feio com mais de oito lustros de estrada, se sente muito feliz em cumprimentar o futuro colega,
Parabéns, Gabriel, muitas felicidades e seja bem-vindo ao nosso time.

2/24/2008

Coluna do HP



Corpo sarado. Obesidade Mórbida. Dietas


O que você leu aí em cima, são frases que estão na ordem do dia. Aqui no Brasil, é grande o número de pessoas obesas o que causa uma certa apreensão por parte das autoridades sanitárias; mas estamos longe de alcançar os Estados Unidos, o país mais avançado do mundo, que detém o maior número de obesos do planeta.
Comenta-se que o americano está inserido neste contexto por causa da irregularidade nos horários das refeções, e valendo-se do “fast food”, alimentação rápida a base sanduíches carregados nos condimentos como kathchups, maionese, e outros. O bacon também tem grande atrativo para os yankes.
Aqui no Brasil, nossos jovens estão atentos e tentando fugir do sobre peso e entrando a todo vapor nas academias de ginástica. Mas será que esta sería a melhor solução? Não faríamos melhor negócio com uma reeducação alimentar, exercícios leves (caminhar, nadar), aumentar o consumo de frutas e legumes e diminuindo os carboidratos? São perguntas não tão fáceis de responder, porque existem casos diferenciados para a implantação de uma dieta (palavra que está na atualidade, mas que remonta os tempos bem antigos.
Ela nasceu na Grécia, onde se cultuava o corpo esbelto, e que deriva da palavra diaita – modo de viver). Pois bem, noticia-se e denuncia-se no sul do país, que pessoas bem jovens e com peso ideal, querem mesmo reduzir suas medidas e estão na fila para fazer a cirurgia de redução estomacal. Médicos especialistas condenam a prática porque a operação’’ é recomendada para quem realmente necessita, além de ser um procedimento de alto risco. Nutricionistas aconselham que os pais devam ter consciência, para que desde o berço proporcionem uma alimentação saudável para seus bebês, não tranformando-os em criança gordinhas e futuros adultos obesos e doentes.

Haja
Paz, sempre.


2/22/2008

Tribuna do Álvaro Jorge


Corrupção e Reforma Política

Conceitos e práticas políticas modificam-se ao longo da história das sociedades em diferentes épocas e situações. em diferentes épocas e situações, muito embora determinadas significações teóricas tendam a permanecer inalteradas no campo técnico e científico.
O tema corrupção que se acentuou e proliferou no país, com o rótulo de mensaleiro ou sanguessuga de cunho pedagógico, tem se constituído em permanente pano de fundo de nosso cenário político,envolvendo uma quadrilha detectada pela Procuradoria Geral da República, num total de 40 indiciados.
Houve suspeitas de corrupção nas cortes do império, nos corredores do poder na República Velha, nos círculos políticos próximos a Getúlio Vargas, nas trilhas nem sempre transparentes da corrupção de Brasília e, como se sabe, esses murmúrios e acusações foram um dos principais pretextos, utilizados pelas classes dominantes para desfechar o golpe militar de 64.
A corrupção é antiga como a compra do direito de primogenitura por um prato de lentilhas ou secular como a entrega de um inocente à crucifixão por uma mochila de trinta denários.
Pensadores ou cientistas políticos não tem insistido suficientemente na ligação intrínseca da cultura cívica com a organização política do poder de Estado. Talvez porque a prática da democracia representativa ainda seja um fenômeno relativamente recente e muitas vezes interrompido na história. Ou porque não teria havido tempo histórico para amadurecer uma cultura cívica capaz de encarar os crimes contra o tesouro público como ações extremamente graves e perniciosas contra a consciência cívica da cidadania. Isto porque, sou dos que acredita que a consciência cívica da cidadania, é a única forma se não de abolir, pelo menos de minimizar, em determinado momento histórico, os efeitos do suborno e da corrupção.
Há vários anos, importantes lideranças intelectuais e políticas em nosso país vêm expondo em artigos discursos, livros e entrevistas, pela mídia eletrônica e impressa suas idéias sobre a necessidade de se refunda a Republica, para usar uma expressão cunhada por muitos estadistas eminentes que não cessam de apregoar a reforma do Estado brasileiro e a reorganização dos poderes da Republica como a pedra de toque de qualquer projeto de modernização e democratização das estruturas do poder em nosso país.
Esse debate tem sido repetidamente desvirtuado e desviado pela cegueira de nossas elites pensantes e militantes, sob a pulsão de ambições as mais variadas e mesquinhas, ou o que é pior, sob o frio olhar do descaso.
O problema de fundo da conjuntura brasileira é, a meu ver, a busca da equação de matemática quântica para dar um salto de qualidade na reorganização do poder político e capacitar o Estado para ser espaço privilegiado do exercício do poder soberano do povo. Todo poder não emana do povo? E se o poder emana do povo, como criar dispositivos constitucionais que permitam ao povo controlar e fiscalizar aquilo que é sua maior força e seu direito mais fundamental?
Está mais do que claro que nesse debate, a reforma do sistema eleitoral e de maior justiça na representação da cidadania por estados “e um tema absolutamente central, porque, sem essa urgentíssima reforma, seria um grande equivoco imaginar progressos relevantes na organização partidária no Brasil. E a reforma eleitoral com voto distrital, a meu ver é quase unanimidade. Porém,vamos aguardar os estudos e decisões da Justiça Eleitoral, porque – política não é meio de vida para se ganhar dinheiro. Política, militância política é uma missão ingrata. Mas, sem dúvida , um inexcedível exercício de grandeza.
A política nasceu com o homem, mas a importância e o esplendor de sua arte milenar difundiram-se no mundo civilizado, quando os gregos e os romanos começaram a exibir os seus grandes oradores, como Demóstenes, Sócrates, Platão, Aristóteles, Cícero, César e outros que esgrimiam com as palavras, ministrando, antes de Cristo, lições de sabedoria, virtude e habilidade para governar.

Presença de Luiz Lima Barreiros


Hipácia, que mulher !

Alexandria foi a maior cidade do mundo ocidental antigo. Pessoas de todos os países acorriam para lá, para viver, comerciar e aprender. Em quaisquer de seus portos havia um acúmulo de mercadores, estudiosos e turistas.
Era uma cidade onde gregos, árabes, sírios, hebreus, persas , fenícios, núbios, italianos, gauleses e iberos, trocavam mercadorias e idéias.
Foi lá que a palavra COSMOPOLITA cumpriu seu significado real: cidadão não de uma nação,mas do Cosmos. Lá estavam as sementes do mundo moderno.
Neste contexto, vou falar de uma grande mulher. Seu nome é Hipácia, matemática, física, astrônoma, e líder da escola neoplatônica de filosofia, e que foi a última diretora da Biblioteca de Alexandria, a primeira universidade do mundo, quando ela foi destruída , sete séculos depois da sua fundação.
HIPÁCIA, nascida em Alexandria no ano 370, quando a maioria das mulheres eram escravas e tratadas como propriedade. Hipácia intrometeu-se livre e desinteressadamente nos domínios culturais tradicionais. Era muito bela; e teve vários pretendentes.
A cidade de Alexandria estava sob domínio romano, e vivia sob grande tensão. A igreja cristã no início de sua expansão, procurava erradicar o paganismo. E, Hipácia ficou no epicentro dessa questão. Cirilo, bispo patriarca de Alexandria, desprezou-a por causa de sua amizade íntima com o governador romano, e por ser Hipácia, símbolo do saber e da ciência. Ela continuou a ensinar e publicar até o ano de 415, quando foi atacada por uma turba fanática de paroquianos, insuflada por Cirilo. Tiraram-na de sua charrete, rasgaram suas roupas, e armados com conchas, esfolaram-na até os ossos. Seus pertences foram queimados. E, pasmem , Cirilo após sua morte foi canonizado!
Logo após o martírio de Hipácia, o patife de um califa mandou tocar fogo na Biblioteca de Alexandria, com a célebre frase: “Os livros que são contra o Corão devem ser destruídos; e os que são à favor, são desnecessários”.
Por causa destes idiotas, das 123 peças de Sófocles só sete se salvaram. “Édipo Rei” é uma delas.
Relembrando esses fatos, quero prestar minha homenagem à Hipácia, esta primeira grande mártir da cultura !

_________________
Luiz Lima Barreiros

E-mail:
clicluizlima@yahoo.com.br

2/21/2008

LURDINHA BEZERRA recomenda


O BAR E RESTAURANTE BOTTUS, além abrir de terça a domingo, serve o
melhor tucunaré no saco da cidade; e. de quebra. tem música “ao vivo” de
quinta a domingo.
Confira a programação:
Na última quinta do mês, tem chorinho com Adamor do Bandolim e convidados; na sexta MPB / MPP com Jorge Eggs, Wanderley e Marx; no sábado, a partir das dez da noite, tem samba de raiz, com Marquinhos Melodia e grupo; e no domingo sob o comando de Ivo Amanajás e - de mim. claro -Lourdinha Bezerra. tem samba desde as seis da tarde, com vários intérpretes e convidados.
E nesse domingo/24. o convidado da vez é o músico Toni Melodia, um dos melhores intérpretes de samba de Belém.
O Bar e Restaurante Bottus, fica na rua Curuçá com Soares Carneiro - Telegráfo.
APAREÇAM!!

Fique por dentro
dos pagodes da cidade

A Casa de Show Botequim, que é a opção da turma jovem há 10 anos, todas as quartas feiras recebe os melhores grupos de pagode e suinge, a partir das dez da noite. Nesta sexta feira/22, é a vez do samba de raiz com Bilão da Canção e convidados.
O botequim fica na av. Gentil Bittencourt, em frente ao Conjunto Santa Maria de Belém.

