7/12/2017

ANIVERSÁRIO





BERNARDINO NO “BERÇO”






O redator, colunistas e colaboradores do Jornal do Feio, sentem-se felizes em cumprimentar o amigo BERNARDINO SANTOS pelo transcurso de sua data natalícia, com votos de felicidades e longa vida.

Um grande abraço Berna.
















7/11/2017

RAY CUNHA


Receba em casa livros de contos de Ray Cunha



                  Ray Cunha no Marco Zero do Equador, em Macapá/AP, sua
                  cidade natal, em foto do escritor Fernando Canto (2010)



O romancista e contista Ray Cunha está autografando e enviando a pedido três livros de contos: NA BOCA DO JACARÉ-AÇU, O CASULO EXPOSTO e TRÓPICO ÚMIDO. O pedido deve ser feito para: raycunha@gmail.com, quando deve ser informado o depósito de R$ 40,00 para envio dentro do território nacional e de R$ 60,00 para envio para o exterior. Os livros serão entregues pelos Correios no endereço indicado. O depósito será feito na seguinte conta: Banco Itaú – Agência 0198 – Conta Corrente 57503-7.






NA BOCA DO JACARÉ-AÇU – NA BOCA DO JACARÉ, conto que dá título a este livro, é a história do mergulho suicida do arqueólogo Agostinho Castro nos abismos do Mundo das Águas, a confluência dos rios Amazonas, Pará, Tocantins e Guamá. Jacaré-açu é o grande réptil amazônico, que atinge 6 metros de comprimento e meia tonelada de peso; no conto, ele representa a morte.






O CASULO EXPOSTO – Este livro contém dois dos melhores contos de Ray Cunha: INFERNO VERDE e A CAÇA. A Brasília que emerge das suas páginas é uma alegoria à ninfa de Lúcio Costa, golpeada no ventre, as vísceras escorrendo como labaredas de roubalheira, luxúria, depravação e morte nos subterrâneos de Brasília, onde chafurda uma fauna heterogênea: amazônidas que deixaram a Hileia para trás e tentam sobreviver na Ilha da Fantasia; jornalistas se equilibrando no fio da navalha; políticos do tipo mais vagabundo, que não pensa duas vezes antes de passar a mão em merenda escolar; estupradores; assassinos; bandidos de todos os calibres; tipos fracassados e duplamente fracassados, misturando-se numa zona de fronteira fracamente iluminada.

INFERNO VERDE conta a história do repórter Isaías Oliveira, num duelo com o sinistro traficante Cara de Catarro. A trama se passa em Belém, Brasília e na ilha de Marajó.

Em A CAÇA a filhinha de um professor é sequestrada em Belém do Pará. Ao investigar o sequestro disposto a encontrar sua filha, viva ou morta, o pai encontra o fio da meada na nascente Palmas, capital do estado do Tocantins, e descobre uma quadrilha internacional sediada nos Estados Unidos dedicada ao tráfico de crianças para escravidão sexual.

TRÓPICO ÚMIDO – Três contos longos, com pano de fundo em quatro cidades da Amazônia: Belém, capital do Pará; Macapá, capital do Amapá; Manaus, capital do Amazonas; e Rio Branco, capital do Acre.

INFERNO VERDE conta a história do repórter Isaías Oliveira, num duelo com o sinistro traficante Cara de Catarro. A trama se passa em Belém, Brasília e na ilha de Marajó.

LATITUDE ZERO se desenrola em Macapá, cidade situada no estuário do maior rio do planeta, o Amazonas, na confluência com a Linha Imaginária do Equador; um punhado de jovens começa a descobrir que a vida produz também ressaca.

A GRANDE FARRA narra as peripécias do jovem repórter e playboy Reinaldo. Candidato a escritor, ele gasta seu tempo trabalhando como repórter, bebendo e se envolvendo com inúmeras mulheres. A novela tem sua geografia em Manaus, encravada no meio da selva amazônica, e em Rio Branco, no extremo oeste brasileiro.