-------------------------------

Na Adega do Pisco, bar que já existe há mais de 30 anos, na Pedreira - bairro do samba e do amor, berço do samba e dos sambistas -, para quem é amante de ouvir uma boa música regada a um bom tira gosto, e só chegar nas sexta-feiras, a partir das oito da noite e puxar a cadeira.Vai se deliciar com as pérolas do samba, na voz do Grupo Varandinha que traz um repertório de samba de raiz desde Candeia, Marçal ao samba paraense de Alcyr Guimaraes e Edyr Proença.
O BAR funciona com música ‘ao vivo” de quinta a domingo.
Sabe onde fica? Ora, na Travessa Estrela com Pedro Miranda - Pedreira,, como eu disse, do samba e do amor..

-------------------------------

Na Casa de Show Romas - que fica na Estrela entre Pedro Miranda e Antonio Everdosa,, também na Pedreira - toda sexta, a partir das 23h, quem quer dançar ao som dos tamborins, é só chegar junto no balacobaco com uma das vozes mais bonitas do sambas: Toni Melodia.

-------------------------------

E para quem gosta de ouvir o que há de melhor no samba de raiz, samba de breque, samba novo, samba canção, Samba Paraense é só sintonizar, todos os sábados, na Rádio Cultura FM - 93,7 - e ficar na escuta do CLUBE DO SAMBA, de 12h as 14h.
São 17 anos levando o que há de melhor do samba.
Apresentação: Janjão; e Produção, euzinha aqui. Lourdinha Bezerra.
Sábado, meio dia, se ligue!!!!!!!!!!!!!!!!
A partir de hoje e todas as sextas-feiras, estarei por aqui.
Até pra semana.

________________
Lourdinha Bezerra
SUPLÊNCIA

É impressionante, como as discussões parlamentares ocorridas no inicio de 1982, estão aos poucos se tornando realidade. Lembro-me de um pronunciamento que fiz, contrário a eleição de suplente de senador, na época, não entendia como um cidadão poderia assumir um cargo tão importante no País, sem receber um único voto, nem o dele. O pior é que o escolhido, é sempre um parente próximo, exemplo; o suplente do então senador Jader Barbalho, era o seu pai, Laércio Barbalho, em outra ocasião o suplente do Helio Gueiros era o seu filho, Helio Gueiros Júnior. No Pará, dos três senadores, dois são suplentes, Flexa Ribeiro (PSDB), que assumiu no lugar do prefeito de Belém Duciomar Costa, ganhou de graça seis anos de mandato, o outro é José Nery (PSOL), recebeu de mão beijada, quatro anos da governadora Ana Júlia Carepa. Uma pergunta no mínimo curiosa: qual a representatividade que esses dois políticos tem em Brasília? Foram eleitos pelo povo paraense? Quem votou neles? Isso é uma vergonha, como diria o jornalista Boris Casoy. Após 26 anos, o Congresso voltou a discutir a necessidade de eleição também para os suplentes de senadores. Dos 81 senadores, quase 20% do plenário (15 senadores) alcançaram o salão azul do Congresso, volto a repetir, sem terem tido um voto sequer.

SAÚDE
Tomou posse, na última quarta-feira/20, a nova diretoria do Conselho Municipal de Saúde de Santarém, para o biênio 2008/2009. O Conselho Municipal de Saúde tem como atribuições a deliberação e a formulação de políticas de saúde para o município, a definição de prioridades, a fiscalização da aplicação dos recursos financeiros e o acompanhamento e a avaliação dos serviços. Para que se possa cumprir o que a Lei determina, o Conselho deve exercer o controle social do SUS. Isso significa dizer que cabe ao Conselho fiscalizar, planejar, propor e controlar os recursos destinados à área de Saúde no Orçamento do Município. Do mesmo modo o Conselho deve exercer o controle, o planejamento e a fiscalização do Fundo Municipal de Saúde, destinatário dos recursos a serem gastos com a saúde no município.

PROMESSA
Nossos pais já diziam, estudem meus filhos, caso contrário, no futuro, vocês vão comer o pão que o diabo amassou. Será que era uma profecia? – Não, era uma realidade que só chegaria no século XXI. Nas grandes capitais sobram vagas nas empresas e industrias, precisamos hoje de mão-de-obra qualificada, exigência do mercado atual. Aqui no Pará, estamos carente de escolas profissionalizantes, entra governo, sai governo, a oratória é a mesma, vamos construir escolas para formação profissional nas principais cidades do interior. Desde que cheguei em Santarém, há 08 anos, ouço o mesmo lari - lari, como diria o nosso Pinduca, rei do carimbó. Encontramos essa realidade nos setores da construção civil, agropecuária, mineração, siderurgia, eletricidade, hotelaria, comercio e até mesmo no setor de serviços. O que é lamentável, poucas empresas no Estado investem na qualificação profissional. Como estamos vivendo um ano eleitoral, quem sabe, se não aparece um candidato cara de pau, prometendo mais uma vez, uma escola para o nosso município. A esperança é a última que morre, e com ela, o povo brasileiro, de fome.

CAMPEÃO
Como é do conhecimento de toda população brasileira, o topo do ranking em conflitos agrários está com o Estado do Pará. A violência é mostrada freqüentemente por importantes redes de televisão em todo o Mundo. Em determinados momentos, temos a impressão que vivemos numa terra sem lei. Para muitos, corrupção e grilagem de terras virou moeda em nossa País, onde poucos ganham muito e muitos ganham pouco. Recentemente, um fazendeiro no município de Paragominas foi surpreendido por autoridades mantendo 17 trabalhadores como escravos, em situação sub humana, se alimentando de vísceras, e matando a sede com água contaminada, imagens mostradas pela Globo, Bandeirantes e Record. Será que o fazendeiro está preso? Claro que não. Acorrentados em tamanha monstruosidade, estão os trabalhadores que foram humilhados e enganados por um cidadão que só pensa em enriquecer, as custas da desgraça do próximo e quando morrer, não vai levar absolutamente nada, até porque, caixão não tem gaveta. As nossas autoridades precisam urgentemente implantar em nosso Estado, políticas públicas mais eficazes para os graves problemas das questões fundiárias, que a cada dia estão longe de serem resolvidas.

DENGUE
Apesar de estar em Brasília, o deputado federal Lira Maia (DEM-PA), está preocupado com a dengue em nosso município e já enviou ofício ao Ministro da Saúde, José Temporão, solicitando que seja enviada uma força tarefa para Santarém, reunindo os órgãos de saúde, no sentido de evitar a proliferação do mosquito Aeds Aegypti transmissor da doença. O deputado argumenta que em virtude das fortes chuvas, que aumentam nesta época do ano em nossa região e que na semana passada um tenente da Marinha e uma criança de 7 anos, faleceram de dengue hemorrágica.

HOSPITAL REGIONAL
A Secretária de Saúde do Estado, Laura Rossetti, acompanhada do vice-governador Odair Corrêa, esteve em Santarém na última quarta-feira/20, com o objetivo de organizar os serviços que estão sendo oferecidos pelo Hospital à população do Oeste do Pará. Segundo a Secretária, estão em pleno funcionamento os serviços de diagnósticos por imagem, UTI adulta e infantil, cirurgias eletivas, otorrino e fonoaudiologia, fisioterapia e clinica médica. Os outros serviços de urgência e emergência continuarão sendo realizados pelo Hospital Municipal. “Seria uma irresponsabilidade muito grande colocar o Hospital Regional para funcionar no momento, vamos aguardar, breve estaremos oferecendo tratamento para o câncer”, disse Laura Rossetti.

MOTINHAS
______________________
Através de Emenda conjunta na Lei Orçamentária de 2008, os Deputados Carlos Martins (PT), Alexandre Von (PSDB) e Antônio Rocha (PMDB), alocaram recursos financeiros destinados a pavimentação e restauração dos 10 Km iniciais da rodovia Everaldo Martins - PA 457 (Santarém-Alter-do-Chão), no valor de R$ 2.000.000,00 (Dois milhões de reais). ●●● Vice-governador Odair Corrêa, participa nesta sexta-feira22, em Manaus (AM), de um Congresso com a participação do Ministro do trabalho, Carlos Lupi, na oportunidade, Odair apresenta a proposta para a criação do Ministério da Amazônia. ●●● Site da Câmara Municipal de Santarém está no ar. A informação é do vereador José Maria Tapajós (PMDB). Agora a população poderá reivindicar, enviar sugestões e acompanhar os trabalhos de todos os vereadores, disse o vereador.
www.camaradesantarem.pa.gov.br ●●● Av. Rui Barbosa ficou uma beleza com a operação tapa-buraco, falta a São Sebastião, uma importante via de escoamento. Com a palavra o competente secretário Peterson Diniz. ●●● Declaração divulgada pela Associação Brasileira de Imprensa (Abim), mostra 'extremada preocupação' com o conjunto de ações judiciais ajuizadas contra veículos de comunicação e jornalistas por pastores da Igreja Universal do Reino de Deus. Ainda bem que é em São Paulo. ●●● Deputado federal Zé Geraldo (PT), antecipa que as escolas técnicas profissionalizantes de Bragança, Conceição do Araguaia, Santarém, Abaetetuba e Itaituba estarão concluídas até o final de 2009. Já é um consolo. ●●● O PSDB quer definir uma aliança com Duciomar para a eleição de Belém até o final do mês. O prefeito, porém, não tem pressa, está em primeiro nas pesquisas. ●●● Vereador Valdir Matias Jr (PV), lançou esta semana seu blog – valdirmatiasjr.org – o objetivo é dar maior transparência e prestar contas de sua atuação parlamentar. ●●● Grande Jorjão está em Santarém, veio de Belém curtir alguns dias de relex na sua querida Belterra. Bem vindo companheiro. ●●● Nesta sexta-feira/22, o navio Royal Princess, de bandeira inglesa, retorna a Santarém trazendo centenas de turistas. Quando o navio chegar à cidade, será recepcionado pela Filarmônica Municipal Professor José Agostinho. ●●● Ano passado o CR anunciou com direito a Press Release o lançamento do seu cartão de crédito (Mastercard), não aconteceu. Está anunciando novamente para esta sexta-feira/22. Será novo engodo? ●●● Ufa, final de semana, nesta sexta/(22, vou curtir uma loira gelada (Nova Schin), na seresta do Fluminense, com Milton & Milena. Fui.

2/20/2008

Outeiro é “Sub-Prefeitura”


O amigo Augusto Emílio Castelo Branco Barata, o “Baratão” para os mais chegados, insiste em grafar em seu blog, Outeiro como “Agência Distrital”. Ocorre que simpático lugarejo da ilha de Caratateua, deixou de ser “agência” desde 1995^, quando o então prefeito Hélio Gueiros sancionou a lei que o transformou em “Administração Regional”, ou seja, uma sub-prefeitura.
Querem prova?
Dêem uma olhada dno texto da Lei:


LEI Nº 7.753, DE 17 DE MAIO DE 1995


Altera a estrutura da administração direta da Prefeitura Municipal de Belém, cria a Administração Regional do Outeiro (AROUT) e dá outras providências.
A CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM estatui e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º Fica criada a Administração Regional do Outeiro (AROUT), órgão de gestão regional, diretamente subordinada ao Chefe do Executivo Municipal.
Art. 2º A estrutura organizacional da Administração Regional a qual se refere esta Lei, terá a seguinte constituição:
1. Administrador Regional
2. Núcleo Regional de Planejamento
3. Gabinete
4. Departamento de Administração
5. Departamento de Desenvolvimento Urbano e Meio ambiente
6. Departamento de Desenvolvimento Social.
Art. 3º Compete à Administração Regional do Outeiro (AROUT) representar o Executivo Municipal nos aspectos da Administração Pública de caráter local, dentro dos limites do Distrito Administrativo do Outeiro, expressa pelas seguintes atividades:
1. Estabelecer diretrizes locais de ação, compatibilizando -as com a política global de governo;
2. Desenvolver programas, planos e projetos regionais de acordo com as diretrizes globais setoriais de governo;
3. Programar, executar e controlar as atividades setoriais, específicas de âmbito de sua jurisdição administrativa;
4. Manter estreita articulação com os órgãos da Administração direta e Indireta do Município, de modo a viabilizar o funcionamento da Administração Regional como polo integrador dos serviços prestados à população;
5. Implementar o processo de Gestão Democrática promovendo a efetiva participação popular;
6. Manter acompanhamento e controle das ações desenvolvidas na Região, inclusive por órgãos não vinculados à Prefeitura Municipal de Belém;
7. Estabelecer a aplicação e controle de normas e diretrizes específicas setoriais delegadas ao seu nível de competência;
8. Realizar e estimular pesquisas, visando melhor conhecimento da realidade regional.
Art. 4º Fica criados os seguinte cargos do Quadro de Provimento em Comissão e Quadro de Funções Gratificadas de que trata o art. 6º, II e III da Lei 7.453 de 5 de julho de 1989:
a) PMB DAS-201.10– 01 (um) Administrador Regional
b) PMB DAS-201.9- 01 (um) Diretor Geral
c) PMB DAS-201.8- 01 (UM) Chefe de Núcleo - 03 (três) Diretores de Departamentos
d) PMB DAS-201,7- 01 (um) Chefe de Gabinete - 09 (nove) Chefes de divisões
e) PMB DAS-202.7 - 03 (três) Assessores
f) PMB DAS-202.6 - 03 (três) Assessores
g) PMB DAS-202.3 - 06 (seis) Chefes de Seções
Art. 5º Fica aprovado o Quadro de Cargos Efetivos e Comissionados de direção e Assessoramento Superior Superior da Administração Regional do Outeiro (AROUT), parte integrante desta Lei.
Art. 6º Os cargos e funções do quadro de Pessoal da Administração Regional do Outeiro (AROUT) serão providos conforme determina a legislação em vigor, especialmente a Lei 7.502, de 20 de dezembro de 1990.
Art. 7º Fica extinta a Agência distrital de Outeiro, ficando os recursos a ela destinados alocados à Administração Regional do Outeiro (AROUT)).
Art. 8º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM, 17 de maio de 1995.

HÉLIO MOTA GUEIROS
Prefeito Municipal de Belém

2/18/2008

Ilhas e trilhas de Belém na rota do turismo


Foto: Elivaldo Pamplona






A Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur) está desenvolvendo um trabalho de incentivo e fortalecimento de atividades turísticas nas ilhas e comunidades ribeirinhas de Belém, principalmente nos distritos de Outeiro e Mosqueiro. Com esse objetivo vem realizando visitas técnicas nessas localidades visando estudos de viabilidade de novas trilhas turísticas.
Segundo Wady Khayat, coordenador da Belemtur, Mosqueiro, Outeiro, Icoaraci e Belém oferecem boas opções de trilhas e há uma demanda de visitantes que precisa ser incentivada para descobrir esses espaços. Um exemplo, diz ele, é o Parque Municipal da Ilha do Mosqueiro, uma unidade de conservação formada pelas ilhas do Cotovelo, Terra Alta e Carará, ladeada pelos rios Murubira e Tamanduá. São três mil metros de trilhas ecológicas.
O Parque fica ao lado dos igarapés Tamanduá e Cajueiro e pelo rio Murubira. A Ilha de Combu, que faz parte de Outeiro, é também uma opção para quem busca o ecoturismo e está entre as mais visitadas. Distante apenas 1,5 km ao sul de Belém, é acessível através de passeios diários em embarcações que saem da Praça Princesa Izabel e da Estação das Docas, em caso de pacotes fechados pelas agências de turismo. Novos Roteiros - Esta semana duas visitas técnicas aconteceram na comunidade de Caratateua, em Outeiro. Além do coordenador da Belemtur, participaram representantes do Ecomuseu da Amazônia, ligado à Secretaria Municipal de Educação (Semec), Escola Bosque, Gerência Regional do distrito e Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet-Pará).
A nova trilha, que está sendo avaliada, envolve 870 metros a partir da Escola de Pesca, na rua Evandro Bonna com a passagem São José, conhecida também como passagem Olho D´água, pela abundância de fontes naturais de água que jorram da floresta. O roteiro envolve 10 minutos de caminhada na floresta densa, com direito a apreciar vegetação típica da Amazônia, incluindo árvores frutíferas como açaí, cupuaçu, abio, bacuri, cacau, jaca e tucumã.
Árvores centenárias de eucaliptos e seringueiras também podem ser observadas. Uma primeira parada é em um trapiche de madeira às margens de um braço do rio Maguari, de onde dá para observar o processo de desenvolvimento de caranguejos e a alta e baixa da maré.

"Tem Tem" -Seguindo pela trilha é encontrado um lugar inusitado, o Barracão do Tem Tem, residência humilde de um casal de ribeirinhos que é referência para a cultura local. Fica na comunidade Trindade, bairro de Itaiteua.
"Aqui recebemos a comunidade e realizamos os ensaios do nosso grupos folclórico de cordão de pássaros, pastorinhas, folia de reis e carimbó, conta Jorsonleide Paes, de 72 anos, mais conhecida como Dona Zula. O grupo, que já se apresentou fora do Estado, tem 35 dançarinos, todos da própria comunidade, entre eles, o pescador José Demétrio Cardoso, de 75 anos, esposo de Dona Zula. Ele interpreta o matuto do "Pássaro" e é muito querido no grupo, que tem apresentações registradas em DVD e no livro "Brincadeiras de Mestre".
Wady Khayat informou que a Belemtur vai captar apoio institucional da Prefeitura para garantir melhorias do Barracão do Tem Tem para que seja uma referência cultural e até gastronômica aos turistas que visitarem a trilha.

Alternativas - O estudante de turismo e hospitalidade do Cefet, Gleidson da Silva, 23 anos, acompanhou a visita técnica e aprovou a iniciativa. Para ele, que é estagiário do Ecomuseu da Amazônia, "é importante que Belém ofereça alternativas a quem aprecia o turismo". Eliana Costa, técnica do Ecomuseu, avaliou positivamente a área e disse que antes de abrir a trilha ao público, "é preciso um estudo minucioso, um mapeamento das inúmeras espécies nativas do local".
A turismóloga da Belemtur Luciana Mendes ressaltou que, além dos atrativos naturais que a nova trilha vai oferecer aos turistas Outeiro tem outras alternativas para oferecer ao visitante. Além das praias e balneários o artesanato e a cerâmica são diferenciais importantes.

Cerâmicas - A equipe técnica também conheceu o processo de fabricação de cerâmicas de Caratateua, que tem como principal produtor o artesão Luiz Reis, aprendiz do Mestre Cardoso, ícone da cerâmica em Icoaraci e reconhecido nacional e internacionalmente.
Luiz conta que após trabalhar 23 anos em Icoaraci resolveu investir na cerâmica de Caratateua. A inspiração veio depois de receber uma encomenda de 40 peças do México. Exportadas para os Estados Unidos, foram feitas de acordo com o gosto do cliente, com traços e características mexicanas mas com uma forte influência do artista.
Com um trabalho reconhecido no Pará e em São Paulo, especialmente, Luiz exporta hoje para o Canadá, EUA, Japão, entre outros países. Mas, o principal consumidor está bem pertinho, é Icoaraci, conta o artesão, enquanto prepara mais uma de suas peças, que foram caracterizadas ao substituir os traços marajoaras e tapajônicos por simbologias atuais, da própria comunidade, como desenhos de peixes, plantas nativas, ondas de rios, etc.
O processo de avaliação da nova trilha, em Caratateua, deve ser concluído até o final do mês, segundo o coordenador da Belemtur. Ele afirma que a trilha deverá ser inaugurada em março, quando a Prefeitura vai inaugurar também a Escola de Pesca, que vai atender as famílias de ribeirinhos, melhorando as técnicas e práticas de pesca na comunidade.
______________
Benigna Soares