_________________________


♦♦♦ RAY CUNHA – Escritor e Jornalista baseado em Brasília-DF, Brasil, é o mais antigo colunista do Jornal do Feio


ELEIÇÃO


SHEILA FARO DE NOVO!






A
 comissão eleitoral do Sindicato dos Jornalistas do Pará/ SINJOR, presidida pelo jornalista Carlos Eduardo Barbosa da Silva, declara eleita a chapa "Sou mais SINJOR": por uma categoria unida", encabeçada pela jornalista Sheila Faro,- que recebeu 88% dos votos válidos, na última quinta-feira (29),- para a Diretoria Executiva do SINJOR-PA Triênio 2017/2020.

7/06/2017

AVANÇO


Banpará inaugura novas instalações da agência de Icoaraci



OBanco do Estado do Pará (BANPARÁ) inaugurou nessa segunda-feira/3 as novas instalações da agência Icoaraci. O espaço de 500 metros quadrados é mais confortável para clientes e funcionários e adaptado às exigências de acessibilidade, dispondo de rampa de acesso ao prédio, piso tátil e banheiros para cadeirantes. Participaram da inauguração, entre outras autoridades, o presidente do Banpará, Augusto Costa, o vice-governador Zequinha Marinho e o chefe da Casa Civil, José Megale.
Augusto Costa disse que a meta dessa gestão é levar o Banpará a mais de 100 municípios do Estado. "Trabalhamos para fortalecer e ampliar a marca do banco. Hoje estamos em 96 municípios do Estado e não medimos esforços para garantir a satisfação dos nossos clientes. Dispomos de produtos e serviços de qualidade com vistas à prática de nossa missão em auxiliar o desenvolvimento econômico e social do Pará. Essa nova estrutura facilitará ainda mais os serviços e, consequentemente, trará bons resultados para esse distrito tão importante”, disse.
Ele destacou o prêmio recebido pelo Banpará como o terceiro melhor banco na categoria varejo, concedido pelo Finanças Mais Broadcast, do jornal “Estadão”. “Tivemos a grande honra de concorrer a este prêmio, que colocou nosso banco entre os melhores do varejo. Apesar de regional, o Banpará cresce e alcança proporções avaliadas nacionalmente, servindo de modelo para as demais instituições financeiras brasileiras no quesito tecnologia, com o espaço conceito digital”.
O vice-governador Zequinha Marinho lembrou os tempos difíceis que o banco já passou. “Quem vê o Banpará crescendo dessa forma talvez não se lembre das grandes dificuldades encontradas nesse caminho, mas o banco trabalhou, driblou as crises, e hoje se apresenta como um dos melhores na sua categoria”, pontuou.
As novas instalações do banco eram aguardadas pela população e funcionários, disse a gerente geral da agência, Simone Souza. “O Banpará é uma instituição forte, sólida, e cumpre a missão institucional de servir à sociedade e contribuir com o desenvolvimento. Trabalharemos para captar mais clientes e melhorar os resultados para cada vez mais colocar o Banpará em local de destaque. Este novo prédio nos dá mais tranquilidade, comodidade e agilidade para os clientes nas transações bancárias”, concluiu.
Serviço: a agência Banpará Icoaraci está localizada na Travessa Lopo de Castro, 872, no Cruzeiro. Atendimento ao público no horário de 10h às 16h. O autoatendimento funciona das 8h às 18h