Coluna do HP



A banalização da música


Como era gostoso e relaxante a gente ouvir no rádio o locutor anunciar: “agora com a Orquestra Brasileira de Espetáculos, Luar de Nápoles" ou “você ouviu Francisco Petrônio, O Baile da Saudade", ou até mesmo, “com vocês os olhos azuis que cantam, Franck Sinatra, Fly Me to the Moon". São músicas que o rádio esqueceu, mas que tinham conteúdo, melodia e poesia.
Poderíamos enumerar muitas mais como: Teus Olhos, do Tito Madi, Dio Come te Amo, da Gigliola Cinquetti, e os célebres Beatles. Hoje se quisermos ouvir música de qualidade temos que particularizar esta audição, porque nossas rádios infelizmente não as tocam mais, a não ser as emissoras mais seletas como Cultura FM, UNAMA FM e Diário FM, que além da programação chamada classe A, primam pela nossa "praia", rodando a MPP - Música Popular Paraense, no caso da Cultura e da UNAMA.
A Diário FM vai mais pelo cast internacional. Mas o que queremos enfatizar é a banalização geral daquilo que antes enternecia nossos ouvidos. É comum as nossas emissoras colocarem em evidência músicas com os seguintes títulos: Minha Periquita, Mulher Safada, Eguinha Pocotó e outras. Não tem nexo, uma pessoa gritando e repetindo o mesmo refrão várias vezes, e pensar que está cantando o tal "brega melody, tecno brega e outras coisas".
Achamos que todo mundo tem direito a um espaço em todos os setores, e na música não é diferente, mas gostaríamos que houvesse melhor seleção, um critério mais abalizado antes de lançar estas "pérolas culturais" aos nossos ouvidos. Aqui mesmo no Pará temos um acervo musical excelente nas vozes de Nilson Chaves, Pedrinho Cavalero, Maria Lídia, Lucinha Bastos, Marco Monteiro, Andréa Pinheiro e outros. Vamos valorizar esta turma, santo de casa faz milagre sim. Destacamos o Calypso, que apesar do perfil musical não muito recomendável, eleva o nome da música do Pará em outras plagas.
Vamos tocar e ouvir mais carimbó que é coisa nossa e esquecer um pouco o axé baiano. Poupem-nos de peças musicais onde as garotas endeuzam os "famosos" DJS, das aparelhagens sonoras. Tem uma música onde uma menina se declara para um tal DJ Chico Doido, onde a letra repete várias vezes o nome do homenageado. E a gente tem que ouvir? Aí alguém diz: mude de estação! Se o fazemos, lá está o Chico Doido. Então desliga. É isso que não queremos, apagar nossos rádios por causa do péssimo gosto musical de alguns.
Que os DJS tenham seus fãs clubes, e recebem homenagens musicais, mas que toquem apenas em seus aparelhos para a turma que gosta, nada contra, mas empurrar numa geral é pesado demais.
Haja
Paz, sempre


hamiltonpinheiro_1@hotmail.com

José Wilson Malheiros



UM GOLPE NO RACISMO

Quem não se lembra da epopéia dos negros nos Estados Unidos da América nos anos sessenta, enfrentando de peito aberto o preconceito racial.
Martin Luther King e outros líderes enfrentaram um sistema que praticava o “apartheid” explícito, principalmente no Sul, pela herança da diabólica Guerra de Secessão, que de romântica e glamurosa nada tem, como insistem nos mostrar certas produções hollywoodianas, entre as quais destaco “E o vento levou” que como arte cinematográfica tem muitos méritos, mas, como retrato da realidade muito deixa a desejar, principalmente quando tenta pasteurizar e edulcorar a personalidade e a estória da confederada Scarlet O Hara.
Os oprimidos foram para as ruas e praças exigir a justa igualdade de direitos, pois afinal de contas, todos somos filhos de Deus e nessa condição ninguém é melhor do que seu semelhante, nem por questões de raça, credos, pensamentos, nacionalidades etc.
O episódio da garotinha entrando na escola feita apenas para brancos, escoltada pela polícia, ficou eternizado pelas câmeras da imprensa é um ícone, um marco nessa luta que, bem lá no fundo é de todos nós.
A novela das oito em um de nossos canais televisivos está aí, mostrando e batendo na cara de quem ainda se julga com privilégios por causa da posição social e da cor da pele.
Mas eu falo agora de um homem. O Sr. Barak Obama. Negro, oriundo de um dos mais pobres estados da federação americana, o Hawai, conseguiu – e sabemos como é difícil subir os degraus dessa escada – projetar-se a nível nacional.
Alguém poderia, em sã consciência, em tempos nem tão remotos assim, acreditar que isso pudesse acontecer?
Um cidadão da raça negra disputando o cargo mais poderoso do mundo, a Casa Branca, com boas chances de se tornar vitorioso?
A leitura que faço destes fatos é que algo está mudando na grande nação do norte, construída, como a nossa, de imigrantes dos mais diversos matizes.
E no Brasil? Quando teremos um irmão negro disputando a Presidência da República?
Quando é que começaremos, em realidade, baixar o véu da hipocrisia velada que ainda contamina nossas elites?
E não me refiro somente aos negros. Outro dia, uma cantora famosa da Bahia, de família tradicional nas artes da música, deixou escapar uma frase horrorosa, em que condenava os Judeus “por terem matado Cristo”.
Quanta bobagem, quanta ignorância. No caso dos Judeus, sabe-se que a acusação de haverem matado o Messias foi uma grande jogada marqueteira do Império Romano para colocar o Cristianismo como religião oficial, diminuir a resistência judaica e consolidar-se no poder como podemos ver consultando a Bíblia e os bons livros de história.
Muitas nações ricas construíram sua opulência a custa do sacrifício dos mais pobres colonizados e espoliados por muitos séculos.
Sim, chegou o momento de parar de gastar tanto dinheiro em armamentos para ajudar, por exemplo, nossos irmãos da África.
O advento da Nova Era chama toda a humanidade para essa tarefa. Mãos a obra!

www.wilsonmalheiros.mus.br

Tribuna do Álvaro Lorge



ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Estamos, praticamente, às vésperas das eleições municipais, edição-2008. A classe política, e, por extensão, também o seu eleitorado, vive e respira oxigênio da campanha eleitoral, que tem, nos profissionais da comunicação, a sua mais importante ferramenta na arte de criar votos. E, para vencer a corrida eleitoral, há um verdadeiro exército de prontidão, como soem ser: jornalistas, publicitários e marqueteiros que se desdobram no árduo e defeca caminho até as urnas. Eles não são santos, mas fazem verdadeiros milagres quando o assunto é eleição, com ou sem poder econômico, porque é possível um “azarão” pobre vencer o milionário que apostou apenas na pesquisa, sem contudo,conseguir levar a todo os segmentos da sociedade, fácil interpretação de suas propostas de políticas públicas, porque as vezes vendem ilusão, na tentativa de se identificar como um estadista, para a solução de todos os problemas. O apanágio da consciência do estadista, é o sentimento de responsabilidade pelos problemas , sentimento que lhe impõe o dever incessante e indeclinável de lhes dar solução. A essa qualidade, nem todos possuem. Mas, permanecem na luta, porque quem não luta, não sabe o que é a luta.
São desdobramentos relacionados com a ética que deve ser –sem disfarces. Pois, a ética como padrão de comportamento, é um todo inteiriço de personalidade própria. Abrange a conduta humana do ponto de vista do bem e do mal. A partir daí, o homem se pauta por valores que freqüentemente flutuam entre os extremos da escala moral. Temos a par do comportamento ético, posturas marginais se manifestando como poses anti-éticas, não éticas, quase-éticas, meio-éticas, etc.
E, predominando sobre todas essas vertentes, o famoso comportamento acético, de presença freqüente no vocabulário dos que utilizam o cartão corporativo, pago com o dinheiro do contribuinte. Vivemos,então o primado de uma “ética relativa”, permissiva.
QUANDO AS PESQUISAS FALHAM
Em 1974, nas 16 derrotas que abalaram o governo militar, os institutos de pesquisa falharam redondamente em dois casos: Rio Grande do Norte e São Paulo. No Rio Grande do Norte, a ARENA, partido do governo, tinha tudo para ganhar a eleição e o MDB tinha tudo para perder. A ARENA controlava mais de 90% dos 144 prefeitos, contando ainda com dois senadores, quatro deputados federais e doze estaduais. O MDB tinha somente 6 deputados estaduais, 2 federais e 1 senador, e seus diretórios estavam organizados em somente um terço dos municípios do Estado. Os candidatos em confronto para o Senado eram de um lado Djalma Marinho, homem culto reconhecido como talentoso por todo país pela ARENA; do outro lado, o ex-marinheiro Agenor Maria, pela oposição. É evidente que ninguém levou a sério a candidatura de Agenor que de 68 a 74, ficou fora da política, até que o antigo MDB foi buscá-lo, por não ter outra opção, para disputar a senatoria contra o culto e preparado Djalma Marinho. De inicio, poucos acreditaram nas chances do candidato do MDB. Porém, para mostrar, mais uma vez, que nem sempre o dinheiro, o poder, e as pesquisas podem ganhar eleição, Agenor Maria começou logo a campanha desafiando o candidato Djalma Marinho para um debate público na televisão (ressalte-se que a ARENA apresentava Agenor como um marinheiro com tatuagens pelo corpo, um agricultor analfabeto que nada tinha a dizer ao povo). Seu objetivo era mostrar que eleições também são ganhas com perspicácia, com inteligência, com a colaboração de uma adequada estratégia de campanha.
Na ocasião do desafio, Djalma Marinho disse:”não poderei nunca debater com esse rapaz – nada tenho a aprender com ele e ele está velho para que eu possa ensinar-lhe qualquer coisa”.
Essa demonstração de auto-suficiência não ganhou simpatia popular. E, Agenor dando um verdadeiro golpe de judô eleitoral em Djalma Marinho, declarou ao público: “Convidei meu letrado, doutor e culto opositor da estirpe, da elite udenista para um debate aqui. Ele não aceitou para me humilhar. Mas, imbatível, só Deus. Não temo a cultura dele. Não disputo uma cadeira na Academia Brasileira de Letras, mas uma cadeira de representante popular. O que interessa a mim e ao povo não é discutir literatura francesa, nem autores estrangeiros, e sim o arrocho salarial, a marginalização do homem do campo, o 477. Essa campanha de humilhação contra mim despertou a classe universitária, que me convidou para um debate na Faculdade de Comunicação. Tinha lá uma multidão. Contei minha vida, minhas lutas, minhas idéias, meus planos para o Senado. Quando acabei o debate, a salva de palmas foi grande demais para os meus méritos. Senti que os estudantes estavam comigo”.
Houve um comício de Agenor Maria, em Mossoró, que começou às 19 horas e acabou às 10 horas da manhã do dia seguinte com passeatas e comícios por todos os bairros.
Comentando posteriormente o resultado das eleições, em Brasília, Agenor Maria afirmou com humildade:”não fui eu quem derrotou a ARENA, foi o povo. O Dr. Djalma Marinho está intrigado comigo,não sei porquê. Ele é um homem sério, um homem sábio, um homem de bem. Sou culpado por ele ter perdido a eleição? O discurso do Djalma na convenção da ARENA foi muito bonito, mas tinha umas dez palavras que eu não entendi e não encontrei no dicionário. Ele ainda citou um tal de Robles (referência ao famoso filósofo político inglês Thomas Hobbes) que eu não consegui entender quem ´´e, nem achei quem me explicasse. É por isso que na campanha uma pessoa disse: Vou votar em Djalma porque ele tem muita cultura e Agenor é um burro. E um outro respondeu: - Prefiro um burro trabalhando do que um trator parado. E, continuou Agenor Maria: Não fiquem pensando que sou contra quem sabe. Ao contrário, eu sempre lutei para o povo melhorar.O que não se pode é desprezar o povo, e não se dar a ele oportunidade de estudar. Eu,por exemplo, só tenho o ginásio que fiz como marinheiro, no Colégio Plínio Leite,de Niterói. Agora, aqui em Brasília,já que sou Senador, vou fazer madureza, depois Direito. Sempre foi meu sonho estudar advocacia, ai ninguém me segura. E,na realidade fez todos esses cursos, destacando-se como advogado e parlamentar.
A vitória de Agenor Maria, em 74, encerrou, em estado bruto, uma série de princípios elementares de marketing político. Eles foram aplicados por um homem que nem sabia o que era marketing político, mas que era dotado de extraordinário bom-senso e notável empatia para as coisas populares.E marketing político, apóia-se não só em conhecimentos técnicos, mas muito também em bom-senso e sabedoria política. Essas duas qualidades no pleito de 74, no Rio Grande do Norte, sem dúvida, faltaram ao culto, inteligente e bravo Djalma Marinho.
VOTO DE CABRESTO
O voto de cabresto é uma modalidade da fraude eleitoral de natureza psicológica, onde alguém procura eleitores desprotegidos a votar em determinado candidato, sob o argumento de que quebrará o sigilo do voto podendo identificar em quem o eleitor votou
No sistema da votação tradicional existia uma forma muito difundida de se conseguir quebrar o sigilo do voto de eleitores intimidados. Era chamado de voto-carreirinha e se valia do fato do eleitor depositar seu voto em papel nas urnas. Consistia em fazer que cada eleitor levasse consigo uma cédula oficial já preenchida quando entrasse para votar, a depositasse na urna e trouxesse sua cédula vazia para fora da seção eleitoral. A primeira cédula para dar partida ao processo era obtida com um mesário conivente.
A técnica para impedir a fraude era numerar as cédulas externamente, de 1 a 5 por exemplo, dá-las em seqüência aos eleitores e verificar se este depositava a mesma cédula que recebeu. Mas não era prática que a Justiça Eleitoral impunha aos mesários de forma que a fraude só persistiu até que, com a adoção das urnas eletrônicas, o eleitor deixou de depositar o voto em urnas de lona, desarticulando o esquema.

2/17/2008

Lourdinha Bezerra foi premiada no XXVIII Baile dos Artistas


A jornalista Maria de Lourdes Cantanhede Bezerra ou simplesmente Lurdinha Bezerra recebeu o Prêmio “Incentivo a Cultura”, durante a realização do XXVIII Baile dos Artistas realizado recentemente no Hotel Crowen Plaza, por seu trabalho de quase 25 promovendo a cultura, a arte e a música através do rádio; dezoito dos quais na Rádio Cultura FM, como programadora e produtora de vários programas, sendo o mais famoso o Clube do Samba, apresentado aos sábados, partir do meio dia, juntamente com o comunicador Janjão.
Também foram premiados, Edyr Gaia e Ronaldo Franco, como destaques em Jornalismo; as cantoras Juliana Sininbú e Patricia Rabelo, destaques em Música; Renato Gusmão, Literatura e outros. A Rainha do XXVIII baile foi Janaína Reis, e o Principe. o músico e diretor do Centur, Gerson Araújo. A atração ficou por conta do irreverente Eloy Iglesias e sua “Charanga do Fofó”. A mestre de cerimonias foi a bailarina, professora e coreógrafa Clara Pinto.
Do eixo nacional participaram do XXVIII Baile dos Artistas a paraenssissima Rosamaria Maria Murtinho – que entregou o troféu a Lurdinha, como se vê na foto -, “a gostosona dos anos 80’ Magda Cotrofé, e mais uma pá de nomes de destaque do eixo global. O tradicional Baile dos Artistas é coordenado há vários anos por Agenor De Valle e Rosemarie.
Lurdinha Bezerra, cujo nome é sinônimo de samba, é jornalista – fará 25 anos de formada em dezembro próximo. Integrou a primeira turma de Comunicação da UFPa. em 1980 –; e nesses cinco lustros já ajudou muita gente.
A nossa Lurdinha (Lurdinha? Lurdona!) foi a mais votada para a quesito “Incentivo a Cultura”, o que para ela representou não apenas uma surpresa que a deixou muito feliz; e como próprio nome do prêmio diz, “um inventivo para continuar a luta em prol da Cultura através do Rádio”. Ele encerra a informação: “Quem gostou e aplaudiu que me mandem flores em vida”
Só flores, fofona? Você merece tudo. (A.F.)

CRÔNICA

Em 2008, só nos resta relaxar e gozar

Brasília (12 de fevereiro) – Diz-se que o ano recomeça depois do Carnaval. Na semana seguinte, estudantes enfeitam as ruas e o movimento na Rodoviária do Plano Piloto aumenta visivelmente, quando 400 mil brasilienses transitam por ali, todos os dias. É verão no Hemisfério Sul, mas já não chove em Brasília. A temperatura oscila em torno de 25 graus; o calor parece maior devido à secura do ar.
À caminho do Congresso, paro no Conjunto Nacional, um shopping, com esse nome horroroso, ao lado da Rodoviária do Plano Piloto e defronte ao Teatro Nacional. À noite, a fachada do Conjunto Nacional remete-me ao filme O Caçador de Andróides, de Ridley Scott. Almoço no restaurante Torre de Pisa, onde se pode comer peixe frito em conta e decente. É cedo e a praça de alimentação do shopping ainda não lotou. O jornalista Arthur Herdy, grande conhecedor da fauna brasiliense, chama a essa praça de alimentação, à noite, de “praça do pau mole”, pois fica cheia de aposentados, muitos dos quais, militares, que suspiram relembrando seus bons tempos de ditadura.
Às vezes, tomo meu habitual espresso (com ésse mesmo) no Café Doce Café, situado no átrio central do shopping. O espresso de lá é horrível, de puro robusta, de modo que peço um curto, mais encorpado e fácil de ser tragado. O bom do Café Doce Café é que se trata do melhor posto de observação. Brasília é uma cidade cheia de mulheres estonteantes e seus shoppings, passarelas delas. Do meu posto, observo-as, lindas e inacessíveis, como algumas mulheres que só vemos nos grandes aeroportos, de madrugada. São, para mim, um exercício ao escritor. Aquela é da Amazônia – farejo, sentindo no coração, de repente, a brisa de jasmim em noite tórrida e maresia que as antecedem.
Às vezes, encontro conhecidos. Outro dia, encontrei o Danúbio Rodrigues, tradutor para a Editora Record do romance Ninguém Escreve ao Coronel, de Gabriel García Márques. Danúbio é um jornalista veterano, leitor ávido, um bom papo. Estendo a estada no café. Outro que já encontrei foi o escritor Áureo Mello, que trata uma personagem que criei, no conto Inferno Verde, o sinistro Cara de Catarro, como se fosse alguém vivo. Do Café Doce Café estico até a Livraria Sódiler, para ver os últimos best-sellers.
Chega um momento em que a vagabundagem, que me ajuda a carregar as baterias da criação, precisa ser encerrada. Sigo, então, para a Comissão de Meio Ambiente da Câmara, para quem presto, no momento, assessoria de imprensa. Os corredores e subterrâneos do Congresso Nacional estão quase vazios. A farsa, este ano, ainda não começou, embora há uma semana do Carnaval.
Falar em Carnaval, aos amapaenses ainda eufóricos com os quinze minutos de fama nas asas da Escola de Samba Beija-Flor, que cantou as bacabas do Amapá no Sambódromo, resta pagar a dinheirama que o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), e o prefeito de Macapá, João Henrique Pimental (ex-PT), ambos atolados em uma piscina de corrupção, deram ao bicheiro Aniz Abrahão David, presidente da escola bicampeã do Carnaval carioca.
De modo geral, a nós, amazônidas, 2008, como 2009 e 2010, nos reserva Lula, que não coaxa sério, e a Amazônia continuará sendo arrasada. Assim, só nos restará seguir a orientação da ministra do Turismo, Marta Suplicy: relaxar e gozar.

2/14/2008


DENGUE

O secretário adjunto de Saúde Pública do Pará, Walter Amoras, apresentou os números de casos de dengues registrados no Estado em 2007 e as ações para combater a doença em 2008. Segundo o relatório, em 2007 foram notificados 15.387 casos de dengue no Pará, sendo 56 de febre hemorrágica, que resultaram em 16 óbitos. Belém teve o maior número de casos de dengue - 4.730. Os registros apontam 26 casos de dengue hemorrágica e quatro óbitos confirmados, totalizando mais de 50% dos casos de dengue hemorrágica só na capital.