________________
Renan Lobato

Agência Pará
♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


N. do R. – O povo da minha Vila Sorriso sente-se feliz com a presença do Banco do Estado do Para (BANPARÁ) entre nós.

7/01/2017

ANIVERSÁRIO


Parabéns ADELMO


É
-me sumamente grato registrar o aniversário natalício de um irmão, amigo, parceiro... um cara fora-de-série, ADELMO MENEZES DA SILVA, técnico em informática pela Faculdade de Ciências Avançadas do Pará (FEAPA), e figura bastante estimada na sociedade “que é feliz todo o dia sem olhar no calendário”, - segundo Pires Cavalcante – a nossa Icoaraci
Sua mãe, a Contadora Telma Menezes, regozijada pelo magno evento, organizou um elegante café da manhã - que reuniu a família e amigos – realizado em sua bela residência no Conjunto Lopo de Castro.
Mas a festa não parou por aí.
Mais tarde, ás 17 horas será celebrada Missa em Ação de Graças, na Matriz de São João Batista e Nossa Senhora das Graças;
Outro motivo de alegria para o Adelmo, - “Aniversariante do Dia”: Na semana que passou na festa Junina da Escola Menino Jesus e Autentico, onde a sua filha Ágatha Yohanna Diniz Menezes, é aluna, concorrendo com várias candidatas, ela foi eleita “Miss Simpatia 2017”.

Parabéns duplos a Adelmo Menezes.         

  Nas fotos um aspecto da festa da ÁGATHA










6/29/2017

CRÔNICA DE SAMPA


FEBRAVA




N
o começo dos nos 70 prestei vestibular para entrar na faculdade, existiam três cursos mais concorridos: Medicina, Engenharia e Direito. 
A princípio pensei em cursar medicina, cheguei até a frequentar meio ano de cursinho no Objetivo, período noturno, mas como trabalhava durante o dia, não estava conseguindo acompanhar, inclusive tinha aulas nos fins de semanas e em alguns feriados.
Tinha um amigo que fazia cursinho pra engenharia, e me alertou que ia ter um vestibular no meio do ano na FEI (Faculdade de Engenharia Industrial). Nessa época estava entre as melhores juntamente com a Poli e Mauá.
Acabei passando na primeira chamada, e como era semestral. resolvi abandonar o cursinho e cursar Engenharia Mecânica, a princípio Automobilística, mudando depois para Refrigeração e Ar Condicionado, um curso promissor, já que era  único da América latina.
Apesar de me  formar em tal modalidade, trabalhei na área metalúrgica, no ramo financeiro, só trabalhando na área mesmo tempos depois, por quase seis anos.
Chegamos a expor as nossas máquinas em feiras no sul e nordeste, mas a principal foi na FEBRAVA, a maior feira do Brasil, realizada aqui em Sampa. Inclusive este ano será do dia 12 a 15 de setembro, na São Paulo Expo.
A todos os profissionais da área ou para quem pretende instalar aparelhos de ar condicionado, refrigeração, ventilação esta feira é indicada, pois tem novidades e oferece várias alternativas para investir com segurança ou aprimorar seus conhecimentos nesta área.
Esta feira é Ideal para varejistas, distribuidores, técnicos, instaladores, projetistas, engenheiros, ficarem por dentro das tendências tecnológicas.
Já que estamos no inverno, fica a dica para todos se aproximarem de uma temperatura de conforto, e não entrarem em uma fria.
Grande abraço.


          Eu e dois bons amigos na Febrava


♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


Ricardo Uchôa Rodrigues        

6/13/2017

CRÔNICA DE SAMPA



PRA QUE TE QUERO VERDE




R

ecentemente vi uma reportagem, que o bairro do Brás aqui em Sampa, tem pouquíssima área VERDE, inclusive a sua temperatura chega a ser de 10 a 12 graus superior a outros bairros bem arborizados. A prefeitura promete plantar um milhão de árvores, até o fim deste mandato, nos bairros mais áridos aqui da capital. 
Espero que as empresas privadas também colaborem para tal, ouvi também que foram plantados milhares de árvores em um grande terreno do Brás, onde será construído um conjunto de prédios, inclusive com árvores frutíferas, e hoje atraí centenas de pássaros para o tal espaço, e com certeza serão campeões de vendas, além de favorecer a saúde dos moradores
Eu posso dizer que fomos privilegiados, pois há 37 anos atrás compramos o apartamento onde moramos, e o que nos chamou mais a atenção foi a área verde deste prédio, tinha um bom espaço pra crianças brincarem, algumas árvores, tipo mangueiras, palmeiras e ameixeiras.
Quase todas foram preservadas, com uma dor no coração assistimos ao tombamento de uma árvore gigantesca, que já estava comprometida, correndo risco de um acidente mais grave. No prédio vizinho, um imenso galho caiu em cima do muro, atingindo um carro que estava estacionado, mas graças a Deus ninguém se feriu.
Apesar destes riscos, não existe nada mais gratificante do que você acordar cedo em plena capital, considerada uma selva de pedra, ouvindo os pássaros cantar próximo a sua janela, isto realmente não tem preço, além do nosso prédio ser pintado de verde, para enaltecer ainda mais a natureza
Só faltava agora eu dizer que também torço pro verdão, mas essa vou ficar devendo, pois sou tricolor desde garotinho.