DENGUE II

Itaituba, no sudoeste paraense, apresentou o segundo maior número de casos de dengue ano passado - 850 vítimas -, seguido de Castanhal (nordeste), com 639 casos, Parauapebas (sudeste), com 571, e Redenção (sul), com 535. Walter Amoras anunciou que a Sespa está trabalhando para diminuir esses índices em 2008, investindo na capacitação de profissionais e na criação de ações de combate ao mosquito. “Mas é importante lembrar que, sem a ajuda da sociedade, o esforço da secretaria não será suficiente”, reforçou. Uma dessas ações é a parceria com o Sipam, que consiste no mapeamento de áreas que apresentam caixas d’água abertas, piscinas e terrenos baldios. O objetivo é identificar os locais que podem ser criadouros de Aedes aegypti, para que as equipes consigam canalizar as ações de vigilância onde há um perigo maior de formação de focos do mosquito.

DENGUE III

Será realizado nesta sexta-feir/15, a partir das 08 horas da manhã, nos bairros Livramento e São José Operário um arrastão de combate à dengue. A iniciativa da programação é dos integrantes do PACS – Programa de Agentes Comunitários de Saúde, que atuam nos dois bairros. De acordo com o responsável pelo PACS Livramento/São José Operário, enfermeiro Anderson Cavalcante, os Agentes de Endemias da Divisão de Vigilância em Saúde e os Agentes Comunitários de Saúde vão visitar as casas e orientar os moradores. Além disso, em frente ao Centro de Saúde do Livramento (Rua Tupaiulândia com Dom Frederico Costa), será instalada uma tenda, onde serão realizadas diversas ações de combate ao mosquito transmissor da dengue. As atividades também serão levadas às escolas Magalhães Barata, São José Operário, Maria de Lourdes Almeida e Belo de Carvalho. O arrastão conta com a parceria das Associações de Moradores do Livramento e do São José Operário, Clean Sevice, Secretaria Municipal de Transportes e Secretaria Municipal de Saúde.

ELEIÇÕES 2008
O cenário eleitoral deve apresentar até as eleições algumas mudanças. Dos doze partidos com representatividade na Assembléia Legislativa do Estado, pelo menos seis devem apresentar-se como pré-candidatos ao pleito municipal este ano. O PSDB é o partido que apresenta o maior número de possíveis candidatos, cinco ao todo: Manoel Pioneiro (Ananindeua), Tetê Santos (Palestina do Pará), Bosco Gabriel (Paragominas), Alexandre Von (Santarém) e André Dias, que, nos bastidores, anda ensaiando uma possível aliança com o PTB como vice-prefeito na chapa de Duciomar Costa. Pela legenda peemedebista, Antônio Rocha (Santarém), Luiz Anaice (Marituba), Josefina Carmo (Almeirim) e o presidente da Casa, Domingos Juvenil (Altamira), figuram na lista de pretendentes à disputa eleitoral. Caso Juvenil, desista de sua candidatura, o caminho eleitoral em Altamira ficaria livre para uma candidatura petista, que poderia ser do atual líder de governo, Aírton Faleiro.

ELEIÇÕES 2008 II
Na ala petista, também são cogitadas as candidaturas das deputadas Bernadete ten Caten, para a Prefeitura de Marabá, e Regina Barata, para a de Belém. A parlamentar, provavelmente enfrentará na capital os também colegas de parlamento Cássio Andrade (PSB) e Arnaldo Jordy (PPS), caso eles também confirmem suas candidaturas para prefeito em outubro. O PPS também pretende lançar o deputado João Salame a prefeito de Marabá, com a anuência do grupo do atual prefeito Tião Miranda, enquanto o PTB aposta na candidatura de Júnior Ferrari, em Oriximiná, numa composição com o PMDB local.
TEMPORÁRIOS

O movimento dos servidores estaduais temporários do Pará amarga mais uma derrota. A edição do Diário Oficial do Estado no inicio da semana publicou os distratos dos 47 defensores públicos que conseguiram, a partir de uma sentença favorável do Tribunal de Justiça (TJE), se manter no cargo por não ter ocorrido concurso público para esta função. As portarias são efeito da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu, a pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE), a execução de liminares que impediam a demissão de temporários no Pará.

TUDO BEM

Deputado federal Lira Maia (DEM-PA), ao realizar exames de rotina em Goiânia, foi submetido a uma angioplastia, no sábado, para a retirada de gordura da parede de vasos sanguíneos. Lira Maia retomou atividades parlamentares na segunda feira/11, em Brasília, depois de receber alta hospitalar no domingo. O deputado tranqüilizou seus familiares, amigos e correligionários através do programa do radialista Jorge Carlos, da Guarany FM, onde afirmou que seus estado de saúde é bom, e que está pronto para mais uma disputa eleitoral.

MOTOCICLISTAS

Já está tudo definido para a realização do Curso de Formação de Condutores de Motocicletas organizado pela Secretaria Municipal de Transporte Público e Trânsito (SMT). As inscrições começaram dia 15 de janeiro e terminariam dia 31/01, mas foram prorrogadas até o dia 15 de fevereiro por solicitação de interessados. O curso será ministrado em parceria com o DETRAN, através da DIRETRAN, no período de 18 a 21 de fevereiro, no horário de 08h00 às 12h00 no Iate Clube de Santarém. A iniciativa visa contribuir para criar nos motocondutores a consciência de sua importância no tráfego da cidade, bem como ajudar na construção de um trânsito mais seguro e humanizado, sem acidentes e sem vítimas.

MOTINHAS
______________________________________

Terminará no próximo fim de semana mais uma edição do horário de verão, que teve início no dia 14 de outubro do ano passado. À meia-noite de sábado, 16, zero hora de domingo, 17, os relógios deverão ser atrasados em uma hora nas regiões sul, sudeste e centro-oeste - o norte e o nordeste do País não entraram no esquema. ●●● A Prefeitura de Santarém começa, nesta semana, uma das maiores obras do PAC no interior. Fará o saneamento, urbanização e habitações no bairro Mapiri. ●●● Orlando Medeiros, experiente examinador do Detran há 25 anos, está na Regional de Santarém, e em pouco tempo, está sendo elogiado pelo excelente trabalho que vem realizando. ●●● Publicitário Chico Cavalcante (Vanguarda), fará novamente a campanha da prefeita Maria do Carmo, desta vez pela reeleição. ●●● Prefeito de Belém, Duciomar Costa (PTB), assumiu a liderança na corrida ao Palácio Antônio Lemos, seguido de Edmilson Rodrigues (PSOL) em 3º lugar vem Valéria Pires Franco (DEM). ●●● Ex senador Ademir Andrade (PPS), foi rifado definitivamente do governo Ana Júlia (PT). ●●● Lamento profundamente que de forma antidemocrática, o blogdobarata, não tenha publicado o meu comentário sobre uma matéria sob o título: Corrupção – Na Festa do Sairé, quem dançou foi a moralidade pública - Veiculada na última terça-feira/12. O comentário está nas páginas do jornal O Impacto e no Blog do jornalista Jeso Carneiro, ambos, com muita credibilidade em nossa região. ●●● A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, esteve em Belém na última quarta-feira/13, participando de uma reunião no Hangar Centro de Convenções da Amazônia com representantes de todos os órgãos do sistema ambiental brasileiro, além da polícia federal. O encontro foi organizado para definir um plano de ação para controle do desmatamento na Amazônia, a partir das medidas determinadas, ao longo das últimas semanas, pelo presidente Lula. ●●● A 6ª Vara Criminal de Santarém volta a realizar sessões do Tribunal do
Júri nesta sexta-feira, 15/02/2008, à partir das 8 horas da manhã abrindo a temporada de 2008 sob a presidência do juiz Gabriel Veloso de Araújo ●●● Presidente da Câmara Municipal de Santarém, José Maria Tapajós (PMDB), dirigiu com maestria, na última quarta-feira/13, a Sessão Especial de Abertura dos Trabalhos Legislativos ●●● Vereador Luiz Alberto (PP), falou em nome do Poder Legislativo. Disse que apesar de ser um ano eleitoral, a Câmara vai trabalhar muito, sempre obedecendo a ética e decoro parlamentar. ●●● Prefeita Maria do Carmo (PT), relatou algumas obras de vital importância para a população nos últimos três anos e prometeu maiores investimentos nas áreas de saúde, educação, transporte, esporte e lazer, dentre outros, para este ano de 2008. Disse que colocará seu nome à disposição rumo a reeleição. ●●● Mais um final de semana, como ninguém é de ferro, vamos curti-lo com a gostosa Loira Gelada (Nova Schin), saborosa Ruiva Destilada e a exuberante Morena Quente. Fui.

2/11/2008

O CFAP vai sair do Outeiro?


Recebi com o sinete de URGENTE, o seguinte e-mail

Feio,
estais sabendo que o CFAP vai sair da ilha outeiro daqui a 2 meses?
Pois é verdade. Eu ouvi da boca de um PM do Outeiroç
Já pensaste a gente ja passa sufoco com a malandragem, agora acabando o CFAP vamos ficar a mêrce da malandragem...
Ve se voce faz uma materia sobre isso, se é mentira ou tem um fundo de verdade.
Podes pautar O Liberal ou o Diario do Pará sobre isso...
Aldemyr Feio quando me falaram sobre essa noticia, eu logo peguei o seu email para lhe comunicar.
Sei que voce gosta muito da nossa ilha, além de trabalhar aqui..
Bota no teu blog.

Júlio Brasília

Coluna do HP


A banalização do crime

A coisa está tão banal que até historietas estão fazendo em cima dos fatos. Conta-se que em São Paulo. Um homem bem vestido, trajando paletó e gravata, subiu num coletivo da linha Lapa/Consolação, sentou-se próximo ao motorista, tirou os óculos escuros e falou : " Boa tarde senhoras e senhores (eram 15 horas) . Quero anunciar que isto é um assalto" . Ele portava uma pasta presidente preta de onde retirou um trezoitão, e apontou para a cabeça do motorista. "Devo avisar aos senhores passageiros, que há dez anos desenvolvo minhs atividades profissionais em transportes coletivos e nunca tive um acidente de trabalho, ou seja nunca foi preciso acionar o gatilho do meu bebezinho´´, (referia-se ao revólver). "Peço a colaboração de todos para que tudo saia na mais completa paz e harmonia." .
E prosseguiu: "Patrão, por favor me entregue sua carteira e o celular, você loirinha dê-me esta pulseira e o seu relógio. Tia, passe esta aliança e a sacola. Garotão, me dê esta jaqueta. Ok, pessoa muito obrigado. Motora você colaborou legal, amigo cobrador não se assuste pois não quero seu dinheiro. Sigam a viagem e vão com Deus" Dito isto o ladrão educado desceu do ônibus e seguiu tranquilamente em uma rua de terra. Dizem que ela era muito bonito também, e algumas moçoilas ficaram suspirando pelo "guapo" dentro do coletivo.
Como se nota, segundo a versão acima, roubar as coisas alheias virou piada. Como se nota não dá mais para confiar mais nas pessoas bem vestidas e educadas. Antigamente destinguia-se um meliante pelas suas roupas e seu comportamento, agora o que se vê, são jovens bem nascidos e educados, enveredando pelos caminhos escusos.
O que está acontecendo ? será que precisamos rever valores, acreditar mais em alguma coisa ? valorizar mais nossos mestres e professores para que tenham mais empenho e dedicação na preparação nossa juventude. E as penalidades impostas aos criminosos, são reais ?, são brandas ? quem nos responde ? Fiquemos nós com nossas incertezas e com nossas esperanças. Que o futuro nos reserve mudanças satisfatórias com respeito e confiança em nossos dirigentes. Ainda é possível consertar o que está errado. Assim esperamos

Haja
Paz, sempre
____________________________

2/09/2008

Turismo & Cia


Carnaval 2008

Muito animado o carnaval paraense. Belém, Mosqueiro e Barcarena estavam encantadoras neste período.

Estatísticas

Em 2007 o Estado do Pará passou a ofertar 408 estabelecimentos, 9.859 unidades habitacionais e 22.187 leitos. Em 2006 registramos 392 estabelecimentos, 9.177 unidades habitacionais e 21.105 leitos. Os dados são da Paratur


Origem do turista

Dados da Paratur revelam que a participação relativa e absoluta dos hóspedes estrangeiros em estabelecimentos de hospedagem do Pará em 2007 teve origem na França, (17,56%), Estados Unidos (13,25%), Itália (6,22%) e Alemanha (6,05). Os demais percentuais ficam com Chile, Espanha, Japão, Canadá, Holanda, Suriname, Portugal, Inglaterra, Argentina, Áustria, Bolívia, Bélgica e países não identificados.

Divulgação

Matéria escrita por esta colunista, em parceria com a jornalista Ieda Ferreira, assessora da Secon, sobre a escolha do Ver-o-Peso como uma das Sete Maravilhas Brasileiras e sobre a retirada dos ambulantes da Avenida Presidente Vargas circula nos principais portais de notícias turísticas do mundo, entre eles o Viajes & Turismo, do Uruguai (www.apttur.com), o Jornal Turismo do Mercosul (www.sierramar.com.br ) e o Mercado e Eventos, ligado à Folha do Turismo (www.mercadoeeventos.com.br)

Ver-o-Peso

Todo mundo já sabe, mas vale a pena repetir: O Ver o Peso é uma das Sete Maravilhas Brasileiras. A votação no mundo virtual foi realizada pela Revista Caras e pelo HSBC. Artistas como Fafá de Belém e Ana Maria Braga votaram. Até a ministra do turismo, Marta Suplicy deu sua contribuição. O paraense deveria aproveitar o mês de março, que marca a fundação do complexo e dar uma big festa.

Vagas

O Rio Grande do Sul está oferecendo cinco vagas para turismólogos. Confira mais detalhes no site www.sierramar.com.br ApoioImportante o apoio dado pelo setor de turismo ao prefeito Duciomar Costa para a retirada dos trabalhadores informais da Av. Presidente Vargas. Como estava não era possível continuar. Nenhum turista se arriscava caminhar por ali. Agora, só falta o Estado reforçar a segurança.

Prevenção

A Funpapa está de parabéns pelo trabalho de prevenção ao trabalho e exploração infanto-juvenil durante o carnaval 2008. Com várias parcerias, concentrou esforços principalmente em Mosqueiro.

Alter-do-Chão

Quem manda notícias para nossa coluna é Irene Belo, simpática empresária do turismo de Santarém. A proprietária do Belo Alter tem um carinho especial com a imprensa especializada e está com a casa sempre de portas abertas ao turista e à imprensa.

Agradecimentos

Mando um abraço especial aos amigos José Croelhas, diretor do jornal O ESTADO e Aldemyr Feio, jornalista e editor que abriram espaço para mim em seu jornal.
Ao Feio, especialmente, por me acolher em seu blog.

Press Trip

O amigo Francisco Rocha, proprietário da Travel In Turismo, expande suas fronteiras cada vez mais no cenário regional e nacional. Já reservou para o mês de março duas vagas para jornalistas especializados de São Paulo que queiram conhecer seus roteiros. A Abrajet Pará já está fazendo a seleção.

Fomentur

No final do mês os membros do Fórum de Desenvolvimento Turístico do Estado do Pará (Fomentur) darão continuidade à oficina que visa definir o principal produto turístico do Pará. Os trabalhos foram iniciados em 28 de janeiro sob o comando de Ann Pontes, presidente do Fórum e da Paratur.

Prêmio de Jornalismo

A presidência da Abrajet Pará começou o diálogo com a Paratur para a segunda edição do Prêmio de Jornalismo em Turismo. Deve ser lançado em junho, durante a Fita 2008, repetindo experiência bem sucedida do primeiro prêmio.FSMVamos ficar atentos. O Fórum Social Mundial está na porta. Não podemos fazer feio. Vamos mobilizar!!

Fita 2008

A Paratur prepara cenário para a Feira Internacional de Turismo da Amazônia – Fita. Todos os países da Amazônia se apresentam no evento, que conta com diversos convidados de todo o mundo.
_______________________________

Sábado próximo, um novo encontro.
_______________________________

Benigna Soares

Presidente da Abrajet Pará
Assessora de Imprensa da PMB
(Belemtur / Funpapa)

José Wilson Malheiros


A Psicografia nos Tribunais

O assunto está sendo pouco explorado pela grande imprensa.
Mas existe em Brasília um Projeto de Lei que já teria sido enviado para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania desde 24 de agosto do ano passado, e que já estaria desde oito de novembro, para análise, em poder do Deputado-Relator Neucimar Fraga (PR-ES).
É o Projeto de Lei 1705/07, do deputado Rodovalho (DEM-DF), que exclui do rol de documentos aceitos como provas no processo penal aqueles resultantes de psicografia (escrita transmitida por espíritos pela mão dos médiuns).
O autor do Projeto argumenta que as provas documentais (propriamente ditas), periciais, testemunhais existem para afastar da condução do processo influências nascidas de convicções, dogmas etc. de fundo religioso.
De acordo com Rodovalho, aceitar como prova um documento ditado ou sugerido por algum espírito desencarnado implica resolver uma questão de fé, afastando-se da análise de um dado concreto e passível de contestação.
Sabemos que a nossa legislação vigente não faz qualquer referência e nem proíbe de maneira expressa a utilização desse tipo de prova nos procedimentos judiciais, sejam eles cíveis, penais etc. O assunto é polêmico.
Não faz muito tempo uma emissora exibiu – com grande sucesso de audiência (esses assuntos incitam a curiosidade de todos) a história de um juiz que, baseado justamente numa carta psicografada pelo médium Chico Xavier, absolveu um rapaz que, não fosse esse documento, iria ser condenado em um processo penal, por homicídio.
A vítima, por intermédio do grande mineiro (que se fosse católico já seria, por certo, um “santo”) veio dizer que o réu era inocente. Há vídeos para alugar nas locadoras da cidade, por isso não me estendo nos comentários do caso, que, aliás, não pode ser esgotado num pequeno espaço de jornal.
Tenho em minha biblioteca um livro chamado exatamente “A Psicografia nos Tribunais”, uma raridade escrita por Miguel Timponi, onde vemos fotos, laudos técnicos sobre caligrafias, impressões digitais, pareceres do mundo todo, afirmando ser possível a autenticidade, sim, em documentos tais.
A mais famosa psicografia de todos os tempos: Os dez mandamentos ditados por Deus a Moisés.
Mas, em assuntos como este, verdadeira areia movediça é bom termos cautelas.
Como juiz aposentado, professor de Direito, acho que tenho base para afirmar que uma psicografia, por si só, não é prova suficiente para condenar ou absolver ninguém. Diversos fatores devem ser considerados e o principal deles é a idoneidade moral do médium que recebeu a mensagem. E isso, sem sombra de dúvida Chico Xavier tinha de sobra.
Como é que um juiz, que desconhece totalmente assuntos espiritistas e espiritualistas vai ter convicção segura de que aquela mensagem juntada ao processo não é produto de uma fraude, de uma farsa?
Anda muito certa a lei em proibir, como regra, provas desse tipo. Eu disse como regra, ordinariamente, pois que existem casos e casos e muita coisa entre o céu e a terra mais do que podem supor nossas vãs pretensões de tudo saber.
A autenticidade de um documento vindo do mundo espiritual é coisa muito séria.
Allan Kardec para consolidar (ele não criou, apenas sistematizou) a Doutrina Espírita, valeu-se de mais de um milhar de médiuns, espalhados por todos os recantos da Terra e que não se conheciam.
Enviava as mesmas perguntas a cada um e a autenticidade vinha da unanimidade nas respostas, procedimento esse ao qual ele chamou de Controle Universal, tendo como lema descartar cem verdades, mas não aceitar uma mentira. Coerência pura.
Podem tirar o cavalinho da chuva aqueles que imaginavam que seriam absolvidos, bastando juntar um papelucho qualquer ao seu processo, dizendo que veio de uma entidade do além, pugnando pela inocência, se diz no jargão jurídico.