Fui!

·     Grato aos remistas aí de Belém, leitores da coluna.



Prédio


Prédio1

♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


Ricardo Uchôa Rodrigues


SOLIDARIEDADE





O Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará se solidariza com o radialista  Wanderley Mota, que, na última quarta-feira (07), sofreu ameaça de morte em razão do exercício da profissão, no município de Curionópolis, na região Sudeste do Pará.
O Sinjor-PA repudia toda e qualquer ameaça à liberdade de imprensa e ao exercício das profissões da comunicação e, principalmente, repugna toda e qualquer forma de ameaça à vida.
Com o mesmo ímpeto, o Sinjor-PA defende a ética na profissão e o uso responsável dos veículos de comunicação para o fim exclusivo de possibilitar o acesso à informação garantido em lei.
Eventuais discordâncias sobre o conteúdo divulgado, inclusive para obtenção de direito de resposta, devem ser tratados na via judicial, nos termos da legislação vigente.
Por fim, o Sinjor-PA orienta os profissionais que sofrerem violência no exercício profissional que, imediatamente, registrem um boletim de ocorrência para que possam ser cobradas providências das autoridades policiais e os responsáveis possam ser identificados e punidos.
SINDICATO DOS JORNALISTAS NO ESTADO DO PARÁ – SINJOR-PA


6/02/2017

CRÔNICA DE SAMPA


PRA SER FELIZ




M
esmo que você goste muito do seu trabalho, eu acredito que podemos fazer algo em paralelo que nos dê prazer. Hoje sou um engenheiro aposentado, mas ainda trabalho para complementar a minha renda, mas paralelamente jogo um futebolzinho de fim de semana, toco um violão e canto em algumas oportunidades, mas nada profissional, inclusive  agora entrei numa de escrever um pouco, mesmo não sendo jornalista, sem fins lucrativos, é claro.
             
Meus três filhos também, além de exercerem as suas respectivas profissões também tem outras atividades, e modéstia parte o fazem muito bem.
             
Meu filho mais velho, hoje mora em Londrina, é Designer multimídia, mas toca baixo em uma banda de rock, que foi formada entre os funcionários da própria empresa, começaram ensaiar para uma apresentação no fim do ano e voltaram a se apresentar recentemente eu outro evento da firma. Além do baixo, ainda toca violão, bateria e está tendo atualmente aulas de teclados.

O filho do meio é bancário, mas também é apaixonado por futebol, tem formação em Educação Física e joga na seleção do banco, representando o Estado de  São Paulo, em campeonato entre vários estados do Brasil, inclusive já fiz uma crônica anteriormente relatando essas paradas.

O meu caçula, é engenheiro ambiental, trabalha na região de Presidente Prudente, e em alguns fins de semana tem atuado como DJ, conhecido na região como DJ Vetera. Sendo muito requisitado, estando hoje com a agenda cheia. 
O importante é ser feliz, fazendo aquilo que gosta, para não termos frustrações no futuro.              

Praticar esportes, tocar um instrumento, cantar, dançar, cultivar orquídeas e muitas outras atividades, desde que você tenha prazer em fazê-las. 

Estamos juntos!

Segue o jogo. 

Ah, sim, um abraço desde a Paulicéia, para os remistas aí de Belém.


Fabio e banda


  Santo Amaro, Vice Campeão



Dj Vetera.


♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


Ricardo Uchôa Rodrigues