___________________________________

www.wilsonmalheiros.mus.br

Visitem o meu blog: http://www.deconsciencia.blogspot.com/

2/08/2008



SAÚDE
A Assessoria de Saúde de Planalto, da Secretaria Municipal de Saúde de Santarém (SEMSA), divulgou a programação do mês de fevereiro. As atividades iniciaram no último sábadO/02, com consultas médicas e vacinas na comunidade do Guaraná. Ontem, 07, moradores do Igarapé Velho e da Volta Grande receberam atendimentos odontológicos, vacina, educação em saúde, consultas de enfermagem e PCCU. Nesta Sexta-feira/08, esses mesmos atendimentos vão beneficiar moradores do Tracoá e Curupira. No Sábado/09, serão três comunidades atendidas: Santarém Miri (consultas médicas e PCCU), Santana do Ituqui (consultas médicas, PCCU e vacina), e Boa Esperança (consultas médicas). Na Segunda-feira/11), será atendida a Comunidade de Vista Alegre do Moju (consultas médicas, atendimentos odontológicos, consultas de enfermagem e PCCU.

ENERGIA ELÉTRICA

O furto de energia elétrica detectado pelas equipes de fiscalização da Celpa, no ano de 2007, é suficiente para o abastecimento de 35.000 residências, que corresponde a uma cidade com 140.000 habitantes. O consumo médio residencial no estado é de 127 quilowatts hora/mês. O prejuízo é de todos, porque ficamos sujeitos às falhas no sistema elétrico causadas pelas interferências dos fraudadores, como: oscilações, curtos-circuitos, acidentes elétricos, queima de equipamentos. Outro aspecto negativo é que os bons clientes dividem com a concessionária de energia os custos do desvio praticado, uma vez que a Aneel-Agencia Nacional de Energia Elétrica considera parte dessas perdas na composição da tarifa de energia elétrica. Neste mês a concessionária inicia uma campanha estadual de esclarecimento que vai buscar o apoio da população, sensibilizar para os riscos e prejuízos dessa prática, que pode provocar acidentes e causar até mortes. A empresa espera ainda que a população denuncie casos de furtos em áreas aonde a Celpa dispõe de rede de distribuição de energia implantada. O consumidor também pode colaborar no combate ao furto de energia. Basta fazer uma denúncia por telefone sem se identificar. O número é o 0800 910 196

. OPERAÇÃO DEDO DURO
O diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, afirmou que serão divulgados na Internet, dentro de três semanas, os gastos dos senadores com a verba indenizatória. A verba indenizatória dos senadores corresponde a R$ 15 mil mensais, para que sejam utilizadas em despesas com hospedagens, combustíveis, aluguéis, etc. “O que nós vamos fazer é adotar o mesmo procedimento da Câmara: é agrupar em itens e divulgar os valores”, disse Agaciel. Contudo, a divulgação das despesas dos senadores será a partir do presente mês. Não serão divulgadas as despesas anteriores. Isso é uma vergonha, como diria o competente jornalista Boris Casoy.

VOLTOU COM GÁS

Deputado federal Lira Maia (DEM-PA) sobre à Medida Provisória n.º 415 de 21 de janeiro de 2008, que “proíbe a comercialização de bebidas alcóolicas em rodovias federais e acrescenta dispositivo à Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997 – Código de Trânsito Brasileiro. “Mais uma vez, o que vemos é um verdadeiro show pirotécnico. O Governo tentando tapar o sol com a peneira. Todos nós sabemos que o motorista que quiser consumir bebida alcóolica, independentemente da proibição, poderá levar no interior do seu veículo seu whisky, sua cachaça, sua cerveja ou qualquer outra bebida e consumi-las antes, durante ou após dirigir. Trata-se de mais um marketing do Governo para esconder o que realmente é necessário para reduzir os acidentes e as mortes nas rodovias federais: rodovias em condições de trafegabilidade, bem sinalizadas, com acostamentos e, se possível, duplicadas. Além disso, é necessário a implementação de uma fiscalização mais eficiente, com maior efetivo da Polícia Rodoviária Federal, com policiais valorizados, melhores equipamentos e condições de trabalho para estes. Pronunciamento do deputado paraense no primeiro dia após o recesso, na Câmara Federal.

CONFLITO

Pelo menos dois mil hectares de florestas primárias intocadas localizadas em uma área destinada a se tornar uma reserva ambiental, no município de Pacajá, sudoeste do Pará, correm o risco de virar cinzas. Segundo denúncia protocolada na Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), em Belém, um grupo de invasores sem-toras quer ocupar toda a área, retirar a madeira e lotear a reserva. A denúncia foi protocolada por produtores rurais vizinhos ao local, que também estão sofrendo com a ação dos invasores e querem uma providência das autoridades para evitar o desmatamento da floresta e possíveis conflitos. Os moradores da região dizem que o objetivo dos invasores é forçar o Incra a criar um assentamento rural na área para, depois, venderem toda a madeira de forma ilegal, sem plano de manejo. (Paulo Leandro). Se não tomarem providencias, vamos virar mais uma vez notícia nacional. Plim Plim.

O RETORNO II

Com a diretriz de fortalecer a saúde preventiva e aprimorar o atendimento básico nos municípios, assumiu a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) a médica Laura Rossetti, em substituição a Halmélio Sobral, que deixou a pasta por motivos pessoais. A solenidade de posse, ocorrida no Palácio dos Despachos, ontem quinta-feira (7), teve a presença de diversas autoridades da área da saúde do Estado e de membros da equipe de governo. Laura Rossetti, que tem larga experiência na área da gestão pública de saúde, firmou o compromisso de lutar por um melhor atendimento à população paraense, a partir da melhoria da qualidade do serviço prestado. "Não tinha a pretensão de assumir esta pasta, mas estou honrada pelo convite e por poder, pela segunda vez, trabalhar pela saúde pública do Estado", disse ela, que foi secretária estadual de Saúde na década de 1980. Detalhe, quando a médica Laura Rossetti era Secretária de Saúde, nós éramos veredor com assento na Câmara Municipal de Belém.

FALOU E DISSE

Para Ana Júlia Carepa, que agradeceu pelo empenho de Halmélio Sobral, o maior desafio é fortalecer a medicina preventiva e fortalecer a ação básica de saúde. "Não podemos agir discriminando esta ou aquela região do Estado. Saúde básica não é desculpa para abandonar os municípios", disse a governadora, lembrando que foi necessário esforço e coragem para finalizar e colocar em funcionamento três hospitais regionais ano passado.Ela lembrou os R$ 4 milhões que foram destinados para a reconstrução do Hospital Regional do Oeste do Pará, o maior do gênero no Estado, que, somente no último semestre de 2007, registrou mais de 54 mil procedimentos de média e alta complexidade. A unidade abrange uma região com mais de 1,3 milhão de pessoas. "Já temos projetos para a construção de hospitais em Breves e Tailândia", anunciou a governadora.

MOTINHAS
___________________________________________

Vice-governador do Estado Odair Corrêa, prestigiou o carnaval em nossa região. Esteve em Óbidos, Santarém e Alter do Chão. Como podemos observar, Odair não abandonou suas origens. XX ●●● Amanhã, sexta-feira, 08, os educadores do Programa Brasil Alfabetizado terão encontro de formação continuada A oficina pedagógica "Dialogando com Freire" será realizada na sala de Biologia 2007 do campus da UFPA, a partir das 8 horas da manhã. ●●● A previsão da Universidade Federal do Pará é de que o listão dos aprovados no vestibular seja divulgado entre os dias 20 e 22 deste mês. Estamos torcendo pelos futuros calouros mocorongos. ●●● A Polícia Rodoviária Federal, Policia Militar e Policia Civil de Santarém, se houve muito bem no controle de tráfego de veículos dos que retornaram do carnaval de Alter do Chão. Acidente zero. Parabéns. ●●● O delegado Raimundo Benassuly, que deixou a Delegacia-Geral de Polícia, por ocasião do escândalo da jovem que foi presa em Abaetetuba com 20 detentos, foi nomeado para uma das diretorias da Segup, a do Centro Estratégico Integrado. ●●● A governadora Ana Júlia convocará para uma reunião, ainda este mês, todos os prefeitos do PT. Avaliará a força do partido para as eleições. Enquanto isso, o diretório municipal do PT de Santarém confirmou a recandidatura da prefeita Maria do Carmo Martins. ●●● Hilma Corrêa (Nete), irmã do vice Odair Corrêa e sua linda filha Mila, vieram de Belém e curtiram o carnaval a bordo do Transatlântico Marcelino Xavier em Alter do Chão. Promete voltar na Semana Santa. ●●● A Diocese de Santarém, está chamando toda a sociedade para discutir sobre a vida, o tema da Campanha da Fraternidade deste ano. ●●● O presidente da Câmara Municipal de Santarém, José Maria Tapajós, está finalizando os preparativos para o dia 13 voltar em alto estilo com os trabalhos legislativos e promete que o Site do Poder Legislativo entra no ar na próxima semana. ●●● Prefeito de Belém, Duciomar Costa, fenômeno de votos, está de parabéns. O carnaval foi perfeito. ●●● O Bloco Dr. Picão, estreante no carnaval de Alter do Chão, foi um verdadeiro sucesso, sob o comando do Corretor de Imóveis, Gilberto Aquino. ●●● Prefeitos da região Oeste do Pará, que não fizeram absolutamente nada, estão procurando a mídia em Santarém, no sentido de reverter o quadro. Talvez seja tarde demais. ●●● Com ressaca e tudo, vamos aproveitar o final de semana com a gostosa Loira Gelada (Nova Schin), fantasiosa Ruiva Destilada e a gostosa Morena Quente. Fui